sábado, 16 de novembro de 2013

Karen-Anne Stewart - After the Rain (Rain Trilogy #3)

O Blog A Borboleta que Lê vem alcançando um público cativo que muito me orgulha. A cada dia recebo mais mensagens - e carinho - de pessoas de vários países, querendo sugestões de leituras ou simplesmente um empurrãozinho no planejamento em ler determinado livro.
Fico feliz por saber que a opinião desta blogueira que vos fala vale a pena ser lida.

De uns tempos para cá a procura por resenhas por parte dos autores, ou suas editoras, tem aumentado. Não me furto a fazê-las, desde que minha opinião sincera possa ser dita sem medo de melindrar este ou aquele autor.

Pensando nisso, e com tanto livro na fila de espera, é com grande alegria que dou início à Semana da Maratona das Resenhas a Pedido.
Sete livros enviados diretamente por seus autores - ou agentes literários - serão lidos e resenhados ao longo desta semana.
E todas as resenhas serão postadas em português e inglês para um maior alcance dos leitores dos vários países que nos acompanham.

Sente-se num lugar confortável, pegue sua bebida e vamos viajar nesses sete livros lançados há pouco tempo e que prometem mexer com a sua emoção.


LIVRO #1



Ficha técnica: After the Rain (Rain Trilogy #3)
Autora: Karen-Anne Stewart
Editora Authorhouse
Lançamento original: 14 de outubro/2013
Lançamento BR: ainda não
240 páginas


"Finalmente capaz de colocar o seu passado angustiante para trás, Raina aguarda seu futuro com Kas, mas o Fantasma tem outros planos. Como a equipe do FBI se aproxima em desbaratar a maior quadrilha de tráfico humano no mundo moderno, o Fantasma começa um jogo perverso, fazendo Raina o peão e o alvo. Nunca antes tendo encontrado um adversário digno, ele é fascinado por Raina e está curtindo o desafio refrescante de seu intelecto.

O perigo inflama a um novo nível, e Kas luta entre a necessidade de finalmente exorcizar o fantasma e sua necessidade de proteger sua esposa. A tensão aumenta como batalhas internas, atormentando Kas quando ele vê Raina se dedicar interiamente em derrubar o homem responsável pela horrível escravidão sexual e mortes. Quando um novo jogador assume o controle, Jefferson manda dar fim ao jogo do Fantasma com Raina, o que resulta em um ato devastador final, deixando Kas desesperado e disposto a fazer o que for preciso para salvá-la ... por qualquer meio necessário."


ROMANCE CONTEMPORÂNEO. DRAMA. SUSPENSE. MAIORES DE 18 ANOS. TEMA ADULTO.

(English review scroll down)

E chegamos ao último livro da trilogia.
Nos dois livros anteriores vivemos todas as emoções que permeavam a vida de Raina - Rain. No livro #1 conhecemos sua história, sua luta em vencer o monstro das agressões recebidas por seu próprio pai e o namorado da faculdade. Até que ela conhece Kas, com seu jeito protetor - além do trabalho dele em si - e seus sentimentos tomam um rumo diferente.

No livro #2 Kas decide lutar por Rain e eles vivem um amor de libertação, no qual a cada dia Rain re-aprende a confiar nas pessoas à sua volta. Isso e o seu trabalho em desvendar códigos e ser intérprete na captura de bandidos e salvamento de mulheres vítimas de abuso e escravidão.

Já neste livro #3, Karen-Anne soube dosar o lado romântico do casal com todas as cenas de drama e suspense necessárias para a conclusão da trilogia.

Raina está cada vez mais envolvida na perseguição ao Fantasma, e o que é pior: ela tornou-se o alvo preferido dele.
Rain, mais do que um rosto bonito, tem um cérebro privilegiado, e seu oponente passa a literalmente jogar xadrez com ela. A cada lance uma pessoa - ou grupo delas - poderia ser salva ou desaparecer para sempre.

Kas não gosta nada do super envolvimento de Rain e tenta poupá-la de todas as maneiras, mas a verdade era que Rain era o ponto central de toda essa investigação.
Para ele era muito difícil, com seu jeito superprotetor, vê-la trabalhando horas a fio, e mais, vê-la envolvida em missões de campo.




A história toda já começa com uma cena de ação fortíssima. O livro #2 terminou em cliffhanger (ah, sim! Karen-Anne ADORA fazer a gente sofrer desse jeito!) no qual o ex-namorado psicopata de Rain sai da cadeia e vai atrás dela. Altas doses de adrenalina.

