terça-feira, 24 de março de 2015

Kristen Proby - Falling for Jillian (Love Under the Big Sky #3)



Ficha técnica: Falling for Jillian
Autora: Kristen Proby
Editora Pocket Books
Lançamento original: 27/Janeiro/2015
Lançamento BR: ainda não
384 páginas
POV: primeira pessoa - Jillian e Zack
Gênero: Romance contemporâneo, Chick Lit

Protagonistas: Zack King e Jullian Sullivan
Local/ano: Cunningham Falls, Montana/atual

"Jillian pensou que ela era uma garota da cidade grande de ponta a ponta:  carros rápidos, alta moda e glamour, ela ama tudo isso. Mas quando seu ex diz a ela que ele está tendo um bebê com sua nova esposa (depois de Jillian ter lutado durante anos para engravidar), ela partiu de volta para Montana para chorar no ombro de sua melhor amiga, Cara.

Mas, na verdade, Jillian preferiria ser consolada por outra pessoa ... especificamente Zack, cunhado de Cara. 

Zack é um veterano da Guerra do Iraque, que voltou para a fazenda da família para criar seu filho pré-adolescente, após a mãe do menino ter ido embora. Ele está lutando para restabelecer um relacionamento com seu filho, e afastar os demônios da Síndrome do Distúrbio Pós-Traumático, que ainda o assombram. A última coisa que ele precisa é da corajosa Jillian ... mas por que ele não consegue manter suas mãos longe dela?"


Uma ex-soldado, com várias idas ao Afeganistão, Zack King luta diariamente suas duas grandes guerras: vencer o trauma de tudo que viveu durante a guerra e reconquistar o filho, agora com 12 anos, por não ter vivido o suficiente ao lado dele.

Desde sua última ida àquele país violento, Zack leva a vida mais pacata que pode, ajuda o irmão gêmeo, Josh, a cuidar do patrimônio da família, o rancho; passa o maior tempo possível perto do filho, aos poucos ganhando sua confiança e amor... e tenta se manter longe de Jillian Sullivan.

O último encontro deles, uma noite tórrida de amor, não terminou bem. Ele havia saído cedo para verificar  o filho que deixara na fazenda, e quando voltara para Jill, ela havia ido embora de Montana.

Agora ela estava de volta em definitivo. Zack não sabia o que tinha acontecido com ela em Nova Iorque, mas ela parecia mais arredia e até um tanto infeliz. Quando sua cunhada, Cara, recebe um telefonema à noite da amiga Jillian, pedindo ajuda com o velho aquecedor da casa que Cara lhe alugara, Zack não perde a oportunidade de uma reaproximação e vai ajudá-la no lugar de Josh.

Jillian era uma corretora de imóveis que amava o que fazia. Mesmo nos dias frios congelantes como aquele em que passavam em Montana - ela havia esquecido como lá era tão frio - não a desanimavam a continuar. Mas ela se sentia sozinha.
Sua melhor amiga, Cara, estava feliz vivendo com seu cowboy, e até seu irmão, Ty, finalmente dera o braço a torcer que sempre tivera uma queda por Laurenn e agora os dois estavam morando juntos.

Ela já havia passado por essa fase da descoberta do amor e se casado. Mudaram-se para NY e ela achava que havia realizado seu sonho: estava com o homem que amava vivendo na cidade mais famosa do mundo. Mas depois de tanto tempo tentando engravidar, ela um dia pegara seu marido na cama com outra. E pior, pouco tempo depois que se separara, ele se casara com esta, que estava grávida. Sentindo-se destroçada, Jillian volta à cidade natal, perto daqueles que ama, e tenta juntar seus caquinhos.

Encontrar Zack na festa do 4 de Julho havia sido uma grata surpresa, e quando terminaram o dia nos braços um do outro, parecia que a vida poderia entrar no eixo. Mas na manhã seguinte ela acordara sozinha, sem sequer um bilhete dele. Ela retorna a NY para sua vida. Só bem mais tarde ela volta a Montana e tenta se manter longe dele.

Depois de ter passado um dia com muito frio, apresentando uma casa nova a um casal todo apaixonado; ter sofrido uma batida no carro - mesmo sem grandes danos, agora ela só queria o aconchego de seu lar aquecido. Mas quem disse que aquela droga de aquecedor velho queria colaborar? Então, ela liga para Cara, dona da casa, e pede ajuda a Josh, mas em seu lugar vem Zack.

Sem ter conserto aquela hora da noite, o jeito foi aceitar a carona dele para ir dormir no rancho. A partir daí a convivência dos dois aumentou. Eles tinham amigos/família em comum, e Jillian realmente gostava da companhia dele.
Aos poucos eles vão acertando os ponteiros, um ciúme aqui, uma briga boba ali, mas a atração estava lá para quem quisesse ver.

Mas uma nuvem negra sempre iria pairar sobre a cabeça de Jillian: ela não poderia ter filhos. E apesar de ela adorar Seth, filho de Zack, ela queria passar por essa experiência. Nesse ínterim, a ex-esposa dele, Kensie, resolve aparecer do limbo com a desculpa de querer ver o filho e tê-lo de volta. Óbvio que Jillian agiu como uma leoa para cima da sirigaita e a colocou para correr.

Com tudo se acertando entre eles - ele, super orgulhoso com o gesto dela em relação ao filho -, uma bomba cai sobre a cabeça deles; quando Jillian menos esperava se descobre grávida. A maior felicidade de sua vida se junta à uma nova decepção: Zack se sentiu enganado e foi embora.

Neste, que parece ser o último livro da série, vemos a história de duas pessoas que se conheciam desde sempre (estudaram na mesma escola e sempre moraram na pequena cidade), tomaram caminhos bem diferentes e voltaram a se encontrar para sanar as feridas.
Jillian vinha de cinco anos de tentativas de engravidar e um coração partido. Zack vinha de um casamento feito porque a garota engravidou e anos de vivência em guerra.

Aqui não era uma questão de um ser a cura para o outro, porque na verdade, cada um teve que enfrentar seus próprios demônios para se sentir apto a conviver em sociedade, Zack um pouco mais que ela.

Zack tinha pesadelos sobre a guerra, que agora diminuíam um pouco (e esse lado acabou sendo pouco explorado pela autora). Mas sua carga mais pesada era o fato de ter se casado cedo demais, não ter ficado para ver o filho crescer e ter dado chance a Kensie de fazer a cabeça do filho contra ele (aspecto mostrado mais no livro #1, com toda a rebeldia de Seth).
Por isso, quando Jillian afirma que era estéril e de repende anuncia que está grávida, ele surta.
Mas como todo livro de Kristen Proby tem a característica do "vamos ser felizes", tudo só acaba quando termina bem.

Uma série fofa, para lá de romântica, com todos os altos e beijos entre os casais que o leitor espera que aconteça.
E acabou dando mais um filhote no meio, quando a autora participou de um projeto com outras grandes,  escreveu um conto sobre um casal amigo dos gêmeos, Grace e Jacob, que aparecem neste livro #3.
Resenha deste conto em breve.



4,5 estrelas.



2 comentários:

  1. Nossa que história linda, eu também não puderia engravidar, só eu sei a dor que carreguei, e milagrosamente aconteceu, foi um susto para todos, mas graças a Deus tudo se resolveu. Imagino o desenrolar dessa história.
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir