quarta-feira, 17 de abril de 2013

Ruth Cardello - Coração de Bilionário



Ficha Técnica: Coração de Bilionário (Maid for the Billionaire - The Legacy Collection)
Autora: Ruth Cardello
Editora Quinta Essência
Lançamento original: 2011
Lançamento BR: 2013
224 páginas

"Dominic Corisi soube imediatamente que Abigail Dartley era o passatempo perfeito que procurava, principalmente quando ela se mostrou um pouco mais desafiadora do que ele estava acostumado. Então, quando precisa viajar à China a trabalho, decide levá-la, mas sob suas condições. Sem promessas. Sem complicações. Apenas sexo.
Abby sempre foi uma mulher responsável. Jamais esteve disposta a correr riscos, especialmente quando se tratava de homens – isso até conhecer Dominic. Ele consegue ser ao mesmo tempo desconcertante e encantador. A viagem dos dois à China desperta um lado de Abby há muito esquecido, que a faz pensar no enorme perigo que corre ao estar acompanhada por Dominic.
Quando o futuro de Dominic é posto em causa, Abby tem duas opções: interferir na última aposta empresarial que ele fez, salvando sua empresa; ou aceitar seu papel de amante, não se envolver, e abandonar seu grande amor à própria sorte. Será que ela o ama tanto a ponto de correr o risco de perdê-lo para conseguir salvar a fortuna de Dominic?"

ROMANCE CONTEMPORÂNEO. ERÓTICO.



Abby estava no lugar errado na hora errada - pelo menos a princípio.
Tentando fazer um favor à sua irmã, que trabalhava como diarista e estava doente, Abigail limpava a casa de um ricaço que nunca aparecia por lá. Até exatamente aquele dia.

Dominic sentia-se um lixo ao voltar à sua velha casa, onde seu pai o deserdara e fora infeliz por anos pelo abandono da mãe. A única coisa que ele queria era chegar em casa e embebedar-se até cair. Mas daí ele encontra uma empregada que não só era muito bonita, como o desafiara. O mundo dos dois colidiu sem chance de retorno.

Como tantos ricaços da moda, Dominic era teimoso e ao enfiar na cabeça que iria ter Abigail de volta, ele não desistiria fácil. Por usa vez, Abigail estava cansada de se esconder atrás de relacionamentos mais estáveis, de cuidar da irmã caçula - já adulta agora - desde a morte dos pais, e de ser sempre a Srta. Certinha. Mesmo sem ver qualquer possibilidade de futuro com aquele homem maravilhoso, e despedaçado, ela resolve que poderia pelo menos viver uma aventura e ter do que se lembrar ao ficar mais velha.

A história é boa. Os personagens são mais dinâmicos do que os outros livros com tema similar. Pelo menos essa personagem não é submissa e pata choca como as outras. Abigail não tem medo de falar o que pensa desde o começo, e é exatamente isso que instiga Dominic a ir atrás dela.
O tempo para o romance deslanchar é rápido. Ao longo de uma semana ocorrem os principais fatos.
Há uma brincadeira com o título do livro no original... Maid significa "empregada, diarista", e como Abby estava fazendo esse papel quando os dois se veem pela primeira vez...
Há algumas reviravoltas sobre o passado de Dominic, dando mote para o próximo livro (que como podemos ver no site da autora, é uma série, que já está no livro 4 lá fora, indo para o 5º).


Pelo visto o próximo livro trará o enfoque na irmã de Dominic, que teimosamente, prefere ver sua fortuna nas mãos do inimigo do que entregá-la a Dominic...

Será que a Quinta Essência, que faz parte do grupo Leya, vai trazer todos os livros para o Brasil? Esperemos que sim.

Senti conexão com os personagens? Sim.
Ritmo da história: um pouco rápido demais.
Dá vontade de continuar a ler a série? Com certeza.
Indicaria o livro? Claro, por isso mesmo a resenha.

*E-book cedido pela editora Quinta Essência em troca de uma resenha de opinião sincera.

2 comentários:

  1. Olá, conheci seu blog esses dias e li este livro por sua indicação. Gostei da história, tive impressões muito parecidas com as suas. Vou sempre voltar por aqui. Tudo de bom.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Thaís
    Bom te ver por aqui.
    Q maravilha q minha resenha tenha te ajudado a escolher um livro e gostar dele.
    Não encontrei seu nome entre os seguidores...vc já clicou ali?
    Volte sempre e deixe comentários. Talvez nossas opiniões sobre certo livro não sejam as mesmas, mas é daí q nascem os grandes debates literários, não?
    Bjin.

    ResponderExcluir