E ainda há a cena engraçadíssima na qual, em meio a uma missão, Kas é obrigado a viajar às pressas para ir... comprar sua esposa. Ou seja, a vida deles não era nada monótona.
Mas o mais belo de tudo é ver o crescimento emocional de Rain, em como ela se transforma naquela menina insegura, que achava indigna de receber amor e digna de apanhar, numa mulher segura e com convicções fortes....


"Você não somente salvou-lhe a vida, 
você salvou seu coração e seu espírito." 


Em vários momentos você sente as emoções aflorarem das páginas, sejam as descontraídas, sejam as mais intensas. É triste ver ao longo da história algumas "baixas" e o quanto isso afetava à equipe a cada vez querer colocar as mãos no Fantasma.

Esse vilão é um dos mais fortes que li neste ano. Foi muito bem trabalhado, e seu grau de perversidade pode até mesmo chocar alguns corações desavisados.

Mas o final de tudo...ahhhhh!!! Este a autora brinda-nos com uma delicadeza ímpar. Desconfie de todos, não confie em ninguém. A surpresa pode vir de qualquer lado...
A trilogia Rain é forte, com um tema chocante mas necessário, e que, ao mesmo tempo, nos inspira a acreditar num futuro melhor, na esperança, na resiliência.
Rain é uma heroína forte, decidida, carismática, que até mesmo nos momentos de fraqueza, traz-nos uma força interior digna de ser seguida. Uma trilogia terminada de forma magistral.

5 ESTRELAS!!!!


Para adquirir:  Amazon  |  Barnes & Noble





*Cópia do livro cedida diretamente pela autora em troca de uma resenha de opinião honesta.


---------------------------------------------------------------------------------------------


(English review)


And we come to the last book of the trilogy .
In the two previous books we lived all the emotions that permeated the life of Raina - Rain. In Book # 1 we knew her story, her struggle to defeat the monster of aggression received by her own father and boyfriend. Until she meets Kas, with his protective way - besides his work itself - and feelings take a different tack.

In book # 2 Kas decides to fight for Rain and they live a love of freedom , in which every day Rain re-learn to trust the people around her. That and her work in unraveling codes and be an interpreter in catching bad guys and rescue abused and slavery women.

In this book # 3, Karen-Anne knew knew how to balance the romantic side of the couple with all the scenes of drama and suspense necessary to complete the trilogy.

Raina is increasingly involved in the persecution of Ghost, and what's worse, she has become his preferred target.
Rain, more than a pretty face, has a privileged brain, and her opponent starts to literally play chess with her. With each move, a person - or group of them - could be saved or disappear forever.

Kas doesn't like Rain super involvement and tries to save her in every way, but the truth was that Rain was the central point of all this research.Or we could say this "hunting".
For him it was very difficult, with his overprotective way, to see her working long hours, and more, see her involved in some missions.


The whole story starts with a very strong action scene. The book # 2 ended in cliffhanger (ah, yes, Karen-Anne LOVES make us suffer like this!) In which her psychopath ex-boyfriend gets out of jail and goes after her. High doses of adrenaline.

And there's a hilarious scene in which, in the midst of a mission, Kas is required to travel in a hurry to go... buy his wife. That means their life was not monotonous.
But the most beautiful thing is to see the emotional growth of Rain, as she turns in that insecure girl, who felt unworthy of receiving love and worth being spanking, to a safe and  with strong convictions woman ....


"You didn't only save her life,
you saved her heart and her spirit."


At various times you feel the emotions welling pages, they could be the relaxed or the most intense. It's sad to see throughout history some deaths and how it affected the team to ever want to get their hands on Ghost .

This villain is one of the strongest I've read this year. It worked very well, and his degree of perversity may even shock some unsuspecting hearts.

But the end of all ... ahhhhh !!! The author presents us with a unique delicacy. Be wary of everyone, trust no one. The surprise could come from anywhere ...
The trilogy Rain is strong , with a shocking theme but necessary, and at the same time inspires us to believe in a better future, hope, resilience.
Rain is a strong heroine, determined, charismatic, that even in moments of weakness, she brings us inner strength worthy of being followed. A trilogy ended in a masterly way.

5 STARS !!!


Um comentário:

  1. Thank you for taking the time to read and review The Rain Trilogy, Vania!

    Karen-Anne

    ResponderExcluir