quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Christine Feehan - Pecado Sombrio (Cárpatos #3)



Ficha técnica: Pecado Sombrio (Dark  Gold)
Autora: Christine Feehan
Editora Universo dos Livros
Lançamento original: 2010
Lançamento BR: 2013
405 páginas

"Alexandria Houton e seu irmãozinho órfão se deparam com um terrível mal em meio às brumas da agitada San Francisco, até que surge Aidan Savage, um ser dourado saído das sombras, mais sexy e misterioso que qualquer outra criatura da noite. É ele, um Cárpato macho e centenário, quem os arranca do destino medonho que os aguardava. Mas seria Aidan um milagre… ou um monstro? Alexandria se vê tomada por uma paixão avassaladora, capaz de desafiá-la a explorar um lado desconhecido, extremamente sensual – e perigoso. O que ele oferece parece seguro, sedutor e prazeroso... Se ela se render ao desejo selvagem de Aidan e lhe der a luz pela qual ele tanto anseia seria realmente possível que ele salvasse o seu irmão?"

LITERATURA FANTÁSTICA.

Eu sou tremendamente suspeita em falar dessa série porque gosto dela muito antes de ser lançada no Brasil.
Aqui houve tanta confusão por conta da tradução suavizada, a capa mal feita, erros de revisão... Nossa!!! As fãs mostraram mesmo seu poder. Tanto que a editora resolveu fazer uma mudança radical. A começar pelo layout. A capa bem diferente do estilo das anteriores.
Eu gostei dos dois estilos.
O que mais me incomoda num livro lançado não é se ele tem o papel branco ou reciclado, ou se a capa traz um modelo tesudo. Gosto de perceber o cuidado com a diagramação, a revisão bem feita e uma tradução impecável. Mudar demais o estilo de escrita por conta de uma clientela (digo os leitores) que se sentiriam chocados com determinado vocabulário, é chamar os reais fãs de uma série de não instruídos (melhor que burros, não é?). Afinal, se você não gosta de um livro o qual no original é cheio de gírias ou palavrões, por que está querendo lê-lo?

Voltando à resenha, se você leu as resenhas dos livros anteriores sabe do que esta série se trata. Se não leu, eis os links:




Desta vez a história traz o guerreiro cárpato Aidan Savage.
Ele, junto do príncipe e do curandeiro Gregori, é considerado um dos antigos. Aprendeu com Gregori a guerrear e a arte da cura. Ele está bem próximo de encontrar-se com o lado negro, ou seja, já passou tempo demais sem ter qualquer emoção e enxergar em cores.
Num dos ataques que um grupo de vampiros faz na cidade de São Francisco, onde Aidan reside, ele salva Alexandria e seu irmão Joshua, de seis anos de idade. Neste dia, Aidan passa a perceber as cores de volta e sente um turbilhão de emoções há muito tempo esquecidas. Com isso ele percebe que Alex é sua companheira.

Como você sabe a companheira humana precisa ter algum dom psíquico especial. Alexandria é desenhista e através de seus traços ela consegue visualizar com precisão o que ocorre no mundo tido como da imaginação. Além disso, ela é sensitiva. Consegue pressentir quando o mal se aproxima
Por causa dessa sua habilidade, ela estava numa entrevista de emprego para um dos maiores empresários da área de jogos eletrônicos. E o carro chefe dessa empresa eram os jogos sobre vampiros.

Nem preciso dizer que sempre rola um triângulo amoroso básico e aqui o dono da empresa de jogos, Thomas Ivan, logo interessa-se mais do que apenas nos desenhos de Alex. E Aidan, que colocou a moça e seu irmão como seus protegidos, morre de ciúmes a cada vez que a moça se mostra interessada em deixar o empresário cortejá-la.

Alex tem um sério problema em aceitar sua nova condição. Explico: ela foi atacada por um vampiro e seria questão de tempo até que ela se transformasse num deles. Para salvá-la, Aidan preferiu interferir na transformação, mas não havia jeito de ela voltar a ser uma humana normal. Com isso, ela torna-se uma fêmea cárpato.

Diferente do jeito absurdamente machista do cárpato do livro #1, Aidan toma o cuidado de deixá-la ir se acostumando à ideia aos poucos, passando a acreditar na palavra dele das novas limitações e poderes dela.

Confesso que às vezes ela me enchia o saco, batendo o pezinho feito uma criança mimada, mas algumas colocações dela tinham pertinência.

Fim das contas, batalhas contra vampiros, bate boca entre o casal principal, declarações de amor de arrepiar. 

"'Confie em mim, Alexandria.' Ele sussurrava as palavras na mente dela. 'Eu jamais seria capaz de feri-la. Seu corpo precisa de mim. Sinta a necessidade que há em você. Nós somos um corpo, um coração, uma alma e uma só mente.'"





E um bônus super para mim: o aparecimento de Gregori, o próximo personagem. Maravilindooooooooooooooo!!!!! 
Só não entendi porque a editora preferiu trocar o nome ao traduzir o título. No original seria algo como Ouro Sombrio, até porque, diferente do estilo dos cárpatos, Aidan não era moreno de cabelos negros, mas sim louro bem claro. Portanto o gold é uma referência ao seu biotipo. Mas vá lá.
Mais um livro apaixonante desta série que já conta com mais de 20 livros.


Sobre a autora


Facebook  |  Goodreads  |  Website  |  Twitter

2 comentários:

  1. Como faço para baixar os romances??Não vi Bilbioteca e nem um link

    ResponderExcluir
  2. Oi, Kerlen.
    Não há biblioteca neste blog. Somente resenhas.
    Abs,
    Vânia.

    ResponderExcluir