domingo, 24 de março de 2013

Lynda Chance - Marco's Redemption



Ficha técnica: Marco's Redemption
Autora: Lynda Chance
Editora: self
Lançamento original: 2012
Lançamento BR: ainda não
Formato ebook

"Marco Dinati é rico, cruel - e mais frequentemente do que não - é arbitrário. Interessado apenas em satisfazer suas necessidades sexuais casualmente, ele não tem intenção de mudar nada em sua vida. 
Natalie Lambert está sozinha, desempregada e era nova na cidade, quando um encontro ao acaso deixa ela sob o poder e o controle dele. À medida que a história se desenrola, as tensões crescem e a confiança é testada entre duas pessoas que não conseguem ficar longe uma da outra."


ROMANCE CONTEMPORÂNEO-ERÓTICO.

Este livro meio que caiu de paraquedas no meu colo. Quando vi o título, a capa, achei que se tratasse de mais um do mesmo, ou seja, mais uma trilogia contemporâneo erótica sobre um milionário maravilhoso cheio de conflitos e que os resolve na cama. Teminha recorrente, não?

De certa forma o tema é o mesmo, mas pelo menos não é uma trilogia. O livro tem começo, meio e fim nele mesmo. Aleluia!!

A história até começa bem. Eles se envolvem num acidente de trânsito, no qual a culpa foi dela. Natalie arranhou a pintura do parachoque do Audi 8 de Marco. Conversa vai, conversa vem, ele super irritado, ela apavorada por não ser a dona do carro, não ter seguro para pagar os prejuízos e ainda se sentir intimidada por aquele homem de terno caríssimo.

Bom, pelo gênero literário do livro, não se precisa ser um gênio para saber que de uma forma ou de outra tudo vai acabar em cama. E o mais interessante é que a história corre bem nisso tudo. As paranóias dele em mantê-la segura e vigiá-la pelo GPS, o término de um longo relacionamento que ele vinha tendo para ficar só com ela, o aparecimento de um homem fazendo o papel de antagonista... tudo ia às mil maravilhas.

Quando chega no penúltimo capítulo o livro dá um salto de 8 meses. Como assim? O relacionamento deles está indo tão bem assim? Ok, vamos avançar na leitura.
Ao chegar no epílogo, o final é tão sem noção que eu caí na gargalhada.

O enredo tinha TUDO para dar um livro super maneiro. Havia mil possibilidades para se ter uma história com conflitos maiores, como por exemplo, o fato de ela ter fugido de sua cidade natal porque sua mãe tinha uma namorado que tentava entrar no quarto dela à noite; ou a ex-namorada recém chutada de Marco que no início do livro mostrou-se super possessiva em relação a ele, mas depois que foi descartada, sumiu da história; ou ainda, o tal cara antagonista que era casado, mas ele e sua esposa na verdade participavam de festas de swings e foi lá que Marco os conheceu... NADA DISSO foi explorado. A autora parece que quis acabar logo com o livro para escrever outro e deu um fim de côrte marcial ao livro.

Teve uma outra resenha que fiz na qual tive a mesma sensação de perda...

Bom, em tempos de homens lindos, ricos e completamente perdidos em seus infernos interiores, este seria mais um para a coleção. A mocinha daqui começa um pouquinho perdida, assim com as de outros livros, mas depois começa a se mostrar espertinha e coloca as garras de fora. Uma pena que uns personagens tão promissores foram assassinados pelo próprio autor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário