domingo, 6 de maio de 2012

Julia Quinn - Splendid Trilogy (Trilogia Blydon)


Mais uma vez trago uma série de Julia Quinn. 
Esta trilogia em inglês chamada de SPLENDID (título original do primeiro livro), é conhecida no Brasil como série Blydon, título de uma das famílias do livro (do tia da protagonista do primeiro livro, por sua vez, pai da protagonista do segundo). 
E há ainda um conto lançado depois numa coletânea com outras escritoras de romances históricos...

Livro 1 - Splendid (Esplêndido)
Lançamento original: 1995


Emma Dunster é uma herdeira americana divertida e independente que ambiciona dirigir a compannhia de navios que seu pai possui.
Para não desgostá-lo, haja vista que ele é viúvo e sabe que seria difícil sua filha sucedê-lo nos negócios, ela aceita passar uma temporada em Londres em visita aos tios e primos adorados. Iria lá, divirtiria-se, diria não a uma meia dúzia de pedidos de casamento e voltaria feliz e faceira à América. Mas ela não contava encontrar com Alex...

O Duque de Ashbourne fica encantado com a criada que corajosamente salva seu sobrinho de uma morte certa. Querendo saber mais sobre ela, ele comparece à festa de apresentação da sobrinha do Conde Blydon. Qual sua surpresa ao descobrir que a sobrinha era a tal criada.
Fascinado pelo seu jeito independente e seus cabelos vermelhos, Alexander Ridgely resolve investir nessa amizade e surpreeende-se a cada dia...


Livro 2 - Dancing at Midnight (Dançando ao Anoitecer)
Lançamento original: 1995


Lady Arabella Blydon estava passando uns dias com os primos, na residência do Duque de Ashbourne, enquanto seus pais passeavam pela Itália, quando se depara com Lord John Blackwood. Um veterano de guerra contra Napoleão.
Encantador e misterioso. Simpático e rude. Tudo ao mesmo tempo. Resumindo: um mistério. E Belle era fascinada por um bom mistério...

A guerra havia deixado marcas físicas em John (ele coxeava), mas em seu interior havia cicatrizes muito mais profundas. Ele não poderia se aproximar de Belle, não importava o quão linda e surpreendente ela fosse. Como fazê-la entender que ele estava marcado para sempre?


Livro 3 - Minx (Atrevida)
Lançamento original: 2004


Uma gata selvagem. Uma atrevida. Era assim que William Dunford classificava a jovem Henrietta Barret, a administradora da propriedade que ele havia herdado, junto com seu título.
O que ele não sabia era que agora a mesma gata selvagem era sua pupila. Como ele poderia transformá-la numa dama? Logo ele, um solteirão convicto e conhecido conquistador de toda Londres?
Nada como contar com a ajuda de seus casais de amigos Alex e Emma, John e Belle.
Mas para isso ele teria que convencer Henry (sim, esse era o apelido dela) a abandonar a Cornualha e fazer a viagem.

Henry podia ser bem teimosa quando queria. E sua maior preocupação era como poderia se livrar do novo dono da propriedade e continuar com sua vidinha de administradora. Sua competência era reconhecida em toda aldeia, e seu jeito estranho e masculinizado também...
Mas algo mais poderia acontecer entre esses dois...Desde que parassem de brigar....


Os 3 livros são um encanto.
Mais uma vez Julia nos brinda com histórias familiares. Primeiro Emma, depois sua prima e depois um grande amigo de ambas.
Os livros são entrelaçados. Você pode lê-los fora da sequência, mas lendo-os na ordem fica tudo mais engraçado.
Os 3 casais têm suas mazelas e suas qualidades. Todos querem mostrar o seu ponto de vista e, com isso, há diálogos e brigas engraçadíssimos. Talvez o primeiro casal, Emma e Alex, seja o que mais me divertiu. Eles continuam brigando nos livros seguintes!
As cenas românticas são lindas e o desenvolvimento de cada personagem também.
Mas ainda há um conto que foi lançado entre os livros 2 e 3...

Conto - A Tale of Two Sisters (A História de Duas Irmãs), lançado numa coletânea intitulada "Where is my hero?"
Lançamento original: 2003 


O que pode acontecer quando Ned Blydon (irmão de Belle) está noivo de uma das irmãs Thornton, mas vê-se apaixonado pela outra? E como ela pode corresponder a esse amor sem deixar de ser fiel à família?
Muita confusão....

Mais uma vez Julia Quinn nos fascina e encanta com seus heróis e mocinhas totalmente diferentes do esperado. É diversão sempre.

** gravura de Jon Paul Ferrara

Um comentário: