quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Yamila Abraham - Alien's Bride Trilogy



Esta trilogia poderia ter sido lançada em livro único, mas a autora, como boa marketeira que é, preferiu dividi-lo em três partes. Isso significa que os dois primeiros sempre terminavam em cliffhanger - o que para mim é uma lástima. Mas pelo menos o lançamento de um para o outro não demorou tanto assim.

Ficha técnica: Alien's Bride
Autora: Yamila Abraham
Editora self
Lançamento original: Livro 1 > setembro; livro 2 > outubro; livro 3 > novembro/2013
Lançamento BR: ainda não


Livro #1:

"A bondosa Maritza é transportada milhares de anos no futuro para ser uma noiva para um dos aliens malévolos que conquistou a Terra."


Livro #2:

"Lord Elentinus pode ser um dos tiranos alienígenas que está escravizando o planeta Terra, mas ele demonstrou à sua cativa noiva humana, Maritza, nada a não ser bondade e compaixão. Ela se sente pronta para ceder a seu desejo sexual formidável."


Livro #3:

"Maritza foi sequestrada e transportada 2000 anos no futuro para ser a noiva de um dos aliens que conquistaram a Terra. Depois de uma difícil adaptação, Maritza veio para cuidar de seu marido, Lord Elentinus. A última coisa que ela precisa é de um conturbado casal alien-humano a visitar. Inga, noiva do cruel Senhor Nayjoor, implora a Maritza para ajudá-la a fugir. Agora Maritza deve fazer uma escolha: trair seu marido, ou trair seu povo?"


ROMANCE CONTEMPORÂNEO LITERATURA FANTÁSTICA. ERÓTICA.


Pois bem, depois de ler um livro - e pior, resenhar!! - a respeito de uma mulher e um dragão, percebi que hoje em dia tudo é possível na literatura. Além do mais com o fácil acesso a qualquer pessoa poder lançar um livro de forma independente.

Quando vi este primeiro livro, com essa capa desenhada mais parecendo um mangá, achei que seria mais uma das bizarrices que tenho encontrado pela internet.
Antes de começar a leitura, dei uma vasculhada no site da autora e descobri que ela tem para mais de 70 livros publicados - alguns sim em formato mangá -, mas a grande maioria de literatura erótica homo.
Esta trilogia não é homo, mas não deixa de ser diferente por apresentar um casal hétero, mas de planetas diferentes.


Maritza Santos é uma terráquea que vive sozinha nos Estados Unidos, com suas limitações financeiras, mas cheia de sonhos. Um belo dia alguém estranho invade o seu apartamento minúsculo, e quando ela recupera a memória, está presa no que seria uma nave espacial.
O fato não é que ela foi somente sequestrada de seu planeta, mas também do período histórico em que vivia. Do século XXI, ela é levada a 2000 anos à frente.

Ao longo dessa viagem ela fica sabendo, através de um ser que se chama Hor-Denay, que ela está sendo levada para conhecer o seu "noivo", Lord Elentinus. 
De alguma maneira ela consegue entender o estranho idioma que esse ser fala, assim como outros futuramente, porque uma espécia de chip tradutor foi colocado nela (uma tecla sap para humanos. Adorei a ideia!). E também um colar que monitoraria todos os seus passos, além de também ser uma espécie de objeto de castigo. Caso ela não se comportasse, o tal cordão lhe daria um choque de fazê-la perder os sentidos.

Após um tempo, eles chegam no que seria uma espécie de nave mãe, onde o seu noivo residia. Mais à frente é explicado por que ele prefere viver numa nave, próximo a Terra, do que num planeta.

Lord Elentinus é uma espécie de Governador do Conselho. A Terra é um de seus domínios.
Tudo começou há séculos - mas ainda à frente do tempo corrido de Maritza, quando as mulheres Dak-Hiliah pararam de conceber. Com o passar do tempo o número de sobreviventes masculinos diminuiu drasticamente. Para reverter essa situação, após várias tentativas e pesquisas, eles descobriram que as mulheres terráqueas eram as melhores opções para serem as mães dos próximos habitantes (não me diga!! As terráqueas sempre no páreo!).

É claro que quando eles entraram em contato com os humanos, a retaliação foi imediata,e por muito tempo terráqueos e Dak-Hilianos guerrearam, com muito mais baixas terráqueas.
Os humanos somente renderam-se quando um determinado vírus, o Instajants, atacou a Terra e começou a dizimar a população rapidamente. Homens, mulheres, crianças, não havia quem conseguisse escapar da doença fatal. E por coincidência, os Dak-Hilianos tinham a vacina para tal vírus.
Foi feita uma trégua. Sem mais guerras os humanos se entregaram, e no acordo que fizeram, os Dak-Hilianos poderiam tomar as mulheres como esposas. Mas apenas as mulheres do tempo passado. Por isso Hor viajou para o século XXI atrás de Maritza.


Quando ela finalmente foi apresentada a seu noivo, Elentinus mostrou-se um ser agradável, educado e preocupado com o bem estar dela. E mais, a aparência dele era belíssima.
Depois de dois encontros, Elentinus e Maritza finalmente tiveram sua primeira noite juntos.
Ela ficou sabendo que o principal objetivo de sua captura era dar filhos a ele. E tão logo ela fosse concebida, o embrião seria retirado dela para desenvolver-se em laboratório. Nada de ficar gorda e partos dolorosos.

Acontece que os dois começam a se dar bem, apesar de tudo indicar o contrário, e de Hor mostrar uma explícita antipatia por ela.
Na verdade, Elentinus era mesmo diferente. Com o passar do tempo Maritza conheceu outros homens da mesma espécie que ele e descobriu que nem todos eram tão doces com suas esposas. Como foi o caso do casal Inga e Nayjoor.

Por duas vezes Maritza teve a oportunidade de escapar obtendo ajuda externa.
Um grupo de rebeldes resgatava essas esposas terráqueas e as levavam para uma parte do planeta não detectável aos instrumentos de localização dos Dak-Hilianos. Foi exatamente isso que aconteceu com a esposa terráquea anterior de Elentinus. E Inga queria fazer o mesmo com a ajuda de Maritza. Mas isso significaria que Maritza teria de trair a confiança de Elentinus nela. E de mais a mais, mesmo que ela escapasse, ela não conhecia ninguém daquela época. Todos os seus amigos haviam morrido no passado. E de verdade, ela já estava mais do que envolvida por Elentinus.

O relacionamento deles é colocado à prova. Se ajudasse Inga a fugir, ela estaria traindo o marido, se não, seria considerada traidora de sua própria espécie.
É quando Elentinus entra e pode ter a real solução, para não desencadear uma guerra de proporções inimagináveis...

Vou ser bem sincera, esse livro (posso dizer que os 3 são um só) me surpreendeu.
Algumas explicações técnicas ao longo da história me lembraram bastante o livro "YAGO", de Jacqueline Susan, considerado um clássico. Ouso dizer que Yamila conseguiu modernizar a história, colocando uma boa pitada HOT nela.

Maritza tem um coração bondoso, e acima de tudo, é uma sobrevivente. Ela pesa todas as questões antes de tomar qualquer decisão precipitada, porque ela sabe que é o elo mais fraco de tudo aquilo. Ela precisa lidar com uma cultura totalmente nova, um secretário que a odeia pelo simples fato de ser humana (era inferior aos olhos dele) e com um marido que ao mesmo tempo em que é compreensível com ela, não tolera ser desobedecido.


"Eu quero que você seja feliz, mas algumas coisas fundamentais em nosso casamento serão... irrevogáveis. Eu quase hesitei em ser muito amigável com você. Se você se opor a qualquer um dos meus desejos depois, bem, isso não pode ser tolerado. Você tem que servir o seu propósito, independentemente do meu desejo para você ser feliz. " (livro #1)


As cenas mais quentes são bem descritas e, digamos, que há uma certa particularidade na anatomia de Elentinus que faria qualquer terráquea querer correr para assinar o contrato de casamento, sem pensar duas vezes.


O relacionamento deles vai aumentando até chegar num ponto em que ele realmente confia nela e a vê como alguém que pode somar às mudanças que seu planeta vem implementando. E uma dessas mudanças diz respeito ao tratamento que os Dak-Hilianos dão às suas esposas terráqueas, fazendo com que elas arrumem um jeito de fugirem.


"'Lord Elentinus me trata tanto de igual para igual, quanto ele é capaz, dadas as circunstâncias. Sou dedicada e amorosa com ele por causa disso. Estamos felizes juntos. Se você quiser começar a receber a mesma coisa de seu casamento, deve começar por desativar o mecanismo de choque.'

Nayjoor me deu um olhar de desaprovação e disse: 'Ora, ora. Você pode fazer melhor do que isso.' Ele limpou a boca com um guardanapo. 'Como isso deve ser embaraçoso para você, Elen.'
Elentinus estava massageando um dos lados de sua testa. 'Eu não tenho vergonha nem um pouco.'
'Humpf' Ele fez um sorriso sarcástico. 'Eu posso dizer que você está perturbado apenas pela sua postura.'
'Estou perturbado porque você está expondo a minha esposa a uma dura realidade na qual procuro protegê-la.'

Minha boca se abriu de espanto.

Nayjoor franziu a testa. 'Oh, Elen ... eu não percebi.' Ele tocou sua mão. 'Peço desculpas, meu amigo. Ela é seu novo brinquedinho, não é? '
Elentinus olhou para mim. 'Eu a adoro.' "  (Livro #3)

E com tantas revelações e reviravoltas, Elentinus e Maritza fazem o possível para que o relacionamento deles dê certo, mas do que se tratar apenas de um sequestro intergalático.

Pode parecer loucura, mas esta trilogia seria um filme fantástico.

5 ESTRELAS!!!!


Para adquirir:  
Livro 1 >  Amazon
Livro 2 > Amazon
Livro 3 > Amazon


Sobre a autora


Website  |  Amazon Author`s Page



*Ao som de "Titanium", com Sia e David Guetta.

3 comentários:

  1. Como disse no facebook, aparentemente os ETs estão dominando o mundo literario! kkkkkkkkk Sua resenha ficou muito bem explicada e me deixou curioso, gosto desses livros que podiam dar bons filmes. (A autora ficou um pouco estranha na foto. hahaha)

    ResponderExcluir
  2. nossa que legal, eu nunca li livros de aliens, mas parece ser bom hahaha.

    ResponderExcluir
  3. Olá!!Parece muito legal.alguem sabe se tem a serie impressa em portugues?

    ResponderExcluir