quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Teresa Medeiros - Charming the Prince


Ficha técnica: Charming the Prince
Autora: Teresa Medeiros
Editora Bantam
Lançamento original: 1999
Lançamento BR: ainda não
352 páginas


ROMANCE HISTÓRICO.

Livro 1 da série Contos de Fadas. Traduzido por fãs com o nome "Duelo de Paixões". Resumo:

    "O valente Lorde Bannor de Elsinore necessitava com urgência de uma mulher sensata que cuidasse de seus filhos órfãos e o mantivesse afastado da tentação carnal. Enquanto isso, a jovem Willow sonhava com um príncipe encantado que a libertasse de sua mesquinha família. Ambos contraem matrimônio, mas nenhum dos dois encontra o que procurava. Willow se sente como uma intrusa no castelo, com um aprumado marido que não a quer em seu leito. Logo descobrirá que não é a indiferença o que está no coração do impetuoso guerreiro, a não ser um desejo tão real que acabará por derrubar todos os muros, uma paixão tão ardente que nada poderia apagá-la.

ENTRE O ARDOR DA BATALHA
Aceitar uma oferta de matrimônio era a única maneira que tinha Willow de escapar de sua detestável família. Como ia adivinhar que lorde Bannor, seu bonito marido, já era duas vezes viúvo e pai de uma penca de meninos, legítimos e naturais, dos quais ela teria que cuidar? Decepcionada e ferida, convencida de que não tinha nenhum atrativo para seu marido, Willow se rebela. Com feliz assombro, descobrirá que seu inimigo conta com armas secretas e é capaz de converter a rendição no maior dos prazeres.

E A DOÇURA DA RENDIÇÃO
Lorde Bannor de Elsinore, o mais temível guerreiro da Inglaterra, não sabe como cuidar de seus indomáveis filhos. A única solução é procurar para eles uma mãe, uma mulher sensata que saiba educá-los, mas que sobre tudo não seja para ele uma tentação carnal que o leve a aumentar a família. Decidido a mostrar-se frio e distante, encarrega a seu fiel colaborador de lhe trazer uma mulher adequada... E assim aparece Willow, a jovem mais atraente, sensual e deliciosa que Bannor jamais viu."

O engraçado nessa história é toda a confusão armada pelo fato do protagonista ter filhos demais. Tantos que nem sequer lembra o nome deles. Claro que as crianças são umas pestinhas e precisam de alguém com mais inteligência do que força física para acalmá-los.
Numa tentativa de fazer o pai dar atenção aos filhos, Willow decide juntar-se aos meninos e fazer um motim!
História com muitas cenas engraçadas. Um verdadeiro conto de fadas (ótimo pra sair da mesmice do dia a dia).


Livro 2 da Série Contos de Fadas, "A Maldição do Castelo".

Ficha técnica: The Bride and The Beast
Autora: Teresa Medeiros
Editora Bantam
Lançamento original: 2001
Lançamento BR: ainda não
352 páginas


 Resumo:

"Escócia, 1761. Na pequena aldeia de Ballybliss os aldeãos estão atemorizados. O senhor e seu herdeiro e os cavalheiros do castelo de Weyrcraig, estão mortos e em seu lugar, o castelo foi tomado por um dragão temível que não cessa de fazer pedidos. Só resta uma solução: entregar uma jovem virgem para saciar sua sede de sangue jovem. Entretanto, a única mulher que ainda é virgem na aldeia é a rebelde Gwendolyn Wilder que já completou os vinte e cinco anos. Poderá Gwendolyn acalmar a ira do dragão? Ou cairá nas garras do herói que se esconde atrás do disfarce do sanguinário monstro?
Um dragão com sede de vingança...
Bernard MacCullough retornou a seu castelo em ruínas cheio de ira e ódio. Sabe que alguém da aldeia de Ballybliss traiu a seus pais os levando a morte pelas mãos dos ingleses. Quer encontrar ao traidor e ter sua vingança. Fazendo—se passar por um temível dragão, manteve aos aldeãos afastados do castelo e protegeu sua identidade. Entretanto, quando os homens de Ballybliss  entregam como oferenda uma virgem descarada e roliça, seus planos começam a cair por terra e sente a tentação de se deixar levar pelo desejo de conquistar a sua prisioneira.


Uma virgem disposta a conquistá—lo...
Gwendolyn Wilder sonhou sempre em ver o amor de sua infância: Bernard MacCullough, o herdeiro do castelo de Weyrcraig, o homem para quem reservou secretamente sua virgindade, embora todo mundo o tenha dado como morto. Mas agora que os homens de sua aldeia a entregaram ao temível dragão do castelo está descobrindo que o que deveria ser um monstro horrível é um homem na verdade cheios de atrativos e sensual pelo qual estaria disposta a esquecer a seu amado Bernard."



Mais uma autora desconhecida do grande público brasileiro.
Seus romances históricos já foram premiados, mas por aqui, se quisermos ler algo dela, temos que recorrer às traduções de fãs - o que irrita as editoras. 
Para quem gosta do gênero, é um prato cheio. História consistente, narrativa bem escrita e muito humor. Vale a pena. #amadorei

foto do website da autora




Nenhum comentário:

Postar um comentário