quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

PRESENTE DE NATAL | CLUBE 13 | CENA INÉDITA



Presentinho de natal aos fãs do CLUBE 13!!!!

Nessa véspera de natal, a autora Barbara Biazioli traz no site do Issuu uma CENA INÉDITA com um dos personagens mais amados da série, Sebastian Charper Lousan.

Ainda sem definição de quando sairá o livro com este personagem. 
A popularidade dele é tamanha que a autora não teve como fugir e trazer este mimo.
Também é véspera de natal na cena e você poderá conhecer desde já parte do charme (safado!) de Seb, como é carinhosamente conhecido entre as leitoras.

Abaixo, um trecho para degustação, e no link você poderá ler a cena na íntegra.




  UM NATAL PARA CHARPER

nome dela é Rubia, e ela está no banheiro lavando o rosto, e eu, bom... eu estou plenamente satisfeito. Obviamente eu estava praticando algo interessante e possivelmente vai ser a coisa mais interessante do meu dia. Em alguns minutos preciso ir para casa da Carter, ela vai estar lá com aquele sorriso ridículo de coisas natalinas e com seu noivo insuportável depois dele ter resolvido levá-la para algum fim de mundo e pedi-la em casamento.
Aumento o volume e deixo que It’s Time, de Imagine Dragons, percorra por todo o quarto desse hotel. Estamos no Plaza, ela vai embora para Russia em algumas horas e eu... Aff...  Eu vou encarar o lance do Natal com o casal supimpa. Ninguém merece!
Rubia é coordenadora de uma empresa de turismo, ou seja; de tempos em tempos ela surge com alguma novidade sexual e me usa como cobaia. Gosto disso. Ela pensa que me usa e eu a deixo pensar que comanda a porra da situação toda.
Ela é alta e magra. Particularmente não gosto de mulheres muito altas, elas subentendem que vieram ao mundo com algum poder especial diferente das demais. Rubia tem cabelos louros e olhos castanhos. Os olhos eu sei que são castanhos; o cabelo eu acho que é vítima de algum tipo de descolorante. Não estou sendo exigente, nessa época as pessoas com que eu poderia ter esse tipo de atividade estão preocupadas com o café da manhã e a troca de presentes e Rubia estava sozinha e eu sou uma boa companhia, eu sei que sou.
— Deveria ir me visitar na Russia — ela fala e isso faz a minha sirene de alerta disparar incansavelmente. Ela está pedindo minha presença e isso é péssimo. Estou aqui em Nova York, se quiser tem que ser aqui, quando eu puder e se eu quiser
— Claro, por que não? — Ande, Sebastian, levante dessa cama, vista sua roupa e saia fora, e não esqueça de mudar o número de celular caso ela te ligue mais duas vezes. Tenho um dispositivo que me avisa se vou ter problemas de ordem pegajosa no futuro, tem funcionado e eu não o ignoro
— Poderia ir comigo para lá hoje — Hora de partir e trocar o número de celular ainda hoje.
— Não posso, infelizmente eu tenho um compromisso com um casal de amigos — Já estou abotoando minha camisa e minha calça já está em meu corpo — Eles são muito especiais e eu não posso falhar com eles — Espero que Carter nunca ouça isso de mim. Termino de colocar meu sapato e enfio minha jaqueta sobre a blusa de frio. Está um frio terrível e não posso ficar doente, nunca.
— Que bom que tem amigos assim para a noite de Natal. E sua família? — Ah, eu preciso ir embora agora, vai começar a perguntar dos Natais da minha infância e eu já prevejo tudo.
— Meu celular está tocando, só um minuto — Não está tocando, mas vou fazer o de outra pessoa tocar. Chama a primeira a vez e depois a segunda e não é possível que ela não vai atender. Estou fingindo que estou ouvindo alguém falar e de repente ela atende...

Leia tudo aqui >> ISSUU 

Nenhum comentário:

Postar um comentário