quarta-feira, 8 de abril de 2015

Kristen Proby - Easy With You (With You in Seattle Novella #8,5 - 1001 Dark Nights - Boudreaux #1,5)



Ficha técnica: Easy With You (1001 Dark Nights Collection)
Autora: Kristen Proby
Editora Evil Eye Concepts, Incorporated
Lançamento original: 24/março/2015
Lançamento BR: ainda não
116 páginas
POV: primeira pessoa - Asher e Lila
Gênero: Romance contemporâneo; Chick Lit; New Adult

Protagonistas: Asher Smith e Delila "Lila" Bailey
Local/Ano: New Orleans/atual

"Nada jamais veio fácil para Lila Bailey. Ela lutou por todas as coisas boas em sua vida durante todos os dias de seus 31 anos. Fora uma noite irresponsável impossível de negar, com um estranho, um ano atrás, Lila é o epítome da pessoa responsável.

Firme. Forte.

Ela se resgatou do desastre do trem de sua infância, orgulha-se de ser uma professor da Universidade de Tulane e estabeleceu raízes em uma cidade que ela aprendeu a amar. Mas quando algumas de suas alunas são cruelmente assassinadas, Lila fica abalada profundamente e não tem certeza em quem ela pode confiar em New Orleans. Quando o detetive de polícia designado para o caso do assassinato trata de investigar, ela fica ainda mais surpresa ao encontrar-se olhando nos olhos do homem que a fez ver estrelas há quase um ano.

Em uma tentativa de seguir em frente com a perda trágica de sua esposa, Asher Smith se mudou com sua filha para uma nova cidade, pronto para um novo começo. Um tenente muito bom em seu trabalho, mas novo para a força de New Orleans, Asher tem muito a provar a seus colegas e a si mesmo.

Com um assassino aterrorizando o campus da Universidade de Tulane, Asher encontra-se cara a cara com a única mulher que assombra seus sonhos. Suas mãos, seus lábios, seu corpo,ele a conhece tão intimamente como jamais conheceu ninguém. Quando ele a conhece melhor, coração e mente, Asher não quer nada mais do que mantê-la a salvo, em sua cama, e em sua vida e na de sua filha para sempre.

Mas quando Lila torna-se o alvo, pode Asher salvá-la a tempo, ou ele vai perder outra mulher que ama?"

Confusão no cabeçalho da resenha? Vamos explicar: este livro faz parte da série With me in Seattle porque Asher era o parceiro de trabalho do detetive Matt Montgomery (ele aparece rapidamente no livro Tied with me, quando Matt vai até a confeitaria de Nic com Asher e eles compram alguns cupcakes). Ao mesmo tempo faz parte da nova série Boudreaux porque Lila é a melhor amiga de Kate (a protagonista do livro #1) e ela aparece naquele livro na noite de bebedeira entre amigas. Já a série Dark Nights é formada por um grupo de autoras que lançam algum stand alone recriando as histórias de Sherazade (em tempos modernos), contando 1001 histórias. A cada vez um livro diferente é lançado (mais informações sobre esta série na página do GOODREADS.

Mas vamos partir à resenha deste livro em questão.
É curto, um conto, que mistura romance, erotismo e suspense.

Lila é professora de História das Mulheres Americanas, na Universidade de Tulane. Pode parecer algo banal, mas a caminhada dela até aqui foi árdua.
Sua mãe a abandonou antes mesmo dela andar, e seu pai passava mais tempo bêbado e se drogando do que prestando atenção no que sua filha poderia estar fazendo. Foi a amizade com Kate que manteve Lila sã e nos eixos.
Agora ela estava feliz por seu novo trabalho, há pouco menos de 1 ano, mas, por outro lado, casos de estupros e assassinatos de suas alunas, em especial das que faziam parte de um grupo de estudo semanal, estavam assombrando o campus. Três delas já haviam sido vítimas.

É quando aparece na sala dela, na universidade, a detetive Jordan e o Tenente Smith, para lhe fazer algumas perguntas.
Ela se espanta ao vê-lo porque de primeira mão pareceu que ele não a reconheceu...
Onde eles se viram antes?

Nove meses atrás, quando Lila estava vindo de Denver para NOLA, para visitar Kate, acidentalmente no avião ela caiu no colo de Asher. Eles conversaram até pegarem suas bagagens na esteira mas foi só.
Ela havia comentado com Kate sobre o policial sexy que ela havia conhecido no aeroporto mas que não trocaram telefones.
Na noite das meninas, a feliz coincidência em encontrá-lo no mesmo bar!
Pouca conversa, mais bebida, e logo estavam no quarto do hotel dele para uma noite para lá de quente. Ela de Denver, ele de Seattle, não daria certo um relacionamento à distância.

Mas acontece que Lila conseguiu a vaga de professora em NOLA, e seis meses depois desse encontro, Asher decidiu ouvir os conselhos de seu irmão Mike, que já morava em NOLA com a esposa e dois filhos, e mudou-se para lá com sua filha de 10 anos, Casey.

O assassino serial acabou colocando-os mais uma vez juntos.

Como todas as pessoas na cidade, Lila sabia dos casos de assassinatos, mas não sabia que cada um deles era direcionado a ela. Junto às vitimas, o assassino deixava um bilhete ameaçando o que iria fazer com uma certa professora, e agora era trabalho de Asher descobrir quem era essa pessoa e por que queria fazer mal a Lila.

Mais do que uma vítima em potencial, Asher precisava proteger Lila. pois, desde aquele encontro, ela havia conseguido derrubar muros que ele tinha construído em volta de si desde a morte de sua esposa, e ele não iria novamente perder alguém que lhe importava para algum psicopata.



E nós voltamos a New Orleans (NOLA), ao bairro francês, ao Café du Monde e seus famosos beignets.
Mais uma vez a autora consegue fazer com que a cidade seja mais um dos personagens.

O enredo é simples e o assassino, fácil de descobrir. O ponto alto é sempre o romance.
Lila é uma sobrevivente em todos os sentidos. Já Asher...Bom, digamos que ele...Uau!!!



Ambos ficam fascinados um pelo outro. Num primeiro momento, o tesão; a noite repleta de paixão por saberem que só duraria uma noite. Mas o reencontro acendeu uma chama que sequer sabiam que existira.
O perigo, a adrenalina, acabam sendo um fator que mantém o interesse em alta, já que eles iam ter que conviver por um tempo.
A aceitação de Casey à suposta namorada do pai - quando ela ainda não o era - facilita muito as coisas, e logo Asher se vê nas mãos manipuladoras de sua filha cupido.

O fato de ter perdido sua primeira esposa para um outro serial killer em Seattle, fez com que Asher se desdobrasse em resolver esse caso. Se seu assunto com Lila estava ficando sério, nada poderia atrapalhar qualquer plano num futuro próximo.

Como sempre o casal tem o seu felizes para sempre.
Como a série de Seattle acabou, agora é esperar os próximos dos irmãos Boudreaux porque desses ainda tem muito romance pela frente!!

Um conto para fazer sonhar. Cumpriu seu objetivo.
5 ESTRELAS!!


a autora

Um comentário: