quinta-feira, 31 de março de 2016

{{Curiosidades}} Asilos/Manicômios

Asilo para Lunáticos West Riding, em Yorkshire, 1818



ASILOS/MANICÔMIOS




E já que mencionamos no post anterior sobre razões para se internar um familiar num asilo, vamos falar sobre eles.

Um dos clássicos amplamente lido e amado, JANE EYRE, escrito por Charlotte Bronte, retrata o caráter de uma mulher insana, Bertha Mason, dando-nos uma visão das atitudes predominantes em relação à doença mental na era vitoriana.

Tais locais eram um reflexo claro das condições pobres e abusivas, com superpopulação, dentro dessas instituições. Muitas delas "alimentavam" seus doentes a pão seco e água, às vezes leite no café da manhã e uma sopa rala no jantar. Isso sem contar a sujeira e a falta de ventilação.

foto de um asilo para mulheres

Não havia alas diferentes para diferentes tipos de doença; todos eram colocados no mesmo local, e com o passar do tempo, caso alguém são fosse internado lá por algum motivo escuso da família (veja lista abaixo), acabava ficando mesmo louco pela convivência.

Pacientes no jardim do asilo, K. H. Mertz, de 1834


Quando a Rainha Vitória subiu ao trono, as coisas começaram a mudar e as condições melhoraram ligeiramente. Novos hospitais privados e asilos foram construídos para atender a crescente necessidade de instalações médicas para doentes mentais.

Entretanto, há vários casos em que pessoas eram internadas não porque sofressem de fato de uma doença mental, mas porque familiares queriam se "livrar" de um problema. A lista para "motivos" para a internação seria cômica se o assunto não fosse tão sério...

Motivos para internação nos anos 1800s:

*Ira e problemas nos negócios;
*ser chutado na cabeça por um cavalo;
*ser maltratada pelo marido;
*problemas imaginários femininos;
*histeria;
*vida imoral;
*ciúme;
*preguiça;
*casamento do filho (seria a Síndrome do Ninho Vazio????);
*masturbação e sífilis;
*LER ROMANCES;
*vício do ópio;
*estudar demais sobre religião;
*política;
*asma;
*morte de filhos;
*ser abandonada pelo marido;
*hábitos dissolutos;
*aflição doméstica;
*epilepsia;
*vícios em geral; 
*varíola;
*ferida de armas de fogo;
*escarlatina;
*fofoca;
*doença feminina;
*homossexualismo;
*superstição; entre outros.

Lista de motivos para alguém ser internado em 1800




Nenhum comentário:

Postar um comentário