segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Bruna Starke - Quando o Amor Transforma



Ficha técnica: Quando o Amor Transforma
Autora: Bruna Starke
Editora self
Lançamento: 2017
325 páginas
33 capítulos
POV: terceira pessoa
Gênero: Romance; Chick Lit

Protagonistas: Alice; Felipe; Davi; Lia
Local/ano: Reino de Alaonor/indeterminado

"Em uma época em que a sociedade dita as regras suas vontades não valem de nada quando se nasce mulher, ainda mais no Reino de Alaonor onde o matrimônio é sinônimo de salvação.
Alice nunca aceitou as imposições de seu tempo e mesmo com as tentativas de seu pai em encontrar um marido para sua única filha, ela sempre encontrou um modo de afugentá-los. Pelo menos até o dia que conhece Felipe. 
A aversão é o primeiro sentimento que ela tem pelo Príncipe de seu Reino, onde sua fama é de ser irresponsável e egoísta, mas o destino faz com que ela descubra que as aparências nem sempre condizem com o que realmente se passa no coração de cada um."




Eles viviam em mundos diferentes.
Felipe e Alice não sabiam, mas tinham algo em comum: ambos viviam fugindo dos pretendentes que seus pais tentavam lhes arranjar. Mas os motivos eram bem diferentes.

Felipe era o filho mais velho do Rei Alberto, do reino de Alaonor. Ele havia chegado na idade em que o rei determinara que deveria casar, mas Felipe não queria. Ainda não. A cada nova tentativa em ser apresentado a alguma princesa de reino vizinho, Felipe dava um jeito de fugir. Literalmente.
Até que um dia ele foi pego, e algo pior poderia ter lhe acontecido se não fosse por Alice...

Alice não era nobre. Era uma das moradoras que vivam ao redor do Castelo dos regentes. Entretanto, seu pai vivia querendo que ela se acertasse com alguém. Mas ela também já estava expert em afugentar os seus pretendentes.

Dois pais desesperados juntam forças para fazer com que seus filhos se casem.

No entanto, conforme a leitura avança, descobre-se que os motivos por trás de cada desejo patriarcal era bem diferente. Alguns podem ser magnânimos; outros, sinistros...

Felipe e Alice eram dois cabeças duras.
Os amigos de Felipe, Davi, filho do capitão da Guarda Real, e Alice, filha de um dos serviçais mais antigos do castelo, Gerard, tentavam pôr um pouco de juízo na cabeça dele, e ao conhecerem Alice, logo perceberam que o casal mais do que daria certo junto.

O romance dá a impressão de que se passa na era medieval, por conta de alguns detalhes em cena. Mas o linguajar usado pela autora para descrever cenas e na fala dos personagens, leva o leitor a acreditar que poderia ser um romance contemporâneo. Ou seja, eu realmente não sei quando a história ocorre.

O enredo é interessante.
O ritmo ora rápido demais, ora devagar, pode ser um problema ao longo da leitura. Ou não.
Há erros de revisão, mas nada que estrague a história de todo.

Uma leitura interessante, para distrair.
Para mim, o que mais pesou foi na questão da indeterminação do período histórico. Porque, dependendo de quando ela ocorre, de qualquer maneira há erros graves.
Se o leitor não se incomodar com isso, sendo uma leitura mais apurada, pode gostar do livro.

3,5 estrelas.

*ARC cedido pela autora em troca de uma resenha de opinião honesta

Sobre a autora



Nenhum comentário:

Postar um comentário