quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Sylvia Day - Dominadas (Georgianas #5)



Ficha técnica: Dominadas (Scandalous Liasions)
Autora: Sylvia Day
Editora Universo dos Livros
Lançamento original: 2006
Lançamento BR: 2014
352 páginas

"Dominadas é composto por três contos de época simplesmente deliciosos e escandalosos. Cada história é focada na luta de um homem para encontrar o amor de sua vida e conquistar seu coração."

Veja sobre cada um dos contos abaixo...


ROMANCE HISTÓRICO. ERÓTICO.

CONTO #1 

"Em Prazeres roubados, o primeiro conto, Sebastian Blake, Conde de Merrick, fugiu das responsabilidades de seu título há muito tempo para se tornar um pirata infame, o Capitão Phoenix. No entanto, ele começa a questionar suas escolhas quando conhece sua esposa cujo casamento foi oficializado por meio de uma procuração e ele deseja não só consumar o casamento, mas também torná-lo uma união verdadeira."



Os contos não seguem uma ordem cronológica. Tanto que este se passa em 1812, quando o segundo em 1810. Entretanto, os personagens se conhecem e aparecem nas outras histórias.
Neste, Sebastian, o Conde de Merrick, mas futuro Marquês de Dunsmore, é um conhecido pirata que, ao interceptar um outro navio e tomar posse de sua carga, acaba tendo entre ela uma linda jovem, Olivia, e descobre que esta é na verdade sua esposa.
Como assim? Sim, seu pai o havia casado por procuração, e agora lá estava ele, tentando não cair em tentação frente à linda mulher que o desafiava.

Olivia Merrick é uma heroína atípica. Longe de se sentir intimidada frente ao pirata que acaba descobrir ser seu marido, ela faz uma proposta a ele praticamente irrecusável.

Sebastian não queria voltar a Londres, muito menos ter que encarar o atual Marquês, seu pai, mas as armações dele foram longe demais e agora Seabstian teria que cuidar de tudo com as próprias mãos.
Sobre sua esposa, se ele manteria aquele casamento de fachada...Bom, isso seria resolvido mais adiante...

5 ESTRELAS!!


CONTO #2

"O segundo conto, A aposta de Lucien, apresenta Lucien, um libertino imoral que sempre consegue tudo o quer, menos a intocável e desejada Lady Julienne La Coeur. Quando a moça se vê dentro do quarto de Lucien, ele lutará consigo mesmo para afastar os pensamentos sensuais e manter a honra da moça ao mesmo tempo em que deseja possuí-la, já que ser um cavalheiro nunca foi de seu feitio."

Neste temos a história de Lucien Remington, dono de uma das mais famosas casas de jogos de Londres. Conhecido por seu talento em fazer o dinheiro crescer, seu Clube de Cavalheiros era lindo e moderno para os padrões da época, e, também, proibido às mulheres. Imagine então sua surpresa ao encontrar Lady Julienne La Coeur disfarçada de homem andando entre seus frequentadores?
O irmão de Julienne, Hugh Montrose, tinha o costume de sumir durante dias com os amigos, envolvido em jogatina. Devia mais dinheiro do que eles podiam pagar, e os credores não perdoavam, indo parar à porta da casa de Tia Eugenia, onde ele e Julienne haviam sido criados desde a morte de seus pais.
Preocupada com o novo sumiço do irmão, Julienne entra na casa de jogos de Lucien, mas é pega após envolver-se numa altercação com outro cliente. Lucien a leva ao seu escritório e ela passa a noite lá, em outro quarto.
A verdade é que já há algum tempo Lucien estava de olho nela, mas sabia que por sua posição, ser o filho bastardo de um duque, ele nunca poderia ficar com ela. Mas o fato do irmão dela já dever-lhe 100 mil libras poderia ser algo a seu favor...
5 ESTRELAS!!

CONTO #3
"Em A duquesa louca, o último conto do livro, Hugh La Coeur sofre um acidente na estrada e procura refúgio na sinistra mansão da Duquesa Louca o que seria muito incômodo se não fosse a companhia de Charlotte, uma das empregadas da Duquesa. Hugh sabe que a moça esconde segredos terríveis, no entanto sua companhia na cama por noites a fio valem o perigo."



Esta história já se passa em 1814.
No rigoroso inverno de Derbyshire, Hugh Le Coeur se vê preso numa estrada deserta após sofrer um acidente com sua carruagem. Ele vai pedir ajuda numa casa próxima que mais parece abandonada, e acaba por descobrir que esta pertence à Duquesa Louca.
O mordomo é totalmente estranho, atrevido. Há uma copeira que mais treme do que consegue carregar as travessas, mas também há a misteriosa Charlotte.
Preso ali até que sua carruagem seja consertada, o cavalo tratado e a nevasca passe, Hugh se vê entre a luxúria nos braços de Charlotte e a descoberta de um segredo: a procura de um antigo tesouro pirata.
Por que Charlotte e a Duquesa estavam atrás daquele tesouro? E por que o atual duque tratava a duquesa viúva de maneira tão cruel?
4 estrelas.

Dos 3 contos, os 2 primeiros são os que mais gostei.
Uma característica da tia Sylvia: seus livros são HOT. Independente de serem contemporâneos, fantasia ou históricos, as cenas de sexo são o ponto alto de seus livros. 
Mesmo sendo escrito na terceira pessoa, nota-se que o enfoque de quem vai correr atrás de quem é muito mais masculino do que feminino. Entretanto, as mulheres de cada conto não mostram-se submissas ou enfadonhas.
O lado positivo deste livro é que as histórias são curtas, pouco mais de 100 pag cada uma, o que facilita e agiliza a leitura. Você pode ler um conto e esperar outro dia para ler o outro. Como eu disse, apesar dos personagens se conhecerem e cruzarem entre histórias, as histórias têm começo, meio e fim.
Este livro foi listado como fazendo parte da série As Georgianas, mas não é. É um stand alone em seu original, mas por também ser histórico, a editora resolveu juntar aos outros e manter o padrão da capa, com aquele delicioso toque aveludado.

*Livro cedido pela parceria com a editora
**Gravuras de Jon Paul Ferrara. www.jonpaulstudios.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário