sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Charlotte Featherstone - Saga The Watchers


Uma coisa que adoooooooooro fazer é descobrir um novo autor. Dá uma sensação maravilhosa quando você pega um livro, um ebook, algo assim, começa a ler e se identifica com a escrita daquela pessoa.
Melhor ainda quando você está numa livraria, pega um livro a esmo, desfolha, olha a capa, cheira, lê as orelhas, a sinopse e pensa: "esse aqui dá samba" (desculpem o trocadilho. Estamos em época de carnaval).

Por outro lado também bate uma aflição quando um livro chega até as suas mãos, você o lê, gosta, mas por alguma razão sente que a história não convence. Talvez o autor não tenha trabalhado direito num determinado ponto, sei lá. Não sou escritora!!! Mas sei reconhecer quando um livro tem TUDO pra dar certo....mas a massa desanda.

Ficha técnica: Fallen Angels: The Watchers: Dark Awakening
Autora: Charlotte Featherstone
Editora Total-E-Bound Publisher (Kindle edition)
Lançamento original: 2007
Lançamento BR: ainda não
43 páginas


Ficha técnica: The Watchers 2: Dark Admirer
Lançamento original: 2008
Lançamento BR: ainda não
91 páginas



Depois da fase dos vampiros, entramos na era dos anjos caídos. Anne Rice e J. R. Ward já entraram nessa onda depois de ficarem famosas escrevendo sobre vampiros lindos e inteligentes.

Esta saga é interessante. Os anjos caídos têm nomes que não nos estranha, como Sammael, Anael, Gadriel.... e tantos outros "el" que encontramos na Bíblia.  Cada um tem uma missão a partir do momento em que pecaram, ao desejarem as mulheres da Terra, e foram expulsos lá de cima.

Anjos Caídos: As Sentinelas: Despertar Sombrio

A primeira história, do anjo Gadriel (é com D mesmo), o Anjo da Guerra, é interessante porque ele simplesmente ODEIA os humanos, pelo simples fato de que Ele (esse ELE você encontra bastante pelo livro porque se refere a Deus) fez com que os humanos fossem mais importantes do que os anjos. E Gadriel não gostou nadinha disso. Ele, o anjo não Deus, rodou a baiana, e desceu inconformado.
É claro que tudo muda a partir de seu encontro com uma certa humana chamada Nadira.
Nesse ponto a história esquenta. E quando digo esquenta é no sentido bíblico-carnal da palavra.
Mas uma coisa me intriga... Ele chegou até Nadira ao procurar uma mulher chamada Mary, que deveria morrer (na verdade ela já estava morrendo de câncer). Eis que desde que ele encontra Nadira, Mary some da história. Tá, e daí? Cadê o resto?
Fiquei intrigada. Adorei aquele bando de anjos se encontrando, conversando, um mais bonito e poderoso que o outro, mas aquelas missões todas que cada um tem que cumprir se quiser voltar ao Reino dos Céus fica no ar.
Outro ponto, se eles querem TANTO voltar para o céu, mas acabam por se apaixonar, como é que fica? Melhor, como é que EU fico? Pra quem vou torcer agora?

As Sentinelas 2: Admirador Sombrio

No livro 2 encontramos o Anjo da Luxúria, Anael. Ele era o mais belo e mais viril entre todos os anjos. Mas também era um voyer. E de tanto ficar admirando as belas mulheres da Terra, principalmente enquanto elas estavam praticando sexo, ele foi condenado a descer, teve seu rosto desfigurado por tatuagens que diziam qual era o seu pecado e não podia mais falar. A não ser com a pessoa a qual o tinha invocado para ajudá-la a conseguir um determinado parceiro.
Por um descuido próprio, ele acaba caindo na casa errada e se depara com Eve Parker (o nome é interessante. Ele, o Anjo da Luxúria e ela, Eva). E o nheco-nheco começa. Ele não pode falar com ela, a não ser por pensamento e com isso, torna-se o admirador noturno dela.
As cenas de sexo até que são boas. Tem umas cenas engraçadas do bate boca dele com o cara que o invocou anteriormente, mas, de novo, o livro termina de um jeito estranho.
Outros anjos aparecem, cada um com uma missão, e acredito que esses serão os protagonistas dos próximos livros. Mas e a conexão de uma história com a outra? E a aventura por detrás das cenas românticas-hot?

Fiquei deprimida depois da leitura porque sinceramente EU GOSTEI. E acho que a autora tem tudo a ganhar se trabalhar um pouquinho mais os enredos.
Se você quer uma leitura só pra passar o tempo, vai se divertir.
Eu digo UAU para os personagens. Queria fazer o mesmo pela história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário