segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Valerie Bowman - Secrets of a Runaway Bride (Secret Brides #2)




Ficha técnica: Secrets of a Runaway Bride (book #2)
Autora: Valerie Bowman
Editora St. Martin's Paperbacks
Lançamento original: março/2013
Lançamento BR: ainda não
384 páginas


A emoção da fuga

A Srta Annie Andrews está finalmente livre para se casar com o homem que ela ama. Com sua irmã superprotetora fora do país em sua lua de mel, nada pode impedir sua fuga para Gretna Green. Nada, a não ser ser sequestrada pelo homem errado.

A doçura da rendição

Quando Jordan Holloway, o Conde de Ashbourne, prometeu cuidar da cunhada de seu melhor amigo, ele não sabia que ela seria tão difícil. Mas quando ele a leva para sua casa de campo para evitar que ela fuja, ele descobre que a beleza tentadora sabe como brigar. Para piorar a situação, ele está preso no papel de protetor honroso ... quando o que ele realmente quer é fugir com ela."


ROMANCE HISTÓRICO.


(English review scroll down)


Absurdamente delicioso este livro.
Desde a primeira linha você se deixa envolver e já começa morrendo de rir.

Annie Andrews é uma heroína para lá de teimosa. Ela tem um sonho: casar-se com Arthur Eggleston. Nem que para isso ela tenha de fugir para Gretna Green com ele. Mais de uma vez. Ou tentar colocá-lo numa posição em que a reputação dela fique comprometida.

Ah! Mas engana-se se pensa que Arthur não deseja o mesmo. Na realidade ele quer sim, mas os planos de ambos sempre acabam sendo descobertos e Annie, resgatada.

Por isso, agora com sua irmã e seu cunhado longe, em lua de mel, é a ocasião perfeita para Annie convencer Arthur que eles devem tentar mais uma vez.
O que Annie não contava era que o horrível Conde de Ashbourne, Jordan, fosse ser colocado na posição de 'chaperone' dela, a pedido de seu cunhado

Bom, horrível é modo de dizer. E isso é o que Annie pensa dele porque ele está sempre frustrando seus planos de casamento. Jordan é um dos solteirões - aos 31 anos - mais bonito, rico e desejado da ton. 

A princípio, Jordan achou que seria fácil controlar uma debutante apaixonada de 19 anos. Mas conforme os dias foram passando, ele viu sua vida social totalmente voltada a vigiar essa pequena feiticeira ardilosa. Qual a única solução? Colocá-la sob suas vistas 24h do dia. Para isso ele a sequestra levando-a para sua casa de campo, Ashbourne Manor.

Nessa convivência Jordan descobre uma faceta fascinante de Annie: ela é inteligente, carismática e uma ótima administradora. Seus empregados, sisudos e orgulhosos por fazerem bem o seu trabalho, ficam totalmente à mercê do encanto dela, acatando todas as suas sugestões como se ela fosse a dona da casa.



Sentindo-se enredado pela personalidade dela, Jordan chega à conclusão de que a única maneira de fazê-la esquecer o insuportável Arthur Eggleston e sossegar, é ele arrumando um marido para ela. Para isso ele a apresenta a seus 3 irmãos mais novos. E depois, promove um baile no campo para apresentá-la aos solteiros que valiam a pena,

"Jordan engoliu em seco. Ele esperava que isso acontecesse. Previu isso, na verdade, mas agora que o momento estava aqui e Charlie parecia estar encantado com Annie, ele não podia deixar de sentir uma pontada de ... arrependimento. Ele limpou a garganta , uma nuvem negra de repente vindo sobre ele. "Então, você vai propor casamento a ela?'
Charlie jogou a cabeça para trás e riu, em seguida, tomou o último líquido âmbar de seu copo. "Absolutamente não.'
Jordan fez uma careta para ele. 'Mas você disse que ela seria uma excelente esposa e mãe. Ela poderia ser a mãe do futuro herdeiro do condado.'
Charlie ergueu o copo vazio em uma saudação silenciosa. 'Sem dúvida, ela pode, meu velho. Só, que tal se o herdeiro fosse o seu filho ao invés de seu sobrinho? '"(Página 205)


Ao longo de toda essa aventura, Jordan e Annie passam a se conhecer melhor.
Ele não era tão sombrio quanto ela pensava, até mesmo mostrando-se um homem bem moderno em relação aos figurões machistas de mesma idade.
Já ela revelou-se uma jovem de uma força interior ímpar. Tendo vivido sempre à sombra da irmã mais velha, considerada linda e preparada para ser a estrela da família, a educação de Annie não foi tão bem direcionada. Mas ela não se fez de rogada e arregaçou a manga, tornando-se capaz de fazer coisas tão bem quanto um cavalheiro.

