quinta-feira, 12 de novembro de 2015

[MARATONA ROM HIST] Linda Bridey - Westward Dance (Mail Order Bride #2)




Ficha técnica: Westward Dance
Autora: Linda Bridey
Editora Gold Crown Press
Lançamento original: julho/2014
Lançamento BR: ainda não 
163 páginas
POV: terceira pessoa
Gênero: Romance de época - Western americano; Chick Lit

Protagonistas: Madelyn "Maddie" O'Connor e Seth Samuels
Local/ano: Montana; Pittsburgh/não mencionado

"Madelyn O'Connor é bonita, popular e confortável com sua vida de menina rica. Isto é, até ela ser brutalmente atacada pelo filho de uma das famílias mais ricas em Pittsburgh. Seus pais estão prontos para lutar  nos tribunais, mas Madelyn não quer qualquer publicidade sobre o assunto. Ela quer esquecer o que aconteceu, mas não pode. Sua família fica cada vez mais preocupada com o estado depressivo que ela cai e eles tentam encontrar maneiras de ajudá-la, mas nada parece funcionar.
Tessa sente que seria melhor para Madelyn ficar longe da cidade e quer que ela venha a Montana, mas Madelyn é resistente à idéia. 

Seth Samuels, cunhado de Tessa, lesionou-se quando ele e seus homens são atacados por cães selvagens em uma campanha de gado. Ele fica ansioso com a perspectiva de não ser capaz de voltar ao trabalho.
Tessa vê duas pessoas que ela ama sofrendo e pensa que talvez eles possam ajudar um ao outro quando ninguém mais pode. Ela apela para Seth para ajudar a convencer Madelyn a  vir para o Oeste. 
Madelyn e Seth começam a trocar cartas, nas quais Seth seduz Madelyn para vir conhecê-lo. 
Ela acha-o charmoso e, eventualmente, não pode resistir a suas súplicas. 

Quando Seth e Madelyn se encontram, eles são imediatamente atraídos um pelo outro, mas quando a condição de Seth torna-se ainda mais grave, ele está preparado para enfrentar o pior. Madelyn não está pronta a desistir dele, no entanto, e torna-se determinada a ajudar o homem que encontra-se tão ferido quanto ela.
Juntos, eles embarcam em uma jornada de recuperação.
Como a sua relação se aprofunda, há aparentemente insuperáveis obstáculos que ameaçam separá-los. Poderia cada um se comprometer a fim de ter um futuro juntos? Ou o orgulho impediria-os de realizar seus sonhos?"


Maddie e Theo Wilson cresceram praticamente juntos; ela o considerava como um irmão. Ele estudava para ser advogado.
Numa noite, enquanto passeavam juntos, Theo decidiu ultrapassar as regras e quase violentou Maddie porque ela resistiu à insistência dele. Só não chegou às vias de fato, mas deixou-a bem machucada, porque um casal passava pelo local e a acudiu.
Levada ao hospital, seus pais foram chamados e o plano era dar queixa de Theo, mesmo que suas famílias fossem amigas há anos.
Envergonhada, Maddie pede ao pai que não o faça. Mas isso não impede que a notícia se espalhe e, apesar de Theo não ter sido processado, a sociedade não aceitou mais a presença dos Wilson em seus salões, por medo que suas filhas sofressem o mesmo fim.

O tempo vai passando e Maddie, de uma jovem radiante, sempre sorrindo e pronta para participar em todas as atividades da sociedade, fecha-se em copas e fica cada vez mais deprimida.
Sua irmã Tessa (livro #1), morando em Montana na fazenda de seu marido, com seus filhos, o pequeno Michael - fruto do casamento deles - e Saddie e Jackson - do primeiro casamento de Dean -, preocupada com a situação, sugere que a irmã e seu cunhado se escrevam. Os dois estavam passando por problemas e poderiam encontrar alento um no outro.

Enquanto isso, lá na fazenda, enquanto Dean, o segundo filho, cuidava da fazenda em si, seu irmão mais velho, Seth, preferia lidar com o gado, e acaba sofrendo um grave acidente quando sofre um ataque por cães selvagens. Acaba tendo a perna quebrada em dois lugares e a clavícula machucada quando o cavalo cai em cima dele.
Impossibilitado de trabalhar, e de andar, Seth, muito mal-humorado, passa os dias sentado e com muita dor.

