terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Becca Fitzpatrick - Finale (Série Hush, Hush #4)



Ficha técncia: Finale
Autora: Becca Fitzpatrick
Editora Intrínseca
Lançamento original: 2012
Lançamento BR: 2013
303 páginas

"Nora e Patch pensavam que seus problemas tinham ficado para trás. Hank estava morto, e seu desejo de vingança não precisava ser levado adiante. Na ausência de Mão Negra, porém, Nora foi forçada a se tornar líder do exército nefilim, e era seu dever terminar o que o pai começara - o que, essencialmente, significa destruir a raça dos anjos caídos. Destruir Patch.

Nora nunca deixaria isso acontecer, então ela e Patch bolam um plano: os dois farão com que todo mundo acredite que não estão mais juntos, manipulando, dessa forma, seus respectivos grupos...
Quando as linhas do combate são finalmente traçadas, Nora e Patch precisam encarar suas diferenças ancestrais e decidir entre ignorá-las ou dexá-las destruir o amor pelo qual sempre lutaram."


Romance Young-Adult. Último livro da saga.

E agora não há mais jeito, Nora e Patch terão de lutar.
Fazendo uma retrospectiva, Nora era uma garota normal que ia à escola com sua melhor amiga Vee e paquerava por aí. Até que se deparou com um carinho muito gato, a princípio chamado Jev, e depois Patch, e foi apresentada a um mundo totalmente novo, que ela sabia existir só nas páginas da Bíblia.
Anjos caídos, arcanjos, nefilins, começam a ser palavras comuns nos lábios de Nora.
Ela se vê no meio de uma guerra, especialmente porque os nefilins (segundo a Bíblia estes eram pessoas enormes fisicamente porque nasceram da mistura de anjos caídos com humanos) tinham seus corpos tomados durantes 2 semanas do mês de outubro, no período chamada "Cheshvan". Os anjos caídos, por não terem sensações, possuíam os corpos dos nefilins e davam-se duas semanas de puro prazer.
Nora descobre-se sendo uma nefilim. E no livro 3, por uma manipulação, ela descobre que terá de liderar os nefilins nessa guerra contra os anjos caídos.

Acontece que seu namorado, Patch, é um anjo caído. Mesmo ele dizendo que não tomará partido do seu povo, fica difícil ficar totalmente isento numa situação dessa.

Este quarto e último livro traz exatamente o que eles têm de fazer para ou impediram a guerra, ou fazerem com que um dos lados ganhe, sem que eles se separem por isso.

O livro não é confuso, para quem acompanhou a saga desde o início. Há várias pessoas que uma hora estão de um lado, outra hora, de outro. Portanto, tirando os dois protagonistas, você nunca sabe de onde vem o ataque. Gostei do desenrolar da história e até de seu final.
O que me deixou um tantinho incomodada foi muito mais por questões técnicas.
Por exemplo, ao ler da pág 289 para a 290, senti uma mudança no diálogo, como se tivesse faltado algo nesse meio (?????). Depois, teve o lance da carta.
Ficamos sabendo, através de leitoras de têm acesso ao livro em inglês, que a versão em português veio sem uma carta que Patch deixa para Nora, com Vee, antes de ir para o Inferno. Acontece que em português a carta nem é mencionada!! Se não é mencionada, não faz falta, mas poxa!! Seria legal ter a versão integral, não?
Abaixo, a carta disponibilizada pela editora:




Agora que temos acesso à carta queremos saber: que horas ela recebeu a mesma?
Em compensação, não encontrei erros de digitação como outros livros que andei lendo ultimamente, e a capa é uma fofura. Não só a foto em si, mas o papel, meio áspero, dá um toque mágico em tudo. E o desenho das penas logo que você abre o livro te lembra o quanto elas são importantes na história toda.

É para dar estrelinhas? Dou 4. Porque gostei da totalidade da série. Não teve cenas fortes, não teve sacanagem, mas conseguiu prender bem o leitor naquilo que se propôs.
Agora é virar a página e partir para uma nova saga.

Outras fotos com o mesmo casal de modelos. Opções de capas, talvez?



Nenhum comentário:

Postar um comentário