quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Patricia Cabot - Proposta Inconveniente



Ficha técnica: Proposta Inconveniente (An Improper Proposal)
Autora: Patricia Cabot
Editora Record
Lançamento original: 1999
Lançamento BR: 2014
349 páginas

"Apaixonada pelo capitão Connor Drake, Payton sonha em ser capitã de seu próprio navio. Ela cresceu desejando essa profissão exclusivamente masculina, mas agora deve abdicar disso tudo para conseguir um bom marido. O problema é que Connor só percebe seus sentimentos por Payton na véspera de seu casamento com outra. Quando o barco dos noivos parte rumo às Bahamas, ele é atacado e resta a Payton se infiltrar num navio pirata para salvar a vida do seu amado. A coragem une os dois, e o resgate pode gerar mais frutos do que ela imaginou."





ROMANCE HISTÓRICO.

Payton ficou órfã tão logo nasceu. Criada em meio a homens, o senhor Henry Dixon, dono das Embarcações Dixon e Filhos, e seus três irmãos Ross, Hudson e Raleigh, ela mais parecia um garoto do que uma dama prestes a debutar.
E até para isso acontecer foi necessário que Ross, o mais velho, se casasse com Georgiana e, assim, os olhos deles fossem abertos de que sua irmãzinha não deveria viver no mar como eles, mas sim, casar-se e ter sua família.

Acontece que Payton estava muito feliz com a vida que levava. Prestes a completar 19 anos, o sonho dela era ganhar de aniversário, assim como acontecera com cada um dos irmãos na mesma idade, o navio Constant, a mais nova aquisição da empresa e o navio mais rápido da frota.

Entretanto, o que ela tinha que enfrentar era ter de colocar um vestido - coisa feminina demais -, um apertado espartilho - quem consegue respirar usando isso? -, e ver o amor de sua vida desde os 14 anos, o Capitão Connor Drake, se casando com a bela mas insípida Srta. Whitby.
No jantar pré-casamento, já não bastava a tristeza em ver o homem amado cada vez mais distante, Payton ouve seu pai oferecer a Drake sociedade na empresa e o comando do navio que devia ser dela. 
Arrasada com a notícia, ela se retira da comemoração. 
Mais tarde, passeando pela propriedade do futuro noivo e agora sócio dos Dixon, ela o encontra perdido em seus pensamentos, e de uma discussão uma revelação: o casamento com a Srta. Whitby não era por amor, mas por obrigação. E num momento acalorado, eles acabam se beijando.


No dia seguinte, minutos antes do casamento, Payton flagra a futura Sra. Drake conversando às escondidas com ninguém menos que o maior rival da família Dixon, Sir Marcus Tyler. Isso só poderia significar uma coisa: cilada para Drake.

Payton bem tenta avisar a seus irmãos sobre o que vira, mas ninguém lhe acredita, pensando tratar-se de ciúme. Mas no meio da cerimônia ela decide contar em alto e bom som o que vira, e o resultado é a noiva desmaiando, depois contando uma história fantasiosa, os noivos desaparecendo e Drake sendo sequestrado... exatamente como Payton havia dito que aconteceria.

Ao ver o amor de sua vida sofrendo uma emboscada no navio em que ia, Payton não pensa duas vezes em voltar às suas roupas de garoto, misturar-se à população pirata que sequestrara Drake e fazer de tudo para salvá-lo do terrível destino.



Patricia - Meg - Cabot já entrou para o panteon das damas do Romance de Época. Suas histórias são cheias de paixão, romance e uma pitada cômica única.
Este livro, apesar de ser ambientado em 1830, tem um linguajar de marujo. A personagem principal pragueja tanto quanto seus irmãos e uma vez ou outra xinga mais que um marinheiro bêbado. Mas também mostra-se ousada e corajosa como poucas.

O mistério envolvendo o inesperado casamento de Connor Drake mostra-se mais ardiloso do que o previamente dito.
Com certeza Payton é uma das heroínas para ser lembrada como divertida e envolvente.

O ritmo é excelente.
Os personagens são mais do que envolventes.
Ponto negativo: acabou rápido demais; li em 4h.
Ponto positivo: tudo!!

5 ESTRELAS.

Coleção quase completa. Pela pesquisa online, dos livros da autora desse gênero, faltam no Brasil "A Little Scandal" e "A Season in the Highlands", uma coletânea de histórias, com outras autoras como Jude Deveraux e Jill Barnett.



Nenhum comentário:

Postar um comentário