Quando Tessa lhe sugere escrever para a irmã dela, ele aceita e nisso nasce uma amizade.
Para ajudar ainda mais a Maddie em sua depressão, ela é levada pelo pai para passar um tempo na fazenda da irmã.

Os dois se encantam um com o outro e mesmo com mazelas diferentes, os dois estavam com suas almas atormentadas.
A perna de Seth não estava sarando como devia, e o médico da pequena cidade de Dawson já tinha usado todos os recursos possíveis para o local.
Foi, então, sugerido que ele fosse para um lugar com mais recursos e o pai de Tessa e Maggie imediatamente se pôs a ajudar levando-o para Pittsburgh.
A ideia não era levar Maddie com eles; ela precisaria de tempo para "lamber as feridas" do ataque sofrido, mas ela quis voltar com eles.

Em Pittsburgh, Seth vai a um médico que vê a possibilidade de ajudá-lo com uma cirurgia.
Mas durante o tempo das consultas, exames e recuperação pós-cirurgia, Seth e Maddie ficaram cada vez mais unidos, até que ele entende que algo a mais poderia surgir dali, e toma a coragem em pedi-la em casamento, mesmo sabendo que ele era um cara sem grandes posses para a rica filha de um empresário.
Ele escreve para o irmão e pede segredo e dinheiro para fazer uma grande surpresa para Maddie. Com todo o romantismo que lhe cabe, ele a pede em casamento e ela...rejeita.

Desiludido, ele vai embora.
No dia seguinte à sua partida, sai no jornal local que Theodore Wilson havia sido atacado por um homem enorme e desconhecido. Imediatamente os pais de Maddie sabiam que tinha sido Seth.

Depois de tanto sofrimento, tantos sonhos quebrados e ainda com muito medo, Maddie cai em si que Seth era o homem certo para ela. Mas teria como a mais frívola das filhas O'Connor abrir mão da cidade grande para viver numa fazenda? Será que Seth ainda a queria?
Agora seria a vez de Maddie em mostrar que eles poderiam ser o par perfeito para a última dança...



Segundo livro da série, traz um enredo um pouco mais denso que o anterior.
Enquanto Tessa foge de sua casa para conhecer um fazendeiro que poderia trazer um pouco de aventura à sua vida, já que ela não se encaixava com a vida que levava em sua cidade, Maddie estava totalmente feliz com a vida que tinha. Ela ia aos bailes e jantares oferecidos pela sua família e as outras, sendo sempre muito popular. Ela sonhava em encontrar alguém que amasse, constituir sua família e ser feliz.
Mas um amigo de infância, alguém em quem ela confiava, acaba por tirar todas as esperanças dela. Ele não consumou o ato, mas deixou cicatrizes nela que estavam mostrando-se difíceis de cicatrizar.

Com o início da troca de cartas entre ela e Seth, nem eles mesmos acreditavam que pudesse dar em algo, mas com o passar dos dias, apesar de ainda não se sentir pronta pata encarar a sociedade numa boa, ela pelo menos já se sente bem para sair do quarto e buscar a companhia da família.
Quando é sugerido que ela vá para Montana, a ideia vem de bom grado.
E a afinidade que tiveram nas cartas, estendeu-se pessoalmente e eles passavam bastante tempo juntos.
Quando Seth precisou de ajuda para procurar um médico com mais recursos, imediatamente o Sr. O'Connor se colocou à disposição, e logo Maddie estava junto.

Um já confiava no outro. Quando Maddie tinha seus pesadelos, era no quarto de Seth que ela buscava refúgio. Isso fez com que novos sentimentos surgissem.
Mas no pedido de casamento, Maddie ainda não se sentia preparada a entregar-se em total confiança a alguém e acovardou-se. Mas com a partida dele ela acordou, e agora precisaria mostrar que o passado poderia finalmente ficar onde deveria ficar.

Um livro também não muito grande, mas com uma história delicinha.
Sem ser hot, mas bem romântico, a autora mostra um romance de época típico do western americano.
Sem cliffhanger.
E o próximo livro traz a terceira e última irmã O'Connor, Clarie, a erudita, que vive às turras com Marcus...


5 estrelas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário