terça-feira, 11 de setembro de 2012

Meg Cabot - Série A Mediadora (Parte 1)



Ficha técnica: A Mediadora (The Mediator Series)
Autora: Meg Cabot
Editora Galera Record
Lançamento original: 2000
Lançamento BR: 2009 (está na 15° edição, com novas capas)

A série Young-Adult faz sucesso com a mulherada dos 10 aos 90 anos. Simplesmente porque é encantadora.
Tudo acontece porque a protagonista, Suzannah, tem a capacidade de falar com os mortos. Mais do que isso, ela é uma Mediadora. Uma pessoa que ajuda os mortos a encontrarem o seu caminho até a luz (leve essa luz seja lá para onde for).
Só que ela é uma mediadora atípica. Ao fazerem contato com ela, ela não somente pode vê-los e ouvi-los, mas também tocá-los. Isso quer dizer que quando um fantasma torna-se um tanto teimoso a seguir o seu camino pós vida, ela literalmente cai na pregada, dá uns chutes no traseiro e resolve tudo no tapa.
Exatamente por ter esse dom, ela não gosta de entrar em locais (casas, prédios) que tenham uma idade excessiva (do tipo 100 anos ou mais) porque na certa ela vai se deparar com várias almas errantes vagando por lá.
Ela não deu essa sorte quando sua mãe casa novamente, e ela precisa mudar-se de Nova Iorque para a ensolarada California. A cidade é linda, a vista da janela de seu quarto é maravilhosa, mas a casa reformada tem mais de 100 anos e há um fantasma super gato vivendo onde ela deve dormir e trocar de roupa. E uma grande questão a descobrir: por que ele não foi para o outro lado ainda?

A série é composta por 6 volumes e em cada um deles ela ajuda um fantasma ou outro a seguir seu caminho, sempre com ajuda de Jesse, o fantasma lindão, e do Padre Dominic (outro mediador que trabalha na escola em que ela passa a estudar com seus novos meio-irmãos).

Confesso que esse fantasminha camarada, Hector "Jesse" da Silva, deu um novo significado à minha paixão por literatura fantástica, até então só composta por vampiros e lobisomens gostosões.

Livro 1 - A Terra das Sombras (Shadowland) - 284 páginas
"Ele piscou com aqueles enormes olhos negros. Suas pestanas eram mais longas que as minhas. Não é sempre que eu dou de cara com um fantasma que também é uma graça, mas aquele cara...Caramba, ele devia ter sido uma coisa quando vivo, pois ali estava ele morto e eu já queria adivinhar como eram as suas coisas por baixo da camisa branca que usava, bem aberta, mostrando um bocado do peito, e até um pouco do abdômen. Será que fantasma também faz abdominal? Era o tipo de coisa que eu nunca tive oportunidade - ou vontade - de explorar até então.
Não que eu fosse me deixar perturbar por esse tipo de coisa àquela altura dos acontecimentos. Afinal de contas, sou uma profissional."
É quando eles se conhecem e um fantasma de uma suicida, ex-aluna do colégio deles, tenta matar outros alunos.

Livro 2  - O Arcano Nove (Ninth Key) - 269 páginas
"- Então boa noite, Suzannah - disse Jesse naquela voz profunda e sedosa.
- Boa noite - Minha voz não é profunda nem sedosa. Naquele momento, de fato, ela saiu meio esganiçada. Geralmente é assim quando estou falando com Jesse. Com mais ninguém. Só com Jesse.
O que é fantástico. No único momento em que eu quero parecer sensual e sofisticada, fico esganiçada. Fantástico.
Rolei, puxando as cobertas sobre o rosto, que dava para perceber que estava ruborizado. Quando espiei por baixo delas um instante depois, vi que ele tinha sumido.
Esse é o estilo do Jesse. Ele aparece quando eu menos espero e desaparece quando menos quero. É assim que os fantasmas agem."
Um novo pretendente aparece na vida de Susan, mas o fantasma de uma mulher não deixa a mediadora em paz. E pior, tudo leva a crer que sua morte teve algo a ver com alguém ligado a Tad.

Livro 3 - Reunião (Reunion) - 268 páginas
"Nós dois estávamos sentados no telhado da varanda da frente, que por acaso se projetava abaixo da janela do meu quarto. Era bem legal ali fora, sob as estrelas. Nós estávamos suficientemente alto para ninguém ver - não que alguém além de mim e do Padre Dom pudesse ver Jesse - e o cheiro era bom por causa do pinheiro gigante ao lado da varanda. Nesses dias era o único lugar em que podíamos ficar conversando sem medo de sermos interrompidos."
Gina, a melhor amiga de Susan de Nova Iorque, vai visitá-la. E o que deveria ser um período de descanso, compras e paquera, acaba se transformando em mais uma missão, dessa vez para ajudar 4 jovens mortos num acidente de carro e prontos para se vingarem de seja lá quem tiver causado isso a eles.


Abaixo as capas da edição brasileira quando foram lançados em 2009:



Nenhum comentário:

Postar um comentário