sábado, 30 de novembro de 2013

Veronica Roth - Divergente (Trilogia Divergente #1)



Ficha técnica: Divergente (Divergent)
Autora: Veronica Roth
Editora Rocco (Rocco Jovens Leitores)
Lançamento original: 2011
Lançamento BR: 2012
502 páginas


"Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.
A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é.
E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive."

ROMANCE CONTEMPORÂNEO. AVENTURA. SUSPENSE. YOUNG-ADULT.




Ok, confesso: estou para lá de atrasada em relação a essa série. Já tinha visto os dois primeiros livros nas livrarias, mas nenhum tinha chamado minha atenção. Até que vi o trailer do lançamento do livro 1 para 21 de março, e achei interessante.
Encomenda feita, começo a ler e simplesmente não consigo parar até terminá-lo. E estou fazendo essa resenha rápido para que eu possa dar seguimento ao segundo.


A história se passa em algum período pós apocalíptico, mas não é precisado em que ano no futuro eles estão. A cidade, Chicago, é identificada muito mais por nomes dos edifícios famosos e pontos de referência, do que propriamente pelo nome.
Mas como todo livro que retrata essa época, a liberdade do ser humano é cerceada de alguma forma. 
Neste caso os humanos são divididos por FACÇÕES. As facções são:

Fonte: sirjamesmatthewbar.blogspot.com.br


Isso é decidido quando o indivíduo alcança a idade de 16 anos. Há um teste de seleção numa espécie de SIMULADOR. O jovem, após este teste, tem a liberdade de continuar na facção que nasceu ou de mudar. Claro que ao mudar sempre há um desconforto por este ser considerado um traidor por seus compatriotas ou, pior, pela própria família. Mas para eles a regra é a facção ser mais importante que a família. Portanto, sua família agora é a facção escolhida.

Nossa heroína chama-se Beatrice Prior e ela é da facção Abnegação. Ela e seu irmão gêmeo, Caleb, são preparados para a seleção. Qual é a surpresa quando os dois são indicados/escolhem facções diferentes. Ela escolhe Audácia e ele, Erudição.

Durante as próximas semanas eles passarão pelo período de adaptação/iniciação de suas novas "famílias". A história é vista pelo POV dela.

Fazer parte da Audácia não é fácil. Eles são responsáveis pela segurança de todas as facções. Isso significa que ela aprenderá a lutar, a atirar, a defender-se de todas as formas. Logo ela que é toda pequena, sem músculos.
Os grupos dentro da facção Audácia são divididos entre aqueles que já nasceram nela e os novatos. Ao longo das cenas, Beatrice, que agora se chama Tris, passa por várias situações inusitadas e perigosas, ou porque ela fica aquém do esperado, ou porque se destaca.

E como um romance young-adult, é claro que não poderia faltar o romance em si. E o mocinho chama-se Quatro (mais a frente é explicado porque ele passou a chamar-se desse jeito).
Ele não a protege, mas aos poucos, apesar da aparência frágil dela, ele percebe sua força interior e algo a mais que ela tentava esconder de todas as formas...

Na ocasião do teste de Beatrice, seu resultado deu inconclusivo. Isso queria dizer que ela poderia pertender a mais de uma facção, e para os líderes isso significava perigo. Significava uma pessoa difícil de manipular. Significava que ela precisava ser eliminada...



Gente, o livro é muito legal!
Gostei da forma de escrita da autora. O período em que a história se passa não mostra nenhuma beleza. Deveria até ser bastante triste, mas a autora consegue transmitir uma certa paz na escrita - não uma apatia.
A heroína - Beatrice/Tris - é uma jovem com suas dúvidas. Por ter sido criada entre os Abnegados, é natural uma série de atitudes que ela toma, mas em nenhum momento você a considera fraca, mesmo quando ela decide que é melhor ceder.
Quatro é um líder nato, apesar de ter aberto mão de sua posição, preferindo ser apenas um dos instrutores. O relacionamento dele com Tris não é acelerado, mas o leitor vai sendo envolvido aos poucos. Até porque todo cuidado era pouco em relação a eles.





As reviravoltas são bem interessantes e o gancho para o livro 2 foi bem feito.
Super ansiosa para ver o filme. Já viu o trailer?



Aqui, alguns dos personagens - e os atores:

Fonte: site DivergenteBrasil.com



Abaixo as capas dos 3 livros:



Ainda não sei quando a Rocco irá lançar o 3 (no site não há nenhuma informação), mas espero que não demore muito.

5 comentários:

  1. Já vi os livros nas livrarias, mas nunca me interessou muito. Fora que os preços da ROCCO não são nada chamativos né? kkk

    ResponderExcluir
  2. Eu já completei a trilogia e já aviso para ficar preparada para as surpresas que a autora prepara. Ainda não consegui fazer a resenha do 3, pois não estou conseguindo não dar spoilers... Mas é emocionante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, Regina.
      Confesso q qdo sei q uma série é lançada aqui no BR, fico aguardando os lançamentos ao invés de ler em inglês, mas às vzs a curiosidade é tanta q a gente não resiste, né?

      Estou apaixonada pelo Tobias/Quatro. E às vzs qro matar a Tris, principalmente qdo ela se põe em risco desneessariamente. Mas a gente tem q relevar pq ela só tem 16 anos...

      Mal posso esperar o filme. Avise-me qdo postar a resenha.
      Bjin.

      Excluir
    2. Acabei de ler o blog da autora.
      Sei como a trilogia acaba.
      Preciso me preparar psicologicamente.
      Agora entendo sua relutância em como fazer a resenha do livro #3.
      Boa sorte!

      Excluir
  3. Gente, eu admito que não chorei em Divergente e em Insurgente, mas quando chegou Convergente não aguentei e chorei muito! Até quando ela e Tobias se desentendiam eu me emocionava, porque a minha amiga me deu um SUPER SPOILER sobre o livro! Mas estou apaixonada pela Trilogia e pelo Quatro/Tobias <3 E se não for muito encomodo, vocês poderiam dar uma olhadinha no meu blog novo? Acabei de escrever sobre Divergente. http://oblogdavitorialuiza.blogspot.com/
    Obrigada, desde já

    ResponderExcluir