segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Linda Banche - A Similar Taste in Books (Love and the Library #1)



Ficha Técnica: A Similar Taste in Books
Autora: Linda Banche
Editora self
Lançamento original: outubro/2012
Lançamento BR: ainda não
Ebook


"Orgulho & Preconceito" sempre fez os casais se unirem, mesmo na época da Regência.

Justin tem um segredo profundo, ele gosta da forma mais desprezada da literatura, o romance. Seu romance favorito é "Orgulho e Preconceito", e, especialmente, a senhorita Elizabeth Bennet. A inteligente, alegre, ferozmente leal senhorita Elizabeth. Como ele gostaria de conhecer uma mulher como ela.

O romance favorito de Clara é "Orgulho e Preconceito" e Mr. Fitzwilliam Darcy. Inteligente, firme e disposto a admitir quando está errado. Pode um homem tão esplêndido existir? E ela pode encontrá-lo?

Um dia na biblioteca, ambos pedem cópias de seu livro favorito. Quando Justin esbarra em Clara, a magia do  sabor da semelhança nos livros só pode fazer seus desejos se tornarem realidade.

Um doce, tradicional romance  Regencial, mas não é uma releitura de "Orgulho & Preconceito."


ROMANCE HISTÓRICO. UMA PITADA DE JANE AUSTEN.


(English Review scroll down)

Em junho, durante uma maratona auto-imposta de livros históricos, deparei-me com o segundo livro desta série no Amazon e me encantei com a sinopse. Era o "A Mutual Interest in Numbers". E, fazendo uma coisa que normalmente faz meu TOC literário urrar, li o livro 2 antes do 1. Menos mal que, apesar de personagens recorrentes, são histórias independentes.

Lembra-se da resenha? Veja aqui no LINK

Aqui foi onde toda a ideia de se arrumar uma namorada na biblioteca começou.  Mas no caso de Justin e Clara foi tudo totalmente por acaso.
Por acaso Justin estava entregando uns livros, por acaso Clara estava entregando os delas e pegando novos, por acaso ele viu que ela gostava do mesmo romance que ele (apesar de ele dizer que pega este romance para uma irmã fictícia). E assim nasce o interesse.

Justin não vem de família rica. Como terceiro filho, ele precisa construir seu próprio futuro, e ele faz isso trabalhando num banco. Seus amigos, um pouco mais abastados do que ele, gostam de encontros onde podem beber muito e divertirem-se sem responsabilidade.
Num desses encontros, eles vão para uma luta de esgrima, onde Justin é um dos participantes,e para sua surpresa, num local onde as damas não compareciam, ele viu Clara lá acompanhada de um cavalheiro, Ele conseguiu ser oficialmente apresentado a ela, e dali, marcaram um encontro no parque pela manhã.

Entre os assuntos conversados é claro que o livro preferido deles, "Orgulho e Preconceito", foi mencionado. E Justin defendeu a posição e atitude de Liz Bennet ante à negativa de aceitar o pedido de casamento do orgulhoso Mr. Darcy. E quanto mais Justin dava sua opinião, mas encantada por ele Clara ficava. Mas como poderiam ficar juntos? Clara já sabia que ela vinha de uma família mais bem posicionada do que a dele, seu pai inclusive tinha conta no banco em que Justin trabalhava. E mais, muitas das vezes seu pai ouvia seus conselhos de como aplicar o dinheiro. Aceitaria Justin ter uma esposa esperta em diversos assuntos?

Um delicioso romance de regência, tendo a obra de Jane Austen como pano de fundo e elo para o encontro dos personagens. E mostrando, mais uma vez, que Lady Austen sabe como fazer acontecer um HEA.






Para adquirir o livro veja link da resenha do livro #2.

Sobre a autora: Facebook  |  Goodreads  |  Website  |  Blog  |  Twitter


*Cópia do livro enviada pela própria autora

-----------------------------------------------------------------------------------------

(English review)

This is where the whole idea to get a girlfriend in the library began. But in the case of Justin and Clara was all quite by chance.
Justin was delivering some books, perchance Clara was delivering hers and getting new ones, by chance he saw that they liked the same romance novel (although he says he picks up this novel for a fictitious sister) . And so was born the interest.

Justin does not come from a wealthy family. As a third son, he needs to build his own future , and he does this by working in a bank. His friends, a little wealthier than him, like meetings where they can drink a lot and have fun without responsibility.
In these meetings, they would fight for a fencing where Justin was one of the participants, and to his surprise, it was a place where the ladies did not attend, he saw Clara there accompanied by a gentleman. He could be officially introduced to her, and thence, arranged to meet at the park in the morning.

Among the subjects talked, of course their favorite book, " Pride and Prejudice", has been mentioned. And Justin defended Liz Bennet's position and attitude about the refusal to accept the marriage proposal of the proud Mr. Darcy. And the more Justin gave his opinion, more Clara was charmed by him. But how could they get together? Clara knew she came from a better  positioned family than him, her father even had a bank account where Justin worked. And more, often her father heard financial advice from her for how to apply the money. Would Justin accept to have a smart wife in various matters?

A delightful regency romance novel, the work of Jane Austen as a backdrop and a link to meeting the characters. And showing, again, that Lady Austen knows how to place a HEA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário