quarta-feira, 24 de junho de 2015

Maratona Rom Históricos - Diana Gabaldon - O Resgate no Mar Parte 1 (Outlander #3)



Ficha técnica: Outlander - O Resgate no Mar (Voyager)
Autora: Diana Gabaldon
Editora Saída de Emergência
Lançamento original: 1994
Lançamento BR: junho/2015
592 páginas
POV: terceira pessoa e primeira pessoa - Claire
Gênero: Romance de época; Chick Lit; Aventura; Drama

Personagens: Claire Randall; Brianna Randall; James MacKenzie Fraser; Roger Wakefield
Local/ano: Lallybroch; Inverness; Ardsmuir; Drumnadrochit; Lago Ness; Edimburgo/1746/52/55/56/58; 1968

"Há vinte anos Claire Randall voltou no tempo e encontrou o amor da sua vida – Jamie Fraser, um escocês do século XVIII. Mas, desde que voltara à sua própria época, ela pensava que ele tinha sido morto na Batalha de Culloden. Agora, em 1968, que seu amado pode estar vivo. A memória do guerreiro escocês não a abandona... seu corpo e sua alma chamam por ele em seus sonhos. Claire terá que fazer uma escolha: voltar para Jamie ou ficar com Brianna, a filha dos dois?

Jamie, por sua vez, está perdido. Os ingleses se recusaram a matá-lo depois de sufocarem a revolta de que ele fazia parte. Longe de sua amada e em meio a um país devastado pela guerra e pela fome, o rapaz precisa retomar sua vida.

As intrigas ficam cada vez mais perigosas e, à medida, que tempo e espaço se misturam, Claire e Jamie têm que encontrar a força e a coragem necessárias para enfrentar o desconhecido. Nesta viagem audaciosa, será que eles vão conseguir se reencontrar?"

Terminamos o livro #2 com Claire assustada diante da descoberta de Roger Wakefield: Jamie Fraser não havia morrido na Batalha de Culloden. Dividida em suas emoções, ela parte à procura do desenrolar da história dele após a partida dela...



Boa parte do livro fica no vai e vem de época, ora é o POV de Jamie e tudo que ele vem sofrendo (foi preso inúmeras vezes, sofreu terríveis ferimentos e teve que se virar para sobreviver, financeiramente falando), ora Claire, acompanhada da filha, já adulta, Brianna, e do historiador Roger (lembra do menininho na casa do padre no livro #1?)

A busca leva algum tempo, mas em nenhum momento Claire esmoreceu. Mesmo tendo voltado no tempo - para salvar a criança que levava no ventre - e vivido com Frank, até a morte deste num acidente de carro -, Claire nunca esqueceu Jamie ou deixou de amá-lo.

"- James MacKenzie Fraser - murmurou ele. Ergueu os olhos do papel para a mulher adormecida no sofá. A luz acabava de tocar a curva de sua orelha; ela remexeu-se levemente e virou a cabeça, em seguida seu rosto deixou-se cair outra vez na sonolência - Não sei quem você era, companheiro - murmurou para o escocês invisível -, mas deve ter sido alguém formidável para merecê-la."


Descobrindo que Jamie vivera em Edimburgo sob a alcunha de Alexander Malcolm, ela vai até as pedras sagradas e volta no tempo, levando consigo um presente de Brianna para o pai.
Jamie tinha uma gráfica e era conhecido como sendo mestre-impressor e livreiro. Quando ela chega à gráfica dele e eles se veem pela primeira vez, depois de 20 anos, a emoção falou alto...

"- Você é real - murmurou ele. Eu já o achara pálido. Agora, todos os vestígios de cor desapareceram de seu rosto. Seus olhos reviraram-se para cima e ele desabou no chão numa chuva de papéis e outros objetos que haviam estado sobre a prensa. Caiu graciosamente, de certa forma, para um homem tão grande..."

A partir daí eles se reconectam. Mas ao mesmo tempo em que eles se conheciam tão bem e se amavam como sempre, muito tempo havia se passado; ambos haviam mudado, e havia facetas da vida de Jamie que Claire ainda viria a descobrir; como o fato de que agora ele já não era tão honesto assim.
E conhecendo seus novos amigos - como um chinês que tem fixação por pés! -, fugas, explosões e tantas novidades a contar - como a cena em que Claire dá a Jamie o presente enviado por Brianna (cena linda!!!), ele resolve que é hora de retornar ao seu lar, Lallybroch, e é lá que Claire terá a maior das surpresas...



O livro foi dividido em duas partes, portanto, ainda tem muita água pra rolar debaixo dessa ponte. Novas descobertas sobre o que Jamie andou fazendo ao longo desses 20 anos. Algumas delas talvez não agradem tanto ao leitor, mas era o que se podia fazer na época.

Apesar do cliffhanger tamanho mamute... 5 estrelas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário