terça-feira, 6 de agosto de 2013

MARATONA Kristen Proby - Fight With Me (With Me in Seattle Series #2)



Ficha técnica: Fight With Me (With Me in Seattle #2)
Autora: Kristen Proby
Editora  CreateSpace Independent Publishing Platform
Lançamento original: 2012
Lançamento BR: ainda não
274 páginas

"Jules Montgomery está muito ocupada e satisfeita com sua vida para se preocupar com homens, especialmente com um como Nate McKenna. Se crescer com quatro irmãos lhe ensinou algo, foi que ela deve manter-se afastada de homens sexies, com tatuagens e motocicletas. Isso vale em dobro se ele é seu chefe. 
Durante uma noite incrível que compartilharam, ele violou a política de confraternização no trabalho... entre outras coisas, e isso não vai acontecer novamente. Jules não vai arriscar sua carreira por causa de um sexo das alturas, não importa o quanto seu corpo e seu coração malditos lhe digam o contrário.

Nate McKenna estava se lixando para a política de confraternização da empresa. Ele quer Jules e vai tê-la. As regras podem ser obedecidas ou quebradas. Ele não é um homem que possa ser considerado tranquilo, e Jules Montomery está prestes a descobrir exatamente como ele reagirá ao ser deixado de lado após a melhor noite de sexo que ele já teve. Ela pode lutar o quanto quiser, mas ele a terá de volta."


ROMANCE CONTEMPORÂNEO. ERÓTICO.

Continuando a Maratona Kristen Proby, este livro #2 entrou na categoria de meus preferidos.
Até agora você já leu as resenhas dos livros #1 e #1,5... Aperte o cinto porque aqui o negócio esquenta MESMO!!!!

Bom, mais do que sabendo que esta série se trata de um saga familiar, encontramos a história da caçula dos Montgomery, Julianne, ou Jules, como ela gosta de ser chamada. Todos a chamam assim, exceto o seu chefe gostosão, Nate McKenna.
E por falar em gostosão, o livro já começa com os dois num rala e rola para lá de bom, depois de terem tomado uns drinks após o trabalho...


Só que na empresa onde eles trabalhavam não era permitido ter "confraternização" desse tipo entre os funcionários. Por isso, depois dessa noite Jules preferiu deixar tudo como estava.


Jules vem de uma família grande e unida. Tudo entre eles é motivo para festa e diversão. Seus irmãos são Isaac (do livro #1,5), o construtor; Matt, o policial; Caleb, o SEAL, e Will, o jogador. Sua beleza é a clássica americana, loura de olhos muito azuis. Um corpo bem definido por sempre ter praticado esportes acompanhando seus irmãos durões, e não é muito alta. Apesar de ter vivido rodeada por testosterona, ela ama moda e cor de rosa.

Nate já teve uma vida bem diferente. Filho único, ele perdeu a mãe aos sete anos, quando ela teve câncer. Foi criado pelo pai e tornou-se um lutador de MMA. Não é um homem amargo, apesar de, a princípio, Jules mesmo citar  que ele não é de sorrir muito. Após largar a vida de lutador, ele tornou-se empresário, e é muito bom no que faz. Seu braço direito, subindo à altura do peito, é coberto por tatuagens tribais. O mesmo ocorre na altura do quadril esquerdo, descendo à sua coxa. Seu cabelo é descrito como comprido até os ombros, mas ele sempre mantém amarrado quando está no escritório, vestido em um de seus inúmeros ternos feitos sob medida.


Oito meses se passam até que Nate resolve dar o primeiro passo... de novo. E embosca Jules num jantar no escritório e com uma proposta de passarem o fim de semana juntos.
What a hell!!! Ela resolve aceitar e tudo começa como num lindo conto de fadas.



E haja cena hot, minha gente!!!! Quanto fôlego!!! E salve o apadravya!! Não sabe o que é? Joga no Google imagem, mas certifique-se de estar sozinha ao abrir a página.



E conforme eles vão levando o relacionamento clandestino, os mimos não param.
Para começar, ele mostra que ao longo dos meses ele prestou muita atenção em tudo que dizia respeito a Jules, e sabia exatamente como ela gostava de adoçar o café e qual era sua sobremesa favorita, por exemplo: Cheesecake de Chocolate >> receita AQUI



E os presentinhos "fofos" que ela ganha em seu aniversário ou quando ele quer mostrar o quanto ela significa para ele?...




É em pé, é deitado, é na escada, é na banheira, é na moto...Ufa!!! Condicionamento físico em alta!





