quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Vivian Lux - Jax: a rockstar stepbrother romance



Ficha técnica: Jax
Autora: Vivian Lux
Editora Velvetfire Press
Lançamento original: 24/novembro/2015
Lançamento BR: ainda não
232 páginas
POV: primeira pessoa - Lily e Jax
Gênero: Romance contemporâneo; Chick Lit

Protagonistas: Jaxson Blue e Liliana Nesbit
Local/ano: NY; California; Paris/atual

"Ele é JAX. 
Ele é um rockstar. 
Ele ferrou com tudo. 
Ele quebrou meu coração. 
Ele é meu novo meio-irmão. 

Jaxson Blue é a realeza do rock: o filho de um dos maiores nomes do planeta. Ele foi o meu primeiro ... tudo. Então, ele quebrou meu coração da forma mais pública possível. Eu nunca mais quero pensar sobre ele. Pena que a sua música parece me seguir onde quer que eu vá. Agora meu pai nômade vai se casar com a mãe da estrela de rock Jax e nós quatro teremos de coexistir na mesma casa por duas semanas. 
Jax ainda é o mesmo sexy, idiota arrogante que eu me apaixonei, e eu estou muito fraca para resistir a ele por muito tempo. 
Então, eu fiz um acordo comigo mesma. 
É só até o casamento. 
É apenas uma aventura. 
Isso não significa nada. 
Eu não estou fazendo nada de errado ... certo?"




Com profundos olhos azuis, que fazem juz a seu sobrenome, e com mechas da mesma cor nos cabelos, corpo tatuado, Jax é a nova sensação da música. Sua nova música "Lil Bit" toca em todos os lugares. Isso seria maravilhoso se para Lily isso não significasse a sua vergonha.

Aquela música fora feita depois de ela ter se entregado a ele, um ano atrás, por estar irremediavelmente apaixonada por esse cara que conhecia há anos.

O pai de Lily, Nails Nesbit, separou-se da mãe dela quando ela tinha 3 anos. Ele foi atrás de seu sonho do rock and roll. Nunca ficou famoso, mas acabou se envolvendo com a banda de Annie Blue. E a partir daí, os dois desenvolveram um relacionamento ioiô.

A mãe de Lily casou de novo, mas seu marido já trazia filhos do relacionamento anterior também e assim, Lily era quase um fantasma dentro de casa, porque os pestinhas de seu padrasto tomavam toda a atenção.
Quando Lily fez 15 anos, sua mãe morreu de câncer no ovário e só então o padrasto acordou que tinha uma menina em casa.
Ela entrou em contato com seu pai e deu uma banana para sua antiga família. Foi assim que ela conheceu Jax.

Ele ainda não era famoso, mas como era filho de uma lenda do rock ainda na ativa, ele queria fazer um nome para si.

Jax e Lily se envolvem. Ela se apaixona e cede para ele.
Nesse período ele começa a fazer suas aparições em shows e numa entrevista, a qual Lily assistiu na TV, quando perguntado se tinha alguém especial em sua vida, ele diz que não. Quando ela vai atrás dele e o encontra numa festa regada a bebida, drogas e mulheres seminuas, mais uma vez ele a magoa, e só então ela percebe que ali ela era a única a sentir alguma coisa genuína.

Ela vai embora para NY para estudar e começa a escrever romances de época (a impressão que dá é de que ela era autora indie) e faz relativo sucesso.

Mas, depois de tantos anos, finalmente Nails e Annie vão se casar. Do modo TRADICIONAL. E para tal, querem os seus filhos perto.
Lily é chamada para passar as próximas duas semanas com eles. Na mansão que Annie comprou para montar seu próprio estúdio. Perto demais de Jax.

E você começa a ver o lado de Jax.
Criado por uma mãe rockstar, ele sempre viveu em meio aos bastidores, sexo, drogas e rock. Sua casa era a mesma do resto da equipe de Annie, como se fosse uma grande república, pouca privacidade.
A sensação que ele tinha era que, mesmo quem trabalhava com ele em sua nova carreira, estava fazendo por ele ser filho de quem era, não porque realmente acreditava em seu potencial.
A única pessoa que parecia enxergá-lo era Lily, sua Lil Bit, mas de alguma forma, no ano anterior, ele tinha sido um cretino e ela fez o que sabia fazer de melhor: fugiu.

Agora era sua oportunidade de provar que o que sentia por ela era verdadeiro.
Seu novo álbum estava empacado porque ele estava tão focado no retorno dela, mesmo que por poucos dias, que não conseguia se concentrar para compor.

Ao se encontrarem a atração ainda estava forte, mas ela procurava evitá-lo o máximo. Até que num embate entre eles, finalmente ela presta atenção na letra da famosa música.
Mas ainda havia o problema de seus pais estarem se casando e ela e Jax passarem a ser meio-irmãos. Teria como tantas adversidades serem vencidas?

O enredo é bonzinho, mas tudo acontece rápido demais.
Os personagens não têm profundidade. E o romance é muito adolescente para ser já tão definitivo.
Sem cliffhanger.

3,5 estrelas.

Sobre a autora 




Nenhum comentário:

Postar um comentário