sábado, 23 de março de 2013

Annete Curtis Klause - Sangue e Chocolate



Ficha técncia: Sangue e Chocolate (Blood and Chocolate)
Autora: Annete Curtis Klause
Editora Underworld
Lançamento original: 1997
Lançamento BR: 2011
254 páginas


"Vivian Gandillon  saboreia a mudança, a dor doce e poderosa que a leva de garota à lobo. Com dezesseis anos, ela é bonita e forte, e todos os lobos jovens estão em seu pé. Mas Vivian ainda está de luto pela morte de seu pai; seu grupo continua sem um líder e em desordem, e ela se sente perdida nos subúrbios de Maryland. Ela deseja uma vida normal. Mas o que é normal para um lobo que precisa a todo custo esconder a sua identidade dos humanos? Vivian ganha a vida trabalhando numa loja de chocolates e acaba se apaixonando por um garoto humano, bom e gentil, gatoso um alívio bem vindo para ela. Ele é fascinado por magia, e Viviam deseja se revelar para ele. Provavelmente ele a entendêria sua natureza dupla e não sentiria medo ou repulsa como um humano normal faria. A lealdade dividida de Vivian é forçada ainda mais quando um assassinato brutal ameaça expor o grupo. Movendo-se entre dois mundos, ela não parece pertencer a nenhum dos dois e se sente perdida entre as regras de lealdade de seu mundo e a vontade de se revelar seu amado."


LITERATURA FANTÁSTICA.

O livro traz a história de um clã de lobisomens vivendo no meio dos humanos.
Muitos desses seres só querem levar uma vida normal, apesar de se considerarem superiores aos humanos por terem a capacidade de mutação, em especial durante a lua cheia.
Entretanto, um grupo de rapazes, denominados de Os Cinco, fazem arruaças e acabam por chamar indevida atenção ao clã.

Contando a isso, há a história de Vivian. Uma garota que gosta de transformar-se durante a lua cheia, quando consegue sentir-se realmente livre, mas guarda uma mágoa desde a morte de seu pai, causada por uma brincadeira perigosa dos Cinco. Por causa disso o clã teve de mudar-se. Em busca de sua identidade, ela afasta-se dos antigos amigos e acaba por envolver-se com Aiden, um humano de sua escola.
A princípio o relacionamento deles é tudo que ela desejava porque Aiden fazia coisas por ela que os rapazes da matilha não faziam. Mas com o passar do tempo, e com o perigo dele descobrir sua verdadeira identidade, Vivian passa a temer por ele.
A necessidade de uma nova mudança da matilha e da escolha de um novo líder podem ser o estopim para uma nova caçada, na qual qualquer vítima seria cara para alguém...

O livro é bem montado. Trazendo algumas informações já um tanto conhecidas, para quem acompanha livros ou filmes sobre o assunto.
Como disse antes, é um enredo de busca de identidade; mais do que um simples romance.

O final é um tanto esperado. Não desaponta, mas também não me empolgou.

Na verdade, eu conheci este livro através do filme. Para variar, o filme tem muita coisa diferente do livro, parecendo bem que apenas a concepção central do livro foi usada.
Ambos são bons se forem vistos/lidos de forma separada. Se for comparar um com o outro, sempre vai haver aquela decepção pelas modificações feitas do original.

Abaixo o trailer do filme:



A capa do livro brasileiro é bem mais bonita que a original:


Nenhum comentário:

Postar um comentário