segunda-feira, 17 de agosto de 2015

ESQUENTA BIENAL | Kylie Scott - Lick (Stage Dive #1)



Ficha técnica: Lick
Autora: Kylie Scott
Editora Universo dos Livros
Lançamento original: 2013
Lançamento BR: 2015
304 páginas
POV: primeira pessoa  - Ev
Gênero: Romance contemporâneo; Chick Lit; YA maduro

Protagonistas: Evelyn Jennifer Thomas e David Vincent Ferris
Local/ano: Las Vegas; Portland; Monterey; Los Angeles/atual

"No impulso de uma noite de diversão e bebedeira em Las Vegas, Evelyn Thomas casou-se com um desconhecido. No dia seguinte, porém, ela se deu conta de que aquilo fora um terrível engano. Então, decidiu manter este pequeno deslize em segredo. O que Evelyn não sabia era que havia se tornado a esposa do cobiçado David Ferris, guitarrista da famosa banda de rock Stage Dive. Agora, ao retornar para sua casa em Portland, ela terá de enfrentar as perseguições de repórteres, fugir às loucuras das fãs do astro e ainda encarar sua família, que não demonstrou nenhum contentamento com o ímpeto matrimonial da jovem filha. Será que Evelyn conseguirá resistir às delícias de David a fim de permanecer como “a garota certinha” ou decidirá embarcar nessa glamourosa aventura junto ao marido rockstar?"



Os fãs do estilo de Abbi Glines vão gostar dessa série


Nem tudo que acontece em Vegas, fica em Vegas... Que o diga Evelyn, uma garota simples, filha exemplar, que resolveu dar ouvidos a amiga Lauren e foram comemorar seu aniversário de 21 anos em Vegas. Muita bebida, sexo casual e nada mais.

Mas ao acordar com uma baita ressaca no dia seguinte, Ev não lembrava-se de nada que ocorrera. Mas percebeu de cara que não estava sozinha.
E sua não solidão era preenchida - e diga-se de passagem, MUITO BEM PREENCHIDA -, por um cara gostoso que vestia uma calça jeans - e somente ela - muito bem.
O problema era: quem era esse cara?

Ele de imediato deu-lhe uma aspirina e foi super fofo com ela... até a página 2; quando ele percebeu que ela não se lembrava de nada, especialmente quem ele era e por que estavam ali.
Ah, sim! A verdade cai sobre ela como uma tijolada quando ela percebe o enorme anel Cartier na mão esquerda dela. E quando você se casa na presença de Elvis, meu chapa, ferrou!

A ideia era um divórcio discreto. Ev estava prestes a começar um estágio num famoso escritório de arquitetura que seu pai tivera um baita trabalho para arranjar-lhe. Ela não era a filha problemática, impulsiva; esse título ela deixava para seu irmão Nathan. Mas mal seu avião pousou em Portland, seu segredo foi por água abaixo.
Repórteres e fãs estavam à sua espera querendo saber sobre seu casamento secreto com o famoso guitarrista David Ferris, da banda Stage Dive. E sua vida acaba de virar pelo avesso.

Todo e qualquer lugar que ela pensasse em se esconder estava tomado pelos paparazzi. Foi quando um homem desconhecido apareceu à porta da casa de seus pais dizendo ter sido mandado por David e que seria melhor se ela passasse os próximos dias com ele, enquanto esperavam os papéis do divórcio.
Sem ter muita opção - sua mãe já estava dormindo dopada no quarto depois de toda aquela comoção -, Ev aceita a temporada forçada.

Viver na casa de um rock star não era exatamente o que Ev desejava na vida. Chegando lá já deu de cara com uma festa de arromba regada a muita gente famosa, bebida e mulheres pouco vestidas. Para completar, ainda teve que se deparar com um showzinho de falta de educação do seu "marido". Mas ela não deixou barato, e ainda acabou ganhando o apoio do baterista da banda, Mal, ou Malcolm.

Nos dias que se seguiram, Evelyn e David passaram a conviver longe dos holofotes e nessa espera houve a compreensão de que, mais do que uma noite de bebedeiras, o encontro deles em Vegas poderia ter sido obra do destino...




Este é um daqueles livros em que, primeiro, a capa chama uma baita atenção!!
Na verdade as 4 capas da série são lindas!
Aí, você lê a sinopse, gosta, mas como não conhece a autora, fica meio assim... Mas vai lá, se arrisca.

Gente!!! Não consegui largar!!

É bem o que disse no início da resenha, o estilo lembra bem o de Abbi Glines.
Apesar de se tratar de uma banda de rock, a autora não perde muito tempo descrevendo o backstage. Há cenas de ensaios, gravações, mas tudo sem muita profundidade.O intuito dela é focar no romance.

Outra coisa boa: é romance, não é eroticão. Então, apesar de se tratar de um grupo de rock, não espere bundas e tetas sendo descritas o tempo todo.

O encontro de David e Evelyn é meio que mágico. A princípio tudo fica meio nublado de como tudo aconteceu, já que a personagem estava com uma baita ressaca e certo esquecimento, mas aos poucos o romance vai se revelando e a virada dele é fofa. Quem disse que caras lindos tatuados não se apaixonam?

Na série cada livro é de um membro da banda, portanto, sem cliffhanger.

Obviamente os outros membros da banda já nos são apresentados. Uns fofos, outros crápulas. Há ainda uma terceira pessoa que tenta sabotar o romance do casal. E ainda, uma questão familiar bem interessante - que tenho certeza muitas pessoas já passaram por isso - que Ev vai precisar encarar.

Enredo bom e ritmo sem encheção de linguiça.

Romance com leitura gostosa. Esperando o resto da série.

5 ESTRELAS.

Sobre a autora


Goodreads  |  Website  |  Facebook  |  Twitter


Faltam 17 dias para a Bienal/RJ


*Livro cedido em parceria com a editora em troca de uma resenha de opinião honesta

Um comentário:

  1. Se eu já estava louca para ler este livro, agora lascou foi tudo. porque fiquei ainda mais ansiosa. E amei uma coisinha... "é romance, não é eroticão". Aleluia!!! Melhor assim... Adoro! :D

    Amei a resenha, Vania! :*

    ResponderExcluir