sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Isabel Cristina Acuña C. - De Vuelta a tu Amor e La Unión (Epílogo)



Ficha técnica: De Vuelta a tu Amor
Autora: Isabel Cristina Acuña
Editora self
Lançamento original: janeiro/2013
Lançamento BR: ainda não
443 páginas


"Melisa Escandón e Gabriel Preciado Lavalle não podiam ser de mundos mais diferentes.
Ela, estudante do último ano de Literatura, e ele, um poderoso industrial de uma das famílias mais ricas do país. Ambos se conhecem no Hay Festival, em Cartagena das Índias.

Gabriel é um homem enigmático, atraente e dominante, que se sente atraído por Melisa de forma imediata e parte para conquistá-la.
Melisa é uma jovem inexperiente e inocente, que inicia sua relação com o jovem industrial em meio a uma nuvem de desconfiança.

Enquanto eles vivem um romance apaixonado, a guerrilha planeja o sequestro de Gabriel.
Por vingança, Melisa é implicada no sequestro e desde esse instante tudo se torna um caos que pouco a pouco separa o casal..."


ROMANCE CONTEMPORÂNEO, DRAMA. INDIE.

Ixi!!! Lá vem mais um livro com enredo do tipo "milionário que se apaixona pela virgem imaculada e não pode viver sem ela". Pois é, seria mais um, mas por incrível que pareça o mais do mesmo conseguiu dar uma reviravolta e tornar-se muito interessante.

Comecemos pela modinha.
Melisa tem um namorado chamado Javier e depois de algum tempo juntos, ela decide que é chegada a hora de deixar de ser a virgenzinha e ceder para ele. Mas ao chegar no hotel em que estavam hospedados, assistindo a um festival, ela o flagra na cama com a sua melhor amiga.
A vida dando uma guinada de 180°, não querendo ficar no mesmo quarto que os dois traíras, ela vai dar uma volta pela cidade. Numa dessas voltas ela é abordada por um homem lindo e notadamente rico, pelo seu porte e suas roupas. E mais, ela o conhecia pelos jornais. Era o famoso industrial playboy Gabriel Preciado.

A princípio ela não queria nada com ele - e o que um homem como ele poderia querer com ela? -, mas já que ela não tinha nada mais a perder mesmo, achou melhor aceitar o seu convite para jantar. E desse convite vieram outros, e outros, até que assumiram o namoro, indo até mesmo falar com os pais dela.

Acontece que Javier não engoliu muito bem a perda e quis vingar-se vendendo a informação sobre o milionário para a guerrilha.
Sim, esse livro se passa na Colômbia, onde aqueles vários grupos costumam fazer sequestros para conseguir libertar os amigos presos, para obrigar o governo a trocar/revogar/aprovar alguma lei, por dinheiro. E o caso de Gabriel era este último.

Um pouco antes do fatídico dia do sequestro, Gabriel convence Melisa a se casarem somente no civil às pressas, e mais tarde, quando os pais deles a conhecessem, após o retorno da viagem, eles se casariam na igreja.

O sequestro atrapalhou tudo. As negociações se arrastaram por dois longos anos. No cativeiro, ao sofrer o choque por saber que seu sequestro havia sido arquitetado por sua esposa e o ex-namorado dela, Gabriel perde a memória dos últimos três meses de vida.

Ao ser liberto anos depois, ainda sem a memória restaurada, ele percebe que seus pais já não são mais os mesmos. Estavam felizes por seu retorno, é claro, mas o ambiente estava tão tenso "que poderia ser cortado à faca". 
Ele busca terapia e o consolo nos braços de outras mulheres, mas por alguma razão não se sentia à vontade ao fazer isso.

Um sonho o perseguia. Uma bela mulher com olhos azuis da cor do mar e cabelos longos e negros, que lhe fazia juras de amor eterno. Ela parecia tão real que quase poderia tocá-la.
Ao viajar para Nova Iorque com a namorada do momento, ele teve um baque ao ver a mulher do sonho andando pela cidade despreocupadamente. Ele a segue para perdê-la de vista logo a seguir.

Retornando à Colômbia, ele contrata um investigador para descobrir o que aconteceu nos meses do vácuo, já que os médicos achavam que a família não deveria revelar-lhe nada antecipadamente. E ele descobre a verdade.

