sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Alexandra Hawkins - You Can't Always Get the Marquess You Want (Masters of Seduction #2)



Ficha técnica: You Can't Always Get the Marquess You Want
Autora: Alexandra Hawkins
Editora St. Martin's Paperbacks
Lançamento original: 05/abril/2016
Lançamento BR: ainda não
352 páginas
29 capítulos
POV: terceira pessoa
Gênero: Romance de época; Chick Lit

Protagonistas: Mathias Rooke, Marquês de Fairlamb - Chance; Oliver Brant, Conde de Marcroft - Croft; Christian Lyon, Visconde Bastrell - St. Lyon; Justin Netherwood, Conde de Kempthorn - Thorn; Duque e Duquesa de Blackbern; Marquês e Marquesa de Norgrave; Lady Tempest Elizabeth Brant; Antoine Rolland Sevard, Príncipe de Galien e Duque de Rainbault
Local/ano: Londres/1816

"UM AMOR MAIS QUE PROIBIDO

Eles o chamam de Chance, embora na verdade o Marquês de Fairlamb se sinta amargurado: Uma disputa familiar muito antiga atrapalha os desejos de seu coração. Lady Tempest é a filha do inimigo jurado de seu pai, o marquês de Norgrave. Ela é linda, inocente e totalmente intocável. Mas algumas seduções são boas demais para resistir...

Acontece que Tempest é uma mulher decidida - e muito romântica, que irá superar todos os obstáculos para estar com o homem dos seus sonhos. Mas as probabilidades são contra o diabolicamente charmoso Chance se ele pretende mesmo ganhar Tempest como sua noiva. 

Será que ele escolherá a lealdade à sua família - ou arriscará tudo o que tem pela mulher que ele anseia?"


Continuação da série

Blackbern e Norgrave. Antes, grandes amigos. Agora, inimigos jurados. E toda essa rixa foi transmitida aos filhos.
Os dois filhos mais velhos de cada nobre, seus respectivos herdeiros, não perdiam a oportunidade de criar novas rusgas e brigavam por causa de qualquer problema.
Uma coisa era certa: era melhor se um anfitrião não chamasse as duas famílias para o mesmo evento, a não ser que quisesse parte das louças da casa quebradas.

O encontro numa taverna entre Chance e Croft? Briga. E dessa vez, Chance saiu-se melhor, mas ele teve que se explicar para os pais por que havia chegado em casa, depois de tanto tempo fora resolvendo assuntos de família sobre as propriedades, com um hematoma enorme no rosto. E, segundo McKee, o mordomo que servia a família desde quando o duque era solteiro, seria melhor se Chance arrumasse uma desculpa melhor do que dizer que seu rosto atravessou o caminho de um soco numa briga na taverna.

Os Blackbern eram uma família grande e se davam muito bem.
O pai, Tristan, já com seus 49 anos, ainda mostrava-se muito apaixonado pelas esposa, Imogene, mesmo após o nascimento de 6 filhos (Chance, 22 anos; Benjamin, 20; Honora, 17; Mercy, 15; Frederick, 12 e Constance, 7).
Chance, que recebera este apelido antes mesmo de aprender a falar direito, porque sempre apostava em suas ações e acabava sendo favorecido pela "sorte", mantinha as amizades de anos: Thorn e seu irmão gêmeo Gideon - que estava em viagem pelo mundo atrás de sua própria fortuna; o príncipe sem reino Rainbault; St. Lyon, que de santo não tinha nada.
Eles tinham ótima aparência, título, dinheiro e deixavam as mães casadouras em estado de alerta, umas porque queriam qualquer um deles como genro, outras porque vigiavam suas filhas como falcões para que não caíssem na lábia desses famosos libertinos.

E foi numa tarde em que mais uma vez estavam aprontando alguma, que os três se viram numa situação embaraçosa: estavam tomando banho nus num lago - por conta de alguma aposta maluca - quando foram vistos por duas jovens.

