segunda-feira, 14 de março de 2016

Diana Gabaldon - O Resgate no Mar - Parte II (Outlander #3)




Ficha técnica: O Resgate no Mar (Voyager)
Autora: Diana Gabaldon
Editora Saída de Emergência
Lançamento original: 1994
Lançamento BR: junho/2015
656 páginas
POV:  primeira pessoa - Claire
Gênero: Romance de época; Chick Lit; Aventura; Drama

Personagens: Claire Randall; James MacKenzie Fraser.
Local/ano:Lallybroch; América/1758.

"Claire Randall finalmente conseguiu voltar no tempo e reencontrar Jamie Fraser na Escócia do século XVIII, mas sua historia está longe do final feliz. O casal terá que superar muitos obstáculos, de fantasmas a perseguições marítimas, mas o principal deles são os vinte anos que se passaram em suas respectivas épocas desde a última vez que se viram.
Se a intensa paixão e o desejo entre eles não parecem ter diminuído nem um pouco, o mesmo não se pode dizer sobre a confiança. Jamie agora é um homem endurecido pelo que aconteceu após a Batalha de Culloden. Claire, por sua vez, precisa lidar com o segundo casamento de seu amado e suportar a saudade de Brianna, que ficou sozinha em 1968.
A união dos dois será posta à prova quando o sobrinho de Jamie for sequestrado. Juntos, eles precisarão singrar pelos mares e cruzar as Índias Ocidentais para resgatá-lo, provando mais uma vez que nada é capaz de deter uma história de amor que vence as fronteiras do tempo e do espaço."


Continuação da Parte 1 >> resenha


Depois de 20 anos separados, Jamie e Claire finalmente se encontram. Mas parece que Jamie, mais do que Claire, tem explicações a dar.
Aquele homem que ela havia conhecido tão bem e se apaixonado não era mais o mesmo. O casal discute muito conforme ela vai descobrindo tudo que ele fez durante aqueles anos - algumas brigas são épicas e hilárias porque eles dão um jeito de terminarem na cama!
O pior de tudo para Claire não é nem saber sobre o que ele fez, mas a forma como ela fica sabendo, na maioria das vezes não por ele mesmo.

Uma das descobertas dela é que Jamie havia se casado com Laoghaire MacKenzie. Quando o irmão desta fica sabendo da volta de Claire, ele traz um advogado para que Jamie compense o fato de ter desonrado a irmã. Claire e Jamie são enviados numa missão para recuperar um tesouro, e, assim, Jamie poderia pagar sua dívida. 
Ian, o sobrinho dele, havia ido na viagem com eles, mas tanto ele quanto o tesouro são levados por piratas, e agora Jamie e Claire têm de recuperá-los.

O enredo tem de tudo: cerimônia vodoo, sequestro de criança, mercado negro de escravos, conversa sobre os benefícios de se reproduzir com negros...

Para piorar a situação, eles descobrem quem mantém o menino como refém, alguém bem conhecido deles, e que ainda por cima ameaça Brianna mesmo no século 20.

A maior parte da viagem de navio, Jamie passa mal, mostrando-se ser um péssimo marinheiro. Ainda há epidemia de febre tifóide e lesões.

Bem mais à frente Claire fica sabendo sobre os "amores" de Jamie, e isso incluía uma paixão platônica de Grey por ele...

"- Você sabe o que é amar alguém e nunca, nunca!, ser capaz de lhe dar paz, alegria ou felicidade? (...) não por culpa dele ou sua, mas somente porque você não nasceu a pessoa certa para ele?" - pag, 519.

Entre tantas aventuras, revelações e fugas, Jamie e Claire veem-se em meio a um naufrágio e o resultado deste é que acabam indo parar no Novo Mundo, com novas possibilidades de serem felizes...

Apesar de entender que financeiramente falando fica mais viável a divisão dos volumes, eu particularmente prefiro quando a história vem inteira porque várias passagens têm ligação e uma emoção implícita nelas. Dividir a história é causar uma ruptura nessa emoção durante a leitura.

4 estrelas.

*Livro cedido pela editora, em parceira, em troca de uma resenha de opinião honesta.





Um comentário:

  1. Eu sou fanática por esta série de livros. Sua resenha está ótima.
    Bjs

    ResponderExcluir