Num primeiro momento o choque por se achar traído, para depois compreender o que ocorrera e fazer de tudo para reconquistar a mulher que tanto amava.
Nos encontros e desencontros, eles usam de todos os artífcios no jogo de gato e rato, duelando entre a desconfiança, o rancor, e a saudade e o amor.



Ficha técnica: La Unión - Epilogo de Vuelta a tu Amor
Lançamento original: setembro/2013
74 páginas


"Agora Melisa e Gabriel confrontam de novo o desafio de estarem juntos.
Entretanto, o peso de seus sofrimentos e o tempo que ficaram separados ainda rodeiam a relação.
Começa a verdadeira caminhada onde as inseguranças e os temores caminham juntos de seu inquebrantável amor.
Promessas e sentimentos são renovados."


Na continuação, Gabriel e Melisa precisam sobrepor tudo que passaram se quiserem ficar juntos.
Os traumas de ambos são profundos, chocantes. Dois anos de cativeiro fizeram de Gabriel quase um homem anti-social, evitando multidões e sua desconfiança de todos ao limite máximo.
Melisa, por sua vez, precisa esquecer o período em que foi acusada como cúmplice do sequestro do marido, levando-a  a ser interrogada e detida em presídio feminino. E isso culminou com a perda do filho que esperava.

No momento eles buscam a cura nos braços um do outro, planejando uma cerimônia religiosa e aplacando os traumas e mágoas procurando ajudar àqueles que em seu país não tiveram oportunidades na vida.
Renascendo das cinzas, como uma fênix, à procura da tão almejada felicidade.


Primeira mudança na história,: ela não se passa no eixo Estados Unidos-Europa, apesar de os protagonistas viajarem à terra do Tio Sam.
Na verdade ela se passa na Colômbia.

As descrições dos cenários pela autora trazem parte da beleza de um país rico em sua cultura popular. Ela cita tipos de músicas, comidas típicas, e como a protagonista é uma estudante da literatura, há várias curiosidades na fala dela. Uma verdadeira aula.

Por outro lado, há descrição da pobreza e da miséria que empurram seus cidadãos a serem colaboradores da guerrilha por total falta de opção. Famílias que passam por necessidades, crianças com traumas ao verem os pais serem executados. Além disso, o período em que Gabriel esteve no cativeiro é descrito mais tarde em suas lembranças na terapia. E tantos nomes de pessoas reais que passaram por essa situação são citados.

Ainda assim não é um livro baixo astral.
O tema principal, é claro, é o amor que rodeia os dois. O tanto que eles têm de lutar para provarem que são falsas as acusações, lamberem sua feridas nos anos em que estiveram separados e aprenderem o sentido do perdão.; para com familiares e entre eles mesmos.

Sim, o livro pode começar como se fosse mais uma história "boba" de amor, mas com o passar das páginas você sente toda a profundidade, toda grandeza e todo o poder que uma história bem contada pode ter e transmitir ao leitor.

O ritmo da história é lento em alguns momentos e normal em outros. Há muitas descrições, o que pode parecer aborrecido para alguns, mas para outros, como eu, que nunca leram livros tendo aquele país como cenário, ajudaram bastante na hora de fazer o quadro mental.
A conexão com os personagens foi rápida. Todos eles são cativantes e de personalidade forte.
Pontos positivos: o cenário - o enredo diferenciado - o final é lindo de viver.
Ponto negativo: talvez os primeiros capítulos por ainda estarem no estilo de história do romance água com açúcar. A partir do momento em que aparecem os planos para o sequestro e o ato em si, em diante, o livro toma um novo e surpreendente rumo.
Sobre uma possível continuação, não exatamente sobre o mesmo casal, gostaria de ler a história do que ocorreu com Miguel e Olívia... 

Isabel Acuña dá uma verdadeira aula e ainda faz suspirar.

4,5 estrelas.

Para adqurir:  LIVRO 1 AMAZON  |  LIVRO 2 AMAZON

Sobre a autora:



Um comentário:

  1. Amei conhecer os livros dessa autora. Eles foram até agora as melhores leituras de 2014. Maravilhosos! Deliciosos!

    ResponderExcluir