Ao seguirem os rastros das moças e chegarem na margem onde elas estavam, com sua preceptora, tomando banho de sol, Chance, que ficou encantado pela mais velha, descobre que esta era ninguém menos que a filha do maior inimigo de sua família...

Lady Tempest Brant adorava desenhar, especialmente quando se sentia estressada.
O passeio à beira do lago deveria ter sido supervisionado pelo seu irmão mais velho, Croft, mas este, para variar, havia deixado a responsabilidade nas costas da preceptora e saiu atrás de um rabo de saia.

Tempest se encanta com um dos cavalheiros que se aproxima; um daqueles que ela havia visto desnudo na água, mas ela pressente algo estranho após ter dito o nome de seu irmão, que o estranho foi embora o mais rápido possível, apesar de alegar não conhecê-lo.

Mais tarde, Tempest descobre que aquele era um Rooke, e como inimigo mortal deveria ser evitado como a própria praga.
Mas a questão era: qual era o verdadeiro motivo para tanto ódio por tanto tempo?

Com a temporada londrina se aproximando e ambas as famílias tendo crescido em número - os Brant tinham 4 filhos (Oliver, 23 anos; Tempest, 22; Arabella, 19 e Augusta,10), seria quase impossível não se esbarrarem em algum evento.

E o evento se dá num teatro.
A cantora Clara King estava se apresentando e vivia cercada de admiradores, um deles, Chance, com enormes possibilidades de tornarem-se amantes. Mas uma determinada situação envolvendo Tempest faz com que Chance se atrase para encontrar a cantora, e quando ele chega mais tarde, encontra a quase futura amante nos braços de outro... Croft.

Pensando a princípio em retaliação, Chance resolve conquistar Tempest, só para deixar Croft com raiva. E a partir daí, o que era para ser vingança torna-se num novo motivo para que as famílias se odeiem.

Chance e Tempest passam a se encontrar escondidos.
Enquanto isso, em sua segunda temporada, Tempest estava sendo pressionada pelo pai, principalmente, a arranjar um marido e ele mesmo fazia os arranjos para apresentá-la a alguém.
Chance passa a ficar incomodado com a atenção constante que Tempest recebe de Thaddeus Tayer, advogado recém adquirido o título de Marquês de Warrilow.
Quando Chance e Tempest se dão conta estavam os dois apaixonados. Mas como iriam enfrentar a ira de seus pais e uma situação de ódio atrelada a um segredo de mais de 20 anos?



Se segura na cadeira que o babado é forte!!

Depois de ter lido o livro #1 - que traz todo o início do ódio entre as duas famílias - e o #3 - no qual Chance e Tempest estão um passo à frente e servem de pano de fundo à história de Thorn, Gideon e Olivia -, impossível resistir para conhecer a história do casal em questão.

É interessante ver como dá pra sentir todo o ódio entre os personagens - especialmente os dois herdeiros - e como se desenrola o romance entre Tempest e Chance, com todas as suas nuances de preocupação por se sentirem traindo suas respectivas famílias.
Mas a grande bomba é ver a que ponto alguns membros das famílias vão para impedir que o casal fique junto.


Não dá para largar o livro até ver tudo resolvido.

Ritmo maravilhoso; personagens mais que envolventes (antes, eu queria saber as histórias de Rainbault e St. Lyon, mas agora também tem de Croft, e, quem sabe, de Arabella!!). Sem cliffhanger e muita, muita emoção.
Se tivemos um lançamento agora, no início de janeiro, dá tempo de mais um ainda este ano, não?
Ah! E mais uma vez a autora revisita seus personagens, dessa vez trazendo Christopher Avery Courtland, Conde de Vanewright - Vane, antes de ele conhecer Isabel. (Lords of Vice series #4 - resenha aqui)





*Gravura: Jon Paul Ferrara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário