quarta-feira, 19 de agosto de 2015

ESQUENTA BIENAL | Nora Roberts - Feitiço da Sombra (Primos O'Dwyer #2)



Ficha técnica: Feitiço da Sombra (Shadow Spell)
Autora: Nora Roberts
Editora Arqueiro
Lançamento original: 2014
Lançamento BR: julho/2015
288 páginas
POV: terceira pessoa
Gênero: Romance contemporâneo sobrenatural; Chick Lit

Protagonistas: Iona Sheehan; Branna e Connor O'Dwyer; Boyle McGrath; Meara Quinn; Finbar Burke
Local/ano: Condado de Mayo,Irlanda/ 1268; 2013

"Connor O’Dwyer se orgulha de chamar o Condado de Mayo de seu lar. É lá que Branna, sua irmã, mora e trabalha e onde Iona, sua prima, encontrou o verdadeiro amor. Foi nessa terra que seus parentes e amigos formaram um círculo de proteção que nunca poderá ser rompido... Até que um beijo põe em risco a segurança de todos. 

Depois de um breve encontro com a morte, Connor e a melhor amiga de sua irmã se entregam um ao outro. Eles se dão bem desde a infância e, depois do tórrido encontro, o rapaz tem esperança de que esse relacionamento evolua. Para frustração dele, no entanto, Meara se contenta apenas com o prazer do momento, temendo se perder – e perder a amizade dele. Essa mudança em sua relação pode abalar o círculo e permitir que uma perigosa ameaça ressurja aos poucos, como uma névoa. Para detê-la, Connor precisará novamente da família e dos amigos para despertar a força e a fúria que correm em seu sangue. Quem sabe pela última vez."


Connor estava feliz com a vida que levava.
Era irmão da Bruxa da Noite, Branna, trabalhava com seus falcões, podia ter a mulher que quisesse para aquecer sua cama porque era bonitão e simpático. Além disso, contava com a amizade de Boyle e Fin, sócios no estábulo, e sua falcoaria ia muito bem nos negócios de turismo.
Seu dom de falar com os falcões - e um deles era o seu animal protetor, Roibeard - facilitava que seu negócio fosse próspero e seu nome conhecido em toda Irlanda.

Para que tudo fosse perfeito, até o momento, só faltava uma coisa: que eles vencessem Cabhan, um bruxo poderoso que no passado havia destruído Sorcha, uma poderosa Bruxa da Noite que, para proteger seus três filhos, havia subdividido seu próprio poder entre eles e sacrificado sua vida. E previu que quando três de seus descendentes mais uma vez estivessem vivendo na mesma época, o bruxo finalmente seria vencido.

Bom, a tentativa anterior não havia sido tão bem sucedida, e por pouco eles não perderam Iona, a prima americana deles, que ainda se encontrava como um elo fraco por ter sido criada longe de suas tradições.
Agora Iona estava mais preparada. Fazia aulas de esgrima com Meara, uma amiga que trabalhava no estábulo como guia de caminhadas e cavalgadas. Esta, apesar de não ser bruxa, conhecia o poder dos irmãos O'Dwyer e de Iona e os ajudava sempre que possível, assim como Boyle, atual noivo de Iona, e Fin, também bruxo e descendente de Cabhan. 

Baseados em sua última tentativa em derrotá-lo, eles procuravam encontrar as falhas no ataque que fizeram.
Cabhan saíra enfraquecido de seu confronto, mas rondava em sua forma de lobo ou sombra para descobrir como penetrar na couraça deles, em especial de Branna.
Num desses ataques, Connor é gravemente ferido, e Meara, amiga dele desde a infância, fica tão desesperada ao achar que a princípio ele havia morrido, que quando ele melhora e a leva para casa, ela não se segura e o beija. Esse beijo muda todo o foco deles, mas também de Cabhan, que descobre ali uma forma de derrotá-los.

Meara tem algumas questões em seu passado, rusgas familiares, que a deixaram fragilizada. Culpa de várias maneiras a consomem. E para ajudar os seus amigos bruxos, ela terá de encarar a cada uma delas.

Os ataques de Cabhan tornam-se cada vez mais ousados.
Ao mesmo tempo, a aproximação de Connor e Meara se intensifica. De meros amigos, eles passam a viver a incerteza de um novo sentimento. Até que um deles finalmente se encontra, e o outro foge. E essa fuga acaba por facilitar e romper o círculo de proteção deles e nesse momento, o feitiço da sombra pode acabar tendo a sua vitória...

flor campânula

Livro #2 da série, os seis amigos (e parentes) precisam encontrar um meio de vencer Cabhan.
O dia a dia deles é repleto de magia, até nas coisas mais simples.
As descrições de alguns aspectos da vida deles é bem detalhada, inclusive a forma com que Connor se apercebe fazendo parte do círculo mágico no que se refere a seus falcões, é tão bonita, que o leitor se sente tentado a estar ali, presenciando aquela maravilha.

Cada personagem tem a sua importância, mesmo que a cada livro um casal seja o destaque.
Neste aqui, mais uma vez um bruxo se une a uma não bruxa, mas nem por isso Meara se torna a mais fraca. E pistas sobre o próximo casal da vez, Fin e Branna, já foram dadas desde o livro anterior (do porquê apesar de se amarem há anos não conseguem ficar juntos).
Bom ritmo. Personagens já conhecidos, com isso o leitor já tem uma conexão. Trama com mais ação. E a batalha deste foi bem melhor que do livro anterior.

5 estrelas.


Faltam 15 dias para a Bienal/RJ


*Livro cedido pela editora, em parceria, em troca de uma resenha de opinião honesta

Nenhum comentário:

Postar um comentário