quinta-feira, 10 de março de 2016

Erika Kelly - You Really Got Me (Rock Star Romance #1)





Ficha técnica: You Really Got Me
Autora: Erika Kelly
Editora Mass Market Paperback
Lançamento original: 06/janeiro/2015
Lançamento BR: ainda não
352 páginas
POV: terceira pessoa
Gênero: Romance contemporâneo; Chick Lit

Protagonistas: Emmie Valencia; Slater Vaughn; Derek Valencia; Ben; Cooper; Pete.
Local/ano: NY; Austin, TX/atual

"Emmie Valencia tem o que é preciso para ser a nova sensação empresariando uma banda da indústria da música. Ela só precisa provar isso. Determinada a descobrir uma incrível nova banda, Emmie está pronta para fazer seu movimento. Primeira parada: Austin, Texas.

Como o sexy vocalista, Slater Vaughn não tem problemas em fazer os corações das garotas baterem mais fortes, mas sim para elevar o status de sua banda - estacionado há anos. Quando Emmie, a irmã do seu companheiro de banda, se oferece a ajudá-los em troca de uma gestão livre, seu know-how industrial leva-os a um lugar no maior festival de música no Texas. Mas não é apenas a sua visão de negócios que chama a atenção de Slater. Emmie é sexy e quente, e, pela primeira vez em sua vida, ele quer mais.

Mas tão irresistível quanto Slater é, Emmie foi criada com músicos. Em sua experiência, um homem não pode ser um rock star e alguém em quem confiar com o seu coração, mas Slater está determinado a mostrar-lhe que ele pode ser ambos."

Emmie foi criada no meio musical. Seu pai era uma lenda do jazz, mas como era muito egocêntrico, nunca deixou que a filha participasse ativamente de seu mundo. Ainda assim ela tinha desenvolvido um ótimo tino para descobrir novos talentos.

Há oito anos ela trabalha para Irwin Ledger. Este era conhecidíssimo como caçador de talentos, que os alçava em voos bem altos.
Mas Emmie estava cansada de ser apenas sua assistente pessoal e a viagem que ela vinha planejando há meses, para a Austrália, na companhia de Irwin, iria ajudá-la a mostrar a ele o seu valor. Só que de última hora ele decide que ela deveria permanecer em NY para tomar conta da filha adolescente problemática dele, já que a mãe da garota não era confiável.
Emmie fica desapontada e se demite.
Irwin não aceita a demissão dela, mas lhe dá as seis semanas que ele estaria fora para que ela repensasse sua decisão.

Emmie decide aproveitar as semanas para encontrar uma banda que fizesse Irwin ficar de queixo caído e, assim, ele lhe daria a promoção que ela almejava.
A banda ela já tinha na cabeça, era SNATCH, a banda do irmão dela, Derek, em Austin, no Texas.

Os rapazes do Snatch estavam cansados de empresários impondo suas regras e decidiram que ficariam melhor sem um. Mas com a chegada de Emmie e seu conhecimento de área, eles toparam que ela os ajudasse.
Na verdade, Emmie acaba lhes dando umas dicas do que havia de errado com eles, sobre o estilo e aparência. Logo, eles a escutam e dão uma melhorada.

Ela consegue que eles entrem num grande festival em Austin, e mais ainda, que abrissem o show de outra grande estrela, Piper Lee.
Convivendo na casa dos rapazes, Emmie e Slater acabam ficando mais íntimos; uma amizade se forma, com possibilidade de algo mais. Mas Slater não era exatamente conhecido por ser alguém que gostasse de relacionamentos. Além disso, a própria Emmie tinha um sério problema de autoestima. Depois de pegar o ex-namorado, também de uma banda, a traindo, ela não achava que pudesse ter alguém em sua vida que fosse famoso, com as fãs literalmente atirando-se para cima dele. Ela queria alguém "normal".

Slater pensava diferente porque Emmie era diferente.

Logo eles estavam em turnê com Piper Lee e esta tinha um plano ainda maior para a banda, em especial para Slater. Ela achava que eles poderiam ser os novos Brad Pitt e Jolie da música, o casal perfeito. E isso fez com que Emmie ficasse mais insegura.

Sem trabalho, com o namorado longe, ela vivia um grande dilema.
Apesar disso, a banda faz sucesso e tem a possibilidade de um contrato com uma grande gravadora, mas se eles quisessem ser a nova sensação, eles teriam que aparar as arestas e tornarem-se profissionais.
Slater queria tocar sua música para o mundo, mas acima de tudo, ele queria Emmie em sua vida.
Com tantas armações de Piper Lee e com as brigas internas da banda, teriam eles alguma chance de futuro?

"Eu não preciso de sua ajuda em minha carreira. Eu preciso que você seja você. Eu preciso que você me ame. Eu preciso que você esteja comigo. Porque ninguém em minha vida jamais me amou por eu ser quem sou. A não ser você."

fonte: Goodreads


Emmie era muito boa no que fazia; ela sabia "ler" as pessoas como ninguém. Entretanto, por conta do relacionamento com o pai, um chefe que só sabia usá-la para trabalhos de menor importância e um namoro fracassado, a confiança nela mesma era bem baixa.
O chacoalhar veio de onde menos se esperava e ela finalmente acordou para seu próprio potencial. A partir daí, sua carreira dá uma guinada.

Slater era um roqueiro com uma boa cabeça. Tinha sua cota de namorador, mas escondia muito do que era na verdade. Era um prodígio desde criança em relação a música e decidiu cedo que caminho tomar. Seus companheiros de banda eram sua real família e com a chegada de Emmie, tudo pareceu se encaixar às maravilhas.
Até que Piper Lee aparecesse para sabotar o que ele planejara.

O ritmo é interessante. Boa narrativa da autora. Uma mocinha insegura mas não chata. E as dicas que ela passa à banda são bem interessantes.
Os outros personagens da banda também são bons. 
Sem cliffhanger.
Acho que vale a pena acompanhar a série.

Reação: a melhor possível. Não é um livro erótico mas também não é raso.
Recomendação: para quem gosta do tema, afinal, há vários livros com tema de roqueiros por aí agora.



Sobre a autora


Goodreads  |  Website  |  Facebook  |  Twitter


Nenhum comentário:

Postar um comentário