segunda-feira, 3 de março de 2014

Semana UDL: Sylvia Day - Obstinada (Georgianas #1)

Olá!
Com tantos lançamentos de uma mesma editora achei que seria pertinente dedicar uma semana inteirinha com tais livros. E vou logo dizendo, a UDL (Universo dos Livros) está vindo para brigar com as grandes editoras.
Os títulos escolhidos têm sido de peso e seu trabalho com a tradução, revisão, diagramação e todos os outros "ão" necessários para um bom livro, está primoroso.



Então, vamos arregaçar as mangas e viajar nos vários gêneros lançados e nas novidades que vêm pela frente.

Começando com...



Ficha técnica: Obstinada (Ask for it)
Autora: Sylvia Day
Lançamento original: 2006
Lançamento BR: 10/março/2014  (em pré-venda)
296 páginas

"Londres, 1770. 
Debaixo de toda a seda e renda da sociedade londrina se encontra uma organização secreta de espiões de elite. Proteger a Coroa de seus inimigos é uma tarefa árdua, mas, para Marcus Ashford, proteger seu coração de uma obstinada paixão é um perigo ainda maior. 

Como agente da Coroa, Marcus Ashford, o Conde de Westfield, já enfrentou inúmeros duelos de espada, foi atingido por dois tiros e se esquivou de mais disparos de canhão do que poderia contar. Porém, nada o excita mais do que o primitivo apetite sexual de sua ex-noiva, Elizabeth. 

Anos atrás, ela o preteriu pelo charmoso Lorde Hawthorne. Mas agora, Marcus deve defender a elegante viúva, e o fará ao mesmo tempo em que cuida de suas outras, mais carnais, necessidades, mostrando a ela até onde vai o real desejo de um homem." 


ROMANCE HISTÓRICO. ERÓTICO. PRÉ-LANÇAMENTO.

Eles tinham tudo para serem felizes. Estavam noivos e com o casamento às portas. Mas um mal entendido fez com que Elizabeth entendesse tudo errado e fugisse de Marcus, sem lhe dar a chance de se explicar. E quando ele soube dela já era tarde demais...

Anos se passaram e agora Elizabeth está viúva e em perigo.
Antes de falecer, seu marido lhe enviou um diário, e são várias as pessoas que o querem. 
Ao ter comissionado um agente de elite para ser seu guarda-costas, qual foi a surpresa de Elizabeth ao descobrir que seria ninguém menos que seu ex-noivo, Marcus Ashford. Agora eles teriam que ficar juntos boa parte do tempo e essa aproximação não seria boa para nenhum dos dois.

Marcus era um dos melhores agentes de elite que existia. Assim como outros, ele pouco sabia quais eram seus companheiros de empreitada, já que isso dificultava caso um deles caísse em mão inimigas. Mas ao saber que sua doce Elizabeth estava em perigo, Marcus não pensou duas vezes em colocar-se como o homem certo para protegê-la.
Além disso, ele teria livre acesso a ela para reconquistá-la.

Anos depois de seu rompimento e Marcus ainda não esquecera da única mulher que conseguiu lhe tirar dos trilhos. E por estar no meio de uma missão na ocasião em que ela o flagrou vestindo nada mais que um robe com outra mulher, ele não pôde explicar-lhe a cena que ela presenciava. Mas também ele nunca imaginou que naquela mesma noite, ao fugir dele, ela cairia nos braços de outro homem.

Portanto, ele não iria perder a chance de estar na companhia dela a  todo momento.

Mas o perigo que a rondava era maior do que o esperado e parecia que ninguém menos que o famoso pirata Christopher St. John era o culpado por todos aqueles ataques a ela.

Marcus a protegeria com sua própria vida se necessário, mas antes disso, ele queria tê-la em seus braços e fazer dela sua para sempre...



Sylvia Day é expert em escrever histórias românticas com uma pitada para lá de erótica. Eu disse pitada? Bom, talvez seja melhor dizer um tempero inteiro.

A tensão entre o casal, Marcus e Elizabeth, é palpável desde a primeira cena. 
Como o caso deles foi mal explicado, mal terminado e ela simplesmente evadiu-se da vida dele, ele PRECISAVA tê-la de volta. O que a princípio pode parecer um pouco de teimosia, logo percebe-se ser uma paixão imensurável.

Elizabeth deu o flagra nele e fugiu. Caiu nos braços de Lord Hawthorne, um homem bom, mas jamais poderia substituir Marcus no coração dela.
Anos se passaram e Hawthorne foi assassinado. Elizabeth ficou sozinha, sem filhos, e agora, com mais um problemão nas mãos: o maldito diário.

Este diário continha informações de cargas e viagens ligadas à pirataria e poderia implicar pessoas importantes, mas quem parecia estar mais interessado nele era ninguém menos que o famoso pirata Christopher St. John.

Pausa para respirar: que pirata era aquele???? Misericórdia!!! Lindo!!  *limpando garganta*

Marcus teria de protegê-la a qualquer custo. Acontece que Elizabeth Hawthorne era obstinada. Ela até aceitava ter que ficar com um guarda-costa todo o tempo, mas sendo ele Marcus? Nem pensar!

A guerra de gênios acontece todo o tempo, e enquanto isso, a temperatura sobe a cada novo encontro deles.

É um livro para ler com ar condicionado no máximo e um bom chá gelado, porque a SUA temperatura vai subir!!!

O ritmo da história é perfeito.
Os personagens são carismáticos. Nada de heroína pata choca. Ela briga, impõe sua vontade, bate de frente. Até mesmo o vilão (???) - o pirata - é apaixonante. Eu já disse que o livro #2 é dele? Não???? Conexão total!!
Pontos positivos: o enredo pega a leitora desde a primeira linha. A tradução está primorosa. Os mistérios e segredos são revelados num "timing" perfeito.
Ponto negativo: ainda estou procurando...

E a capa??? Minha nossa!! A capa brasileira é muito mais bonita que a original. Na verdade a UDL caprichou nas capas de todos os livros da Sylvia Day (esta e as próximas).
Modelos de outros países para o livro #1 da série:







O livro será lançado na próxima semana e está em pré-venda.
Corra e garanta logo o seu.
A editora avisou que vai lançar o restante da série com pouco tempo de diferença. Isso significa que não precisaremos esperar 6 meses pela sequência da história. Uma ousadia que vai fazer a diferença entre as fãs da autora e de romances históricos.
E que venham mais livros!!!










Nenhum comentário:

Postar um comentário