quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Jude Deveraux - Mulher de Gelo



Ficha técnica: Mulher de Gelo (Twin of Ice)
Autora: Jude Deveraux
Editora Best Seller
Lançamento original: 1985
Lançamento BR: 1987
282 páginas


"O que será mais forte? Seu segredo de mulher ou aquela atração invencível?

Na cidade de Chandler, Colorado, todo homem sonhava em conquistar Houston Chandler e sua irmã gêmea, Blair. Mas, para Kane, um rude forasteiro novo-rico, Houston era a mulher de gelo que representava o desafio de sua vida e que ele queria despertar para o mais intenso amor.
E Kane sempre conseguia o que desejava..."

Este livro de Jude Deveraux é atemporal. Escrito no século passado, mas continua super atual.
Seu enredo romântico, mas ao mesmo tempo ativo, criativo, cativa o leitor desde o princípio. Afinal, quantas mulheres, treinadas e criadas para sempre apenas donas de casa, não se identificam com Houston, ao perceber-se sendo trocada pelo noivo, que a preteriu pela sua irmã gêmea, e sentindo-se uma mulher de gelo? Eu pessoalmente poderia apontar alguns nomes...

Entretanto, depois de ter sua vida virada de cabeça para baixo, Houston decide mudar o seu destino, fazendo o que sabia fazer de melhor.
É nesse momento em que aparece o rústico Kane Targget, que mais parecia um selvagem com suas roupas amassadas e sua barba enorme. Eles unem-se por objetivos diferentes, mas ambos não sabiam que uma coisa em comum poderia mudar todo o rumo da história...

Este livro é composto por uma outra parte. O Mulher de Fogo é a história da gêmea Blair.



Não importa a ordem a qual você leia os livros. Um menciona cenas do outro porque a história de cada irmã é concomitante à outra.
Eu admito que prefiro este aqui. Mas a outra irmã, com temperamento mais rebelde e ideias progressivas, também é interessante.

Jude Deveraux tem um jeito único de escrever seus romances e ela faz parte de minha galeria de área vip.



Os livros também foram lançados, mais tarde, pela extinta editora Nova Cultural. Abaixo a capa pela outra editora e a capa original.




Nenhum comentário:

Postar um comentário