Nate encara na boa a reunião de família dela por ocasião do chá de bebê de Nat e Luke, e tem de lidar com a ira do irmão mais velho dela, Caleb. Eles têm alguns arranca rabos, como quando ela é convidada para posar na Playboy, ou quando a ex-esposa dele reaparece, ou, uma antiga paquera de Jules resolve bancar o incoveniente. As cenas românticas são muitas e algumas, hilárias, em especial quando alguém da família está presente.

Mas como sempre há um conflito, o deles tinha de ser por causa do trabalho, e o pior finalmente acontece: os chefes do escritório recebem uma denúncia anônima de que os dois estão tendo um caso, e como Nate é um dos chefes, é claro que a corda arrebenta para o lado mais fraco. Nessa hora, a pombagira baixa e fica difícil ouvir qualquer explicação. Para fazer as pazes só com muita criatividade...



O livro é basicamente uma saga familiar com fundo erótico.
Em cada um deles você encontrará um dos componentes da família Montgomery ou alguém próximo a eles (como no caso do livro #1, onde Natalie foi praticamente criada pelo casal Montgomery). Portanto, você encontra extremo romantismo, muitas cenas hot, dinâmica familiar hilária e uma vontade louca de querer fazer parte de uma aventura dessa.

Se você gosta de séries como d'Os Sullivan, de Bella Andre, vai gostar mais ainda desta aqui. Os dramas vividos pelos personagens não são profundos. Nada de ficar deprimida ou quebrar cabeça. É romance do início ao fim. Alguns dilemas, alguns momentos de crise, mas nada que uma boa conversa e transa perfeita não resolvam.

Uma outra característica da autora, que foi ficando mais latente a partir deste livro, é como ela gosta de musicar suas cenas. Achei estranho em seu blog não ter uma playlist, mas conforme você vai lendo a história, facilmente identifica as músicas citadas. 
E como eu me identifiquei com inúmeras delas, principalmente em relação ao gosto musical de Jules (ouvimos as mesmas músicas na hora de cozinhar!! Que coincidência!!! - Ok, Nate, então tenho um gosto musical deplorável.... me processe!!!), listei aqui as músicas citadas:

Playlist Fight With Me:

1) Daughtry - It's not Over
2) Coldplay - The Scientist
3) Adele - Someone Like You
4) Britney Spears - Toxic (esta não foi citada por nome, mas é uma de minhas preferidas)
5) Lady Gaga - Bad Romance (também não citada...)
6) Carly Rae - Call Me Maybe
7) Natasha Bedingfield - Pocket of Sunshine
8) John Mayer - Your Body is Wonderful
9) Fergie - Glamorous
10) Jason Mraz - I Won't Give Up
11) Sade - No Ordinary Love
12) Maroon 5 - Makes me Wonder (não citada por nome, mas dito que era dançante)
13) Matchbox 20 - Push (não citada por nome, mas dito que era lenta)



E depois de ler este livro (mais de uma vez, diga-se de passagem), não tem como sua veia romântica ficar hibernando. Então, ainda acrescentei uma música para lá de romântica como trilha sonora (apesar de a música de Jason Mraz acabar sendo a escolhida pelo casal...) porque a letra tem tudo a ver com a separação do casal no momento de crise.




(TRADUÇÃO) Não Tenho Nada
Compartilhe da minha vida
Me aceite pelo que eu sou
Porque nunca mudarei
O que penso por sua causa
Pegue o meu amor
Nunca pedirei demais
Apenas aquilo que você é
E tudo o que você faz

Não preciso realmente olhar muito além
Não quero ter que ir aonde você não me siga
Não vou reprimi-la, esta paixão aqui dentro
Não posso fugir de mim mesma, não tem onde me esconder

Não me faça fechar mais uma porta
Não quero mais sofrer
Fique em meus braços se você se atrever
Ou devo imaginar você ali?
Não vá para longe de mim
Não tenho nada, nada, nada
Se eu não tiver você

Você percebe exatamente o que há no meu coração
Você derruba os meus muros
Com a força do seu amor
Nunca conheci amor como conheci com você
Será que as nossas lembranças sobreviverão?
Uma a que posso me apegar...

O próximo livro é de outro Montgomery. Will, o jogador de futebol, e Megan, a enfermeira.
Resenha em breve.

Aguardando que alguma editora brasileira compre os direitos dessa série. Ela contém os ingredientes certos para manter as mulheres viciadas em mais esta família.


*Para ver mais quadros de citações (quotes) criados especialmente sobre essa série, veja meu álbum no Pinterest >>  BOOKS QUOTES

Um comentário:

  1. Acabou de ser comprada por essa editora: https://www.facebook.com/editoracharme

    ResponderExcluir