segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Jacqueline Susann - Yargo


Ficha técnica: Yargo
Autora: Jacqueline Susann
Editora: várias
Lançamento original: 1979
236 páginas




Normalmente conhecidos por serem escritos por homens, os livros de ficção científica têm um público cativo. Isaac Asimov e Carl Sagan talvez sejam dois dos mais famosos escritores do gênero. Mas deixe-me dizer-lhes que o primeiro livro que li deste gênero não foi escrito pelo autor da saga dos Robôs. Ou por aquele que tinha o programa famoso na tv. Não, foi um livro chamado "Yargo", escrito brilhantemente por uma mulher.

A história se passa em nossos dias - anos  atrás, é claro - quando uma mulher é abduzida por engano por uma "raça" extremamente superior aos humanos. O objetivo dessa abdução? Levar um famoso cientista para que ele dissesse aos humanos uma mensagem enviado pelos yargonianos. Infelizmente tudo deu errado. E agora eles, a raça dita superior, estavam com uma batata quente na mão, sem poderem devolver a mulher à terra porque agora ela sabia demais.
O conhecimento por sinal foi mútuo e com o passar do tempo ela viu-se envolvida cada vez mais na vida de seus captores. E um elo criou-se. O que poderia ser feito  dela agora?

O livro foi escrito em primeira pessoa, um diferencial na época, levando em consideração de que ele foi escrito em 1956, mas só publicado em 79, após a morte da autora.
Nunca ouvi falar de que tenham feito uma versão para o cinema ou a televisão, mas seria interessante.

Tanto a editora Círculo do Livro, quanto a editora Globo já o publicaram. Não creio que seja fácil encontrá-lo atualmente. Mas seria interessante que uma editora o relançasse. Abaixo as capas das edições publicadas.

 Ed. Círculo do Livro (capa dura)

Ed. Globo (capa brochura)


#leituranossadecadadia:

  • Nancy Madore - Contos de Fadas Erótico (Harlequin)
  • Laura Lee Guhrke - Nosso Amor de Ontem (Nova Cultural)
  • Rachel Gibson - Sem Clima para o Amor (Jardim dos Livros)
  • Emily Giffin - O Noivo de Minha Melhor Amiga (Nova Fronteira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário