sexta-feira, 25 de abril de 2014

Megan Bryce - To Catch a Spinster (The Reluctant Bride Collection #1)



Ficha técnica: To Catch a Spinster
Autora: Megan Bryce
Editora self
Lançamento original: 2012
Lançamento BR: ainda não
105 páginas


"Olivia Blakesley, auto-proclamada solteirona, está muito feliz com sua vida. Ela tem os seus estudos e as suas funções, para que ela teria necessidade de um marido? Com cinco irmãs casadas, ela sabe que a realidade não faz jus à promessa, e não precisa  experimentar pessoalmente  para saber que ela não foi moldada para isso. 
No entanto, ela se encontra com inveja de pelo menos um aspecto do casamento. Mas para experimentar o lado físico do casamento, a pessoa não precisa de um marido, tudo que se precisa é do homem certo ... 

Nathaniel Jenkins sabe o seu dever. Casar com uma jovem de uma família respeitável e ser pai de um herdeiro, não importa quão frio o desfile interminável de meninas o deixa. Mas uma proposta chocante de uma solteirona acadêmica o leva a pensar se uma 'inadequada' não seria exatamente o que ele está procurando. Será que ele pode convencer sua solteirona de que o casamento é o maior experimento de todos?"

ROMANCE HISTÓRICO. INDIE. INÉDITO.

Os dois já tinham passado e muito da época de casar.
Olivia estava com 27 anos e Nathaniel, 39. As famílias de ambos estavam preocupadas e pressionando-os para encontrarem alguém e formarem família.

Acontece que para ele era um pouco mais fácil. Ele era apenas um cavalheiro, sem título, mas isso não o desabonava em nada. Ao contrário, muitas das mães casadouras faziam questão que suas filhas fossem lembradas por ele nas festas. Meninas jovens demais e tolas que em sua maioria só se preocupavam com moda e a próxima festa. Não é que Nathaniel fugisse do casamento; ele fugia das debutantes!

Já para Olivia, com idade avançada para ser considerada uma solteira ainda no páreo,  era um pouco mais complicado. Ela era uma das filhas do meio entre seis. Todas elas já casadas. Sua vida era dedicada ao estudo da astronomia e pintura. Sua vida era independente, mesmo ainda morando com os pais. E estes aceitavam o seu jeito de ser.
Mas ainda assim, sua mãe queria que ela também casasse e tivesse sua própria família.

Olívia se sentia bem sendo uma solteirona.
Na verdade, o termo "spinster" é um pouco mais profundo em relação a ser solteirona. Ele se refere àquela mulher que está muito além da idade para o matrimônio. O seu tempo passou há muito.
Mas ela estava bem consigo mesma. Vira suas irmãs casarem, terem filhos; vira seus pais passarem pela fase da briga e agora viviam na indiferença. Ela não queria isso para si. Não queria alguém que lhe ditasse regras e a proibisse de fazer o que gostava. O termo solteirona não a incomodava.

 O que a incomodava era a possibilidade de jamais ter experimentado o sexo.
Como era uma estudiosa e uma pessoa prática, teve a ideia de encontrar um cavalheiro que aceitasse cortejá-la - por pouco tempo - e levá-la para cama. A título didático, é claro.
Não poderia ser um famoso libertino, muito menos alguém indiscreto. Ela queria perder a virgindade, mas não colocar o nome da família na lama.
Foi quando num dos bailes ela topou com o Sr. Jenkis. Ele era alto na medida certa, bonito sem ser chamativo demais, educado, não tinha vício de jogo e era tremendamente discreto com suas amantes, já que ela nunca tinha ouvido falar em qualquer coisa que o desabonasse nesse assunto. Agora, ela só teria que fazer a proposta...

"- E sobre o que você gostaria de falar?
Srta. Blakesley limpou sua garganta e olhou sobre os ombros dele. 
- Eu lhe garanto que falo com seriedade. Só posso imaginar o que você irá pensar, mas...Eu gostaria que você me seduzisse.
Nathaniel tropeçou no próprio pé e perdeu um passo da dança. As bochechas dela ficaram rosadas. - Acho que valsar não foi uma boa ideia.
Ele estava quieto tentando pensar numa resposta adequada. Ela tinha realmente pedido a ele para seduzi-la?
Ela o encarou, suas bochechas muito rosadas, e ele chegou a conclusão que sim, ela tinha.
- Você está completamente maluca?"

Em seus anos sendo um solteirão desejado, Nathaniel nunca encontrara uma mulher que pedisse para ser desonrada. Como todo e qualquer cavalheiro, ele fugia das virgens; e simplesmente essa mulher com um vestido fora de moda e o cabelo preso à moda das mulheres que já passaram da idade de casar, chega até ele e faz um pedido daquele? Claro que ele iria recusar!
Por outro lado, a Srta. Blakesley parecia ser do tipo que não desistia fácil. E se não fosse ele, seria um outro qualquer. E quem sabe, um totalmente inadequado...
O desafio é aceito.

O único problema era que ele não esperava se apaixonar por aquela cabeça dura...e muito mesmo ter seu pedido de casamento rejeitado. E agora, como ele poderia 'pegar um solteirona'?



Uma história divertidíssima.
Um casal que tem tudo para dar errado e, exatamente por isso, um é perfeito para o outro.
Ambos têm ideias bem definidas no que querem em relação a um parceiro. No caso de Olivia, a ideia dela é tão fundamentada que ela tem certeza que nunca encontrará alguém à altura, por isso, ela desistira há muito tempo.
Nathaniel ainda tinha alguma esperança, e colocara apenas três exigências no que dizia respeito a o que ele queria para ser sua esposa.
Mesmo depois de Olivia ter passado por 8 temporadas, eles nunca haviam se encontrado.
Aquela temporada para ela seria a última porque ela decidira que não mais viria a Londres, preferindo ter sua vida no campo para estudar suas estrelas e fazer suas pinturas.

O ritmo da história é perfeito.
Desde a primeira página senti conexão com os personagens.
Ponto positivo: o livro é engraçado. A dinâmica familiar tanto dos Jenkis, quanto dos Blakeleys, é muito boa, com ótimos diálogos. O livro não é hot, mas tem umas cenas sexies, em especial na ocasião do primeiro encontro romântico deles.
A cena final, quando ela cai em si e vai atrás dele no parque, é impagável.
Ponto negativo: como não conheci este livro antes?

A autora é independente e seria maravilhoso se uma editora brasileira comprasse os direitos, já que estamos em plena expansão de lançamentos de romances históricos.

Para adquirir:  Amazon  |  Barnes & Noble  |  The Book Depository

O livro #2 já foi lançado:


5 ESTRELAS.

Sobre a autora:  Blog  |  Goodreads  |  Amazon

*Cópia do livro (kindle) foi cedida para participação do Blog Tour norte americano. Ebook encontra-se grátis no site Amazon até a data de postagem desta resenha.
**Gravura: Jon Paul Ferrara. www.jonpaulstudios.com

2 comentários:

  1. Olá, tem esse livro traduzido parao português ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Que eu saiba ainda não. Esta autora é "indie" e ainda não foi descoberta pelas editoras brasileiras.

      Excluir