segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Julia Quinn - E Viveram Felizes Para Sempre (Bridgertons #9)



Ficha técnica: E Viveram Felizes Para Sempre (The Bridgertons: Happily Ever After)
Autora: Julia Quinn
Editora Arqueiro
Lançamento original: abril/2013
Lançamento BR: novembro/2016
256 páginas
POV: terceira pessoa
Gênero: Romance de época; Chick Lit

Protagonistas: toda a família Bridgerton
Local/ano: vários/vários

"Alguns finais são apenas o começo...

Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos...

Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza.

Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes?

A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton.
Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro."



Era uma vez oito filhos. E a série deveria ter oito livros por causa disso. Mas, uma vez que a gente entra em contato com eles, como desapegar?
Isso aconteceu principalmente para quem leu a série fazendo maratona, um atrás do outro. Muita gente comentou que ficou de ressaca, que não conseguiu pegar imediatamente um outro autor para ler.

Há três anos a autora sentiu o mesmo, após receber muitos pedidos de "o que teria acontecido com cada um dos Bridgertons após o 'felizes para sempre'?"
Mais ainda, como seria a história do casal que deu origem a toda essa prole maravilhosa.

Bom, não é spoiler dizer que o pai, Edmund Bridgerton, morreu antes mesmo da caçula, Hyacinth, nascer. Isso em si torna a história de amor entre Edmund e Violet triste. Mas com a criação dos filhos, o casamento bem sucedido de cada um - mesmo que alguns deles tenham começado de forma torpe, por situação comprometedora, etc -, imagine a felicidade da mãe ao ver cada um deles bem encaminhado e feliz...

E mais! 
Neste livro há um novo epílogo para cada um dos filhos. Mas se engana se acha que poderá ler este livro antes de ler a série, só para tomar um gostinho. O segundo epílogo NÃO É um final alternativo, mas uma continuação da história original. Portanto, trate de ler a série para poder entender cada epílogo aqui apresentado e se divertir - e se emocionar - de montão.

Não vou falar detalhadamente sobre cada um deles porque para mim acaba que poderia sair algum spoiler, e o legal é você descobrir por si mesmo as muitas atrapalhadas em que eles se metem - ah, sim! Eles continuam competitivos e loucos.
Sobre o conto dos pais, prepare-se para se emocionar e tentar, finalmente, deixar que eles se vão em paz, porque a autora já está preparando uma nova série dos Bridgertons, com novos personagens.

Agora é se satisfazer com esses nove livros, dá uma relida nos favoritos e esperar pela nova leva de romances engraçados que só Julia Quinn consegue nos brindar.

A Arqueiro está mais do que de parabéns por ter trazido essa série com capas tão lindas e caprichando nos detalhes.

Leia a série e seja feliz.




*LIVRO cedido pela editora, em parceria, em troca de uma resenha de opinião honesta.



Nenhum comentário:

Postar um comentário