quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Tilar J. Mazzeo - A Viúva Clicquot


Ficha técnica: A Viúva Clicquot: a história de um império do champanhe e da mulher que o construiu (The Widow Clicquot)
Autora: Tilar J. Mazzeo
Editora Rocco
Lançamento original: 2008
Lançamento BR: 2009
302 páginas


O título em português já diz tudo. É a história da fundação do famoso champanhe Veuve Clicquot. Aos amantes da bebida, um prato (ou seria uma taça?) cheio.
Apesar da pouca documentação a respeito de Barbe-Nicole Clicquot, a autora, muito competente por sinal, fez todas as amarras possíveis para trazer-nos a história de uma mulher a frente de seu tempo. Até havia outras mulheres empresárias naquela época, mas a viúva, como era conhecida, definitivamente marcou o seu lugar no mais alto do pódio.


Uma verdadeira aula de enologia, aos interessados ou somente curiosos quanto ao assunto.
Eu sempre gosto de ler biografias de mulheres arrojadas, aquelas que não tiveram medo de ousar e por isso mesmo hoje são tão famosas.
Entretanto, passando do meio do livro a leitura começou a me incomodar. Eu comecei a verificar quantas páginas ainda faltavam para o final. E isso NÃO é um bom sinal.
Até porque há pouquíssimo tempo, eu li a biografia do perfume Chanel nº 5, da mesma autora, e devorei o livro.
Aí, você diz: é porque você não gosta de champanhe, mas gosta de perfume. ERRADO.
Até tenho perfumes, mas não os uso. E quanto ao champanhe, mesmo eu não sendo fã, o livro deveria fazer exatamente isso: me levar a querer experimentar.
Quando li sobre o Chanel nº 5 comecei a reconsiderar o uso mais assíduo de perfumes. Quando li sobre as lojas Starbucks, passei na mesma semana a frequentar a cafeteria em minha cidade.
O ponto pra mim foi: o livro começou a se perder nos detalhes.Tornou-se cansativo. Terminei a leitura, e até a recomendo, mas sem o meu "uau!!" característico.
Espero que a próxima biografia escrita pela autora volte ao estilo do que foi o Chanel.
Pelo menos pra mim, não gosto quando o livro fica aquém do esperado.
#valeadica

foto do site da autora, tirada na região do champanhe Clicquot


#leituranossadecadadia:

  • Julia London - Um Cavalheiro Perigoso
  • Anne Ashley - Uma Mulher Indomável
  • Anne Gracie - O Cavalheiro e a Dama
  • Deborah Simmons - Lábios de Deusa (Nova Cultural)

Nenhum comentário:

Postar um comentário