sexta-feira, 9 de maio de 2014

Catherine Bybee - Married by Monday (Weekday Brides #2)



Ficha técnica: Married by Monday
Autora: Catherine Bybee
Editora self
Lançamento original: junho/2012
Lançamento BR: ainda não
270 páginas

"Carter Billings: 
Com o cabelo loiro cor de areia e a aparência de ator de Hollywood, Carter poderia ter qualquer mulher que ele quisesse. Quando ele se candidata a governador da Califórnia, ele sabe que deve se estabelecer e se tornar um homem de família. Sua escolha para  companheira de chapa entre os lençóis: a casamenteira Eliza Havens. 

Eliza Havens: 
Eliza está feliz por sua melhor amiga ter um rico e adorado marido. É o melhor amigo do marido - o sexy de matar Carter Billings - que a leva à loucura. Nenhum homem jamais a importunou tanto, ou fez seu coração disparar tão rápido. Juntar casais compatíveis é o que ela faz da vida, mas segredos de longa data significam que casar para ela mesma não é uma opção. Até agora."

ROMANCE CONTEMPORÂNEO INÉDITO.

Eliza Havens é amiga e sócia de Samantha Harrison na Alliance, a agência de casamento. Ela adora o que faz, e agora, com o casamento e o bebê recém chegado da sócia, o trabalho de Eliza meio que duplicou. A cunhada de Sam, Gwen, quer dar uma ajuda, mas ela ainda precisa aprender alguns macetes, apesar de Eliza admitir que ela sabe fazer a parte social.

Com a aproximação do novo casamento de Sam e Blake - sim, eles decidiram que a cada aniversário de casamento eles iriam renovar os votos, fazendo uma cerimônia e festa temáticas. E desta vez tudo girava em torno do Texas, todos os cuidados com a  segurança precisavam ser tomados. Afinal, seria o casamento de um duque e sua duquesa, além do que entre os convidados haveria um candidato a governo de estado, Carter Billings, o melhor amigo de Blake.

Eliza e Carter tinham um história. Ou melhor dizendo, havia uma atração, mas eles já estavam há dois anos evitando que a tal história de fato acontecesse.
Com o casamento dos melhores amigos de ambos, seria impossível eles não se encontrarem quando fariam par como padrinhos.

Mas na noite anterior à cerimônia, Gwen quis sair para conhecer o clima do Texas e convenceu Eliza a levá-la a algum lugar quente. Roupas despojadas, canecas de cervejas, bar com música country e logo elas estavam rodeadas por alguns homens.
Algumas horas depois, um dos homens tentou tomar uma liberdade maior com Gwen. Neil, o chefe de segurança contratado por Blake, irmão de Gwen, interviu e logo houve uma briga. Tudo foi resolvido, mas não antes de alguns flashes de celulares espocarem e Carter, que estava no bar com Neil, ser envolvido num escândalo de briga de bar às portas de anunciar sua candidatura. Tudo poderia ir por ralo abaixo.

Carter já sabia que sua candidatura seria difícil. Os eleitores sempre preferiam os candidatos casados. Envolvendo-se numa confusão, só arruinaria suas chances. Mas desde que ele já estava de olho em Eliza há algum tempo, ele poderia unir o útil ao agradável. Aproveitar que ela se sentia culpada pelo ocorrido e propor-lhe um acordo vantajoso.
Por mais que Eliza achasse Carter um dos homens mais lindos que já tivesse conhecido, havia algo mais para levar em consideração. O seu passado. O passado que a fizera mudar-se mais vezes do que poderia contar.  O mesmo passado que a fazia sempre carregar uma arma onde quer que fosse. Mas Carter não era um homem de desistir de seus desafios...



Alguns pontos a considerar:
Eliza é uma protagonista fantástica. Assim como Samantha (do livro anterior), que arregaçou as mangas e lutou por manter a si e sua irmã, Eliza jamais bancou a vítima.
Sua história tornou-se complicada quando ainda era uma criança. Seu pai foi testemunha de um crime bárbaro e ao inves de calar-se, denunciou. Ele, sua esposa e a pequena filha foram colocados no Programa de Proteção à Testemunha. Infelizmente apesar disso, alguns anos depois, eles foram encontrados e assassinados. De lá para cá Eliza teve a vida e o nome modificados várias vezes. 
Até que ela conheceu e começou a trabalhar com Samantha.
Os contatos que ela passou a ter foram com pessoas importantes, e mais que isso, pessoas que realmente se importavam com ela e não queriam que ela partisse.
Ao envolver-se com Carter, a possibilidade de mais uma vez sumir no mundo tornou-se praticamente nula. Mas isso fez com que ela se tornasse um alvo mais fácil a ser encontrado.
O homem que seu pai ajudou a colocar na cadeia ainda estava preso, mas tinha poderes de mandar alguém de fora fazer o serviço.

O livro passa a girar sobre isso. E tenho que dizer, teve momentos que esqueci que estava lendo um romance e parecia mais um livro policial.
As cenas finais prendem a atenção porque você quer saber até que ponto o assassino pode chegar próximo a ela. Além disso, há uma possibilidade de algo acontecer dentro da prisão, e o leitor fica de antenas ligadas esperando por isso.

Carter é um caso a parte. Carismático, amigo leal a Blake, fez seu caminho sozinho como advogado. E agora estava metido na política com a possibilidade real de vencer as eleições.
Isso sem contar que ele é descrito como um homem louro lindo, chamado por Samantha de Hollywood, por sua beleza de astro de cinema. Quem resistiria?

A volta dos outros personagens torna a trama mais envolvente e já saber que o próximo livro traz a história de Gwen, a irmã bem nascida do Duque de Albany, com o guarda-costas...ahhhhhhh....o clichê que todas amam ler!!!

Ritmo ótimo. Trama envolvente. Personagens carismáticos. Romance no ponto certo.
Um livro perfeito para se sentir maravilhosa no final.

5 ESTRELAS.


Nenhum comentário:

Postar um comentário