domingo, 19 de maio de 2013

Karen-Anne Stewart - Saving Rain [In the Rain Trilogy #1]



Ficha técnica: Saving Rain* 
Autora: Karen-Anne Stewart
Editora Authorhouse
Lançamento original: janeiro/2013
Lançamento BR: ainda não
364 páginas

"Raina tentou esquecer seu passado, esquecer a dor, mas quando ela se encontra olhando diretamente para a fúria brilhando nos olhos de seu ex-namorado, seu passado obscuro vem correndo de volta. Furiosa consigo mesma por realmente ter  escolhido alguém como seu pai, ela usa a raiva a seu favor e luta por sua vida ... e para o  futuro que ora, há um homem envolvido que não lhe sai da cabeça.
Kas é um líder nato, um guerreiro feroz, o tipo de homem que você envia quando  precisa  começar de um trabalho bem feito. Ele é um herói corajoso que está acostumado a arriscar a própria vida para salvar os outros, mas ele pode salvar aquela que conquistou seu coração, de seu passado terrível e dos homens que são obcecadas em destrui-la? Como Kas e Raina tentam navegar através das voltas e reviravoltas de um grupo de tráfico de seres humanos diabolicamente inteligente, eles encontram consolo nos braços um do outro. Podem eles se infiltrarem no círculo do traficante, salvando as vidas inocentes do perigo iminente, antes que seja tarde demais?"


ROMANCE CONTEMPORÂNEO. DRAMA. TEMA ADULTO.
ACONSELHÁVEL PARA MAIORES DE 18 ANOS.

(Review in English - Scroll down)


Uma capa linda, uma sinopse de prender a atenção e então, você começa a ler e fica...arrepiada.



O aviso de leitura para maiores de 18 anos não é porque o livro é recheado de cenas de sexo, ou de palavrões, mas sim porque o tema é sério: tráfico de humanos.
Mas antes que você desista de ler a resenha e, consequentemente, de querer ler o livro, digo que Karen-Anne de uma maneira fantástica conseguiu levar o tema de forma séria, mas leve.

A história começa quando Rainna ainda era pequena e perde a mãe. Seu pai a partir daí torna-se outra pessoa e parece que Rain - forma carinhosa como todos a chamavam - vira o seu saco de pancadas.
A história dá um salto e agora ela encontra-se na universidade e seu tema de fim de curso é sobre a violência contra as mulheres, principalmente o tráfico. Um tema que ela conhecia bem.
Rain torna-se uma moça bonita, que chama a atenção dos rapazes e um deles faz de tudo para ser mais do que seu amigo. No início tudo era lindo, até que ela passa a não querer fazer certas coisas com ele, ir a certos lugares. Isso basta para que ele mude de atitude. E Rain não se conforma  por ter acabado nos braços de um homem com o mesmo comportamento irascível de seu pai.

Mas após um ataque especialmente perigoso, ela cai sob a proteção de Kas Pierce. E vamos dizer, Kas é TDB (tudo de bom).
Além de lindo, ele tem uma quedinha por Rain. E, sem que ninguém soubesse, ele trabalhava disfarçado para a polícia num caso de tráfico de mulheres.

Juntando forças, Kas e Rain vão entrar no círculo de um poderoso traficante e tenta ajudar outras pessoas. Enquanto isso, a relação deles se estreita cada vez mais até tornar-se impossível ficarem separados.
Mas Rain tinha assuntos inacabados a resolver... E eles passariam por um teste ainda maior...

Confesso que este livro aborda um tema que normalmente eu não leria.
Quando continuei a leitura e vi do que se tratava, quase desisti. Mas, ao mesmo tempo que o tema chocou, senti que o clima estava leve, sem aquelas cenas sangrentas e cheias de injustiça (bom, há uma coisinha ou outra, mas nada tão desesperador). Então, fui em frente.

Além disso, você fica encantada pela determinação de Rain de não só mudar o próprio destino, como de envolver-se em ajudar pessoas que nunca viu. Também não posso esquecer que Kas é um herói maravilhoso. Qual mulher não queria um namorado daquele???



Os personagens envolvem.
O ritmo da história é bom, bem explicativo. 
O ponto positivo é que você consegue ficar enredado no enredo, sentindo-se parte dele, apesar de o tema ser algo que normalmente a gente prefere até evitar saber.
Ponto negativo: não é negativo para a autora porque isso mostra que ela fez um ótimo trabalho em expressar as emoções para o papel, mas eu diria que foram as cenas de violência. Para quem já sofreu isso ou tem um estômago fraco, ler sobre isso sempre causa mal estar.
É uma trilogia que ainda tem muito que mostrar. A questão do tráfico é apenas a ponta do iceberg. E o final do livro, uma surpresa. Coração veio à boca... OMG!! E agora?...

4,5 ESTRELAS!!!

Adquira o livro:   Amazon  |   Barnes & Noble

Sobre a autora:  Goodreads  |   Site  |   Facebook  |  Twitter





------------------------------------------------------------------------------------------------

I confess that this book covers a topic that I normally would not read.
When I continued reading and saw what it was all about, I almost gave up. But while the theme shocked, felt that the climate was not so dark, but light, without those bloody scenes and full of injustice (well, there's a thing or two, but nothing so hopeless). So I went ahead.

Furthermore, you are enchanted by the determination of Rain not only change her own destiny, much involved in helping people who have never seen. Nor can I forget that Kas is a wonderful hero. What woman does not want a boyfriend like that??

The characters involved.
The pace of the story is good and explanatory.
The positive point is that you can get caught up in the plot, feeling part of it, despite it being something that we usually prefer to avoid knowing.
Negative point: not bad for the author because it shows that she did a great job in expressing emotions for the role, but I would say were the scenes of violence. For those who havd experienced this or have a weak stomach, read about it always causes discomfort.
It's a trilogy that still has a lot to show. The issue of trafficking is only the tip of the iceberg. And the end of the book, a surprise. Heart came into my mouth ... OMG! Now what? ... I can't wait to read the next.


4,5 STARS!!




*Livro cedido pela autora em busca de uma opinião sincera e imparcial.

Um comentário:

  1. Ótima resenha Vânia, mas eu não sei se leria. Sou meio fraca para certos enredos sabe? Talvez por alguns lances do passado sei lá. Mas, quem sabe, se um dia vier pro Brasil, eu não resolva ler?
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir