domingo, 30 de setembro de 2012

Sylvia Day - Casada com um Estranho



Ficha técnica: Casada com um Estranho (The Stranger I Married)
Autora: Sylvia Day
Editora Nova Cultural (extinta)
Lançamento original: 2007
Lançamento BR: 2008
200 páginas

"Inglaterra, 1815
Um amor imprevisível...
Isabel Pelham e Gerard Faulkner formam o casal mais escandaloso de Londres, combinam em todas as coisas - sensualidade, desejo intenso, bom humor, desprezo pelas convenções, atrevimento, e a recusa absoluta de se apaixonarem um pelo outro. Isabel fechou seu coração ao amor e, dos homens, só deseja companhia e prazer. O casamento entre ambos é um acordo dos mais agradáveis, até que uma chocante reviravolta leva Gerard para longe...
Quatro anos depois, ele está de volta. Mas o rapaz farrista e irresponsável foi substituído por um homem sério e charmoso, determinado a seduzir Isabel. O relacionamento descontraído transformou-se numa tentação irresistível, um marido que deseja Isabel de corpo e alma, e que não se deterá diante de nada para conquistar o amor da esposa. Não, aquele não é o homem com quem Isabel se casou mas... é o homem que finalmente poderá roubar seu coração..."


Meu debut na leitura de romance histórico desta escritora.
Se vocês lembram bem, ela anda na mídia por ser a autora da trilogia CROSSFIRE, do lindo, maravilhosos, tesudo Gideon Cross. 
Já havia lido várias resenhas - positivas - sobre seus livros históricos, e como sou uma fã ardorosa desse gênero, fui atrás.

Minha impressão foi boa, sem necessariamente ser aquele "uau". A história pega, você fica torcendo pelo mocinho ou mocinha da vez. Uma boa coisa: não é escrita em primeira pessoa (o que tem sido um costume meio irritante ultimamente).
A autora não se preocupa em relatar o momento histórico em que os protagonistas vivem e também não se perde em detalhes, algumas vezes frívolos. Ela vai direto para a história deles. O encontro, a fagulha, o problema, o dilema, o romance. Isso é bom quando você quer ler um livro rápido, sem ter compromisso. Mas quando você quer se deixar envolver pelo momento, isso pode arruinar tudo
Mas não me interpretem mal. O livro é bom. Tem várias partes engraçadas, outras em que você fica apreensiva esperando o desfecho.
Talvez este livro especificamente não tenha sido o mais famoso dela (precisarei ler outros para melhor me orientar).
De qualquer forma, nada que quebre o encanto ao ler a trilogia contemporânea over sexy.

Abaixo, uma outra capa (a mesma usada pela edição brasileira):


2 comentários:

  1. Bom dia Vania.

    Você sabe onde encontro pra comprar aqui no Brasil?

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Oi, Larissa
    Acho q agora vc só encontra este livro nos sebos.
    Seu lançamento foi por uma editora já extinta.
    Mas fiquei sabendo q outros títulos desta autora serão lançados no BR. Quem sabe este não é relançado?
    Bj.

    ResponderExcluir