quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Lisa Marie Rice - Woman on the Run



Ficha técnica: Woman on the Run (Mulher em Fuga)
Autora: Lisa Marie Rice
Editora Ellora's Cave
Lançamento original: 2005
Lançamento BR: ainda não
354 páginas

"Julia Devaux adora sua vida sofisticada de mulher urbana. E como não gostar? Tem um fabuloso trabalho no mundo editorial, amigos maravilhosos, um apartamento de arrasar e a companhia de seu precioso, embora temperamental, gato siamês, Frederico Fellini. Até que de repente, Julia tem a infelicidade de presenciar o assassinato de um membro da máfia, destroçando, assim, sua vida completamente.
O Programa de Amparo às Testemunhas desloca Julia para uma cidade no fim do mundo, sem livraria, onde comida rápida são os cervos e a única distração é fazer sexo selvagem com um fazendeiro local que não gosta de falar muito. Por sorte, o que Sam Cooper sabe fazer de melhor não é precisamente falar...
O ex SEAL Sam Cooper não acreditou na sorte que teve quando a misteriosa Sally Anderson chegou à sua cidade. Em Simpson, Idaho, não há como se tomar um café decente, muito menos professoras primárias de tirar o fôlego. No momento em que ele a conhece, apropria-se dela como se fora dele.  De fato, ele não é muito bom falando, mas faz o que pode para mantê-la satisfeita. Quando descobre que sua vida está em perigo, nada o deterá para mantê-la a salvo com ele."

LITERATURA CONTEMPORÂNEA-ERÓTICA.


Que a autora Lisa Marie Rice se amarra num militar, isso a gente tem mais do que certeza.
Até que este livro aqui a ênfase no tempo de militar dele não é tão focada.
É claro que quando chega na parte em que ele descobre que Julia/Sally corre risco de morte, ele prontamente mostra seu lado de treinamento militar, andando armado até os dentes, e fazendo marcação cerrada para que ela nunca andasse sozinha pela cidade.
Mas o ponto  focal aqui é o relacionamento deles e como cada um teve a sua transformação a partir do instante em que começarem seu romance.

Julia é aquela mulher viajada, que fala vários idiomas, que participou das melhores mesas, que tem um trabalho dos sonhos e uma vida para lá de organizada.
Ao ter a sua vida virada de pernas para o ar quando é relocada para uma cidade esquecida por Deus, onde não tem sequer uma livraria - o pior dos pecados -, ela acredita que sua vida acabou.
O julgamento no qual ela será a principal testemunha demorará ainda meses, e ela precisa se acostumar a viver tão precariamente e a atender quando a chamam pelo novo nome. Como assim ela tem cara de Sally?

Até que ela conhece Sam Cooper. Ele é um ex SEAL, agora fazendeiro e criador/domador de cavalos. Muito famoso na região, sua família mora em Simpson desde que seu tataravô chegou da Irlanda, ele é confundido por ela com um assassino profissional, e o começo entre eles é tumultuado. Mas Sam sente-se atraído por ela desde o primeiro momento, desejando que ela fosse ruiva apesar disso (o que ela era, mas teve que mudar a cor dos cabelos para se disfarçar).

O relacionamento deles é baseado no bom e velho sexo selvagem. Sam não é dado a conversas, apesar de Julia/Sally poder fazer isso pelos dois. Sem ser um homem verborrágico, ele faz por ela o que sabe fazer de melhor - além do sexo -, ele cuida dela. Faz consertos em sua casa e leva-a para conhecer outra cidade, Rupert, onde tem mais lojas e uma livraria. Viva!!

A situação esquenta quando, ao ter sua cabeça a prêmio valendo 2 milhões de dólares, assassinos começam a pulular na cidade à caça dela, e Sam precisa defendê-la da melhor maneira que sabe..

O livro tem vários pontos positivos. Primeiro, os diálogos são engraçados. Só pelo fato de ser um livro com cenas hot e editado pela editora mais sexy do planeta, a Ellora's, não significa que ele precise ser vazio. A interação entre os personagens é dinâmica e suas caracterizações - a maneira com que são descritos e como pensam - são totalmente críveis. E além do fato da perseguição a Julia em si, tem a questão, do lado dele, da Maldição dos Cooper. Não vou falar nada sobre isso para não perder a graça na leitura, mas é bem engraçado como tudo se desenrola.

Enfim, um livro que poderia ser mais do mesmo, com a leitura das outras séries, mas mostrou-se divertida e até instrutiva.
Uma leitura definitivamente prazerosa.





Nenhum comentário:

Postar um comentário