quinta-feira, 19 de abril de 2012

Literatura, Chá e Afins





O ser humano é composto de paixões. Paixões que ele vai adquirindo na vida, sejam essas paixões outros seres humanos, objetos ou ações.
No meu caso todo mundo sabe que além de meus filhos e minha família, sou apaixonada pela leitura e pelos doces.
Essas duas últimas paixões foram transformadas em blogs, nos quais eu compartilho com amigos e desconhecidos as minhas aventuras.

Melhor ainda quando posso compartilhar uma delas, ou as duas, pessoalmente.
Minha paixão por livros e leitura é muito bem compartilhada através dos grupos no qual faço parte. E olha que são vários.
Encontrar amigas para um choppinho, um almoço, regado a muita conversa, gargalhada, opiniões, dicas sobre livros e seus heróis maravilhosos, não tem preço.

Comecei a pensar, então, sobre esse fascínio que tenho em relação à literatura.
Leio todos os gêneros, mas claro, como qualquer um, tenho os meus preferidos. E todos sabem que sou chegada numa literatura fantástica e romance histórico. A literatura fantástica é algo mais recente, com toda essa leva de sagas sendo lançadas sobre vampiros, anjos, seres alados com super poderes, guerreiros lindos, maravilhosos, tesudos....
Já o romance histórico vem me acompanhando há mais tempo, pelos livros de Barbara Cartland (considerados muito ingênuos agora), fizeram muito sucesso nas décadas de 1970/80. E até hoje ela é considerada a Dama deste gênero.



Os livros atuais têm um enredo muito mais complexo, aventuras melhores descritas, cenas pra lá de hot... Mas o ponto aqui é: esse gênero não morre.
E analisando mais ainda chegamos à conclusão que boa parte deles descreve as aventuras na Europa (Inglaterra e Escócia).
Escritoras atuais como Hannah Howell, Patricia Cabot, Laura Lee Gurhke, Julia Quinn, Nicole Jordan, Stephanie Laurens....nos brindam com enredos e cenários da velha Bretanha.
Tudo isso me fez querer aprender mais sobre a literatura de lá, a inglesa. Conhecer suas nuances, seus significados, seu humor (tão diferente do americano).
Jogando-me de cabeça nessa nova empreitada, resolvi compartilhar com você essa minha aventura. Um curso de Literatura Inglesa.
Não tão profundo quanto seria numa faculdade, mas tentando matar as minhas curiosidades e, ao mesmo tempo, me dando um empurrão a mais para ler grandes clássicos da terrinha.

Quem sabe a gente possa trocar figurinhas (através de seus comentários) e incentivar um ao outro. Afinal, conhecimento não ocupa espaço e nenhuma cultura é inútil. Você só não sabe AINDA quando vai precisar dela.


Nenhum comentário:

Postar um comentário