Essas duas almas solitárias - com diferença de idade de 12 anos - acabaram unidas pelo destino e agora precisam lutar para mostrarem que nem tudo que é previsível precisa acontecer daquela maneira. E que debaixo de cada espinho, há algo pronto a desabrochar e brilhar.

Recebi este livro autografado num sorteio internacional pelo Goodreads.





Confesso que ele acabou ficando em minha estante por um bom tempo, e quando finalmente o peguei, não consegui largá-lo até terminar a leitura.
Valerie Bowman escreve numa leveza maravilhosa e sua descrição do desenvolvimento da mudança de atitudes - e emoções - de cada personagem é sublime, levando o leitor a entender e acreditar na possibilidade de um romance daquele acontecer. Nada de paixões avassaladoras e miraculosas.
O livro não é hot, mas sensual, com cenas românticas no momento preciso. Isso sem contar que sua veia cômica é deliciosa. Peguei-me dando muitas gargalhadas com as atitudes de Annie e os diálogos inteligentes.

Uma série que te faz querer ler todos os outros, e assim, já adquiri os outros exemplares.

Esta série merece vir para o Brasil. Seria uma aquisição mais do que acertada para uma editora que queira investir nesse gênero que tem crescido o número de leitores no país.

5 ESTRELAS!!!

Para adquirir: Amazon  |  Barnes & Noble  |  The Book Depository

Sobre a autora




Goodreads  |  Website  |  Facebook  |  Twitter


*Cópia do livro adquirida através de sorteio pelo site Goodreads
**Gravura de época de Jon Paul Ferrara.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

(English review)


This book is absurdly delicious.
From the first line you get involved and start dying laughing.

Annie Andrews is a beyond stubborn heroine. She has a dream: to marry Arthur Eggleston. Nor for that she has to flee to Gretna Green with him. More than once. Or try putting him in a position where her reputation was compromised.

Ah! But you're wrong if you think that Arthur didn't want it. Actually he does, but the plans always end up being discovered and Annie, rescued.

So now with her sister and brother-in-law far away on honeymoon, it is the perfect occasion to Annie convince Arthur they should try again to run away.
What Annie didn't count on was that the  horrible Earl of Ashbourne, Jordan, would be placed in the position of  her 'chaperone'  as  requested for her brother-in-law.

Well, he is horrible just for her, because he's always frustrating her wedding plans. Jordan is one of the - at age 31 - the most beautiful, rich and desired bachelor of the ton.

At first, Jordan thought it would be easy to control a 19 years old debutante in love. But as the days went by, he saw his social life devoted entirely to watch this little mirx witch. What is the only solution? Put her on his sights 24h day. For this he kidnaps her taking her to his country house, Ashbourne Manor.

Along this coexistence Jordan discovers a fascinating facet of Annie: she is smart, charismatic and a great house manager. His employees, staid and proud to do their job well, are totally at the mercy of her charm, obeying all her suggestions as if she were the owner (countess).

Feeling caught by her personality, Jordan comes to the conclusion that the only way to make her forget the unbearable Arthur Eggleston and settle down it would be if he found a husband for her. For this he introduces her his 3 younger brothers. And then promotes a ball field to introduce her to all singles men who were worthwhile.


"Jordan swallowed. He'd expected this to happen. Planned it actually, but now that the moment was here and Charlie seemed to be smitten with Annie, he couldn't help feeling a twinge of... regret. He cleared his throat, a dark mod suddenly coming over him. 'So, you do want to offer for her?'
Charlie threw his head back and laughed, then downed the last amber liquid in his glass. 'Absolutely not.'
Jordan scowled at him. 'But you just said she'd make an excellent wife and mother. She could be the mother of the future heir to the earldom.'
Charlie raised his empty glass in a silent salute. 'No doubt, she could, old chap. Only what if the heir was your son, not your nephew?' " (page 205)


Throughout this adventure, Jordan and Annie get to know each other better.
He was not as dark as she thought, even showing a very modern man in relation to the same old sexist bigwigs.
Already she proved to be a young girl with a unique inner strength. Having always lived in the shadow of her older sister, considered more beautiful and ready to be the star of the family, the education of Annie was not as well directed. But she didn't coaxed and rolled up her sleeves, making  herself able to do things as well as a gentleman.

These two lonely souls - with difference age of 12 years - eventually joined by fate and now must fight to show that not everything is predictable to happen that way. And that beneath each thorn, there is something ready to blossom and shine.

Valerie Bowman writes a wonderful lightness and her description of the development of changing attitudes - and emotions - of each character is sublime, leading the reader to understand and believe in the possibility of a romance that happen. Nothing miraculous and overwhelming passions.
The book is not hot, but sensual, romantic shots at the right time. Not to mention that her comic vein is delicious. I found myself giving lots of laughs with the attitudes of Annie and intelligent dialogues.

A series that makes you want to read all the others, and thus I  have bought the other copies. .
5 STARS!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário