quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Diana Gabaldon - Outlander: A Cruz de Fogo (Livro #5 - Parte I)




Ficha técnica: A Cruz de Fogo (The Fiery Cross)
Autora: Diana Gabaldon
Editora Arqueiro
Lançamento original: 2001
Lançamento BR: 2017
720 páginas
55 capítulos
POV: primeira pessoa - Claire - e terceira pessoa
Gênero: Romance de época; Chick Lit; Drama; Fantasia

Protagonistas: Jamie Fraser; Claire Randall; Brianna Randall; Roger MacKenzie
Local/ano: Carolina do Norte/1771

"Uma história sobre lealdade.

O ano é 1771. Na Carolina do Norte, conserva-se a duras penas um frágil equilíbrio entre a aristocracia colonial e os esforçados pioneiros. E entre esses dois lados prestes a entrar em conflito está Jamie Fraser, um homem de honra exilado de sua amada Escócia. Convocado a liderar uma milícia para conter as insurgências, ele sabe que quebrar o juramento que fez à Coroa inglesa o tornará um traidor, mas mantê-lo será a certeza de sua ruína.

A guerra se aproxima, garantiu-lhe sua esposa, Claire Randall. E, mesmo não querendo acreditar nesse triste futuro, Jamie Fraser está ciente de que não pode ignorar o conhecimento que só uma viajante do tempo poderia ter. Afinal, a visão única de Claire já os colocou em risco, mas também lhes trouxe salvação.

A Cruz de Fogo é uma envolvente história sobre o empenho de Jamie em proteger sua família, construir uma comunidade e manter suas terras às vésperas de um conflito histórico. Nesses esforços, ele é ajudado por sua mulher, sua filha Brianna e seu genro Roger MacKenzie, que nasceram no século XX e agora tentam se adaptar à tortuosa vida do século XVIII.
 "



Continuação da série - livros anteriores resenhados pelo blog

Claire, a viajante no tempo, e sua família (marido, filha, genro e neto) estão numa nova terra e ainda fazem os preparativos para nela viverem.
Enquanto isso, há toda uma mudança política, conflitos entre a aristocracia e os pioneiros.

Entretanto, apesar do vasto conhecimento de Claire da história - por ter vindo do futuro -, este livro se apega mais ao dia a dia deles; a rotina, como caçada a animais ou até mesmo os problemas de Brianna, enquanto amamenta, em ter feridas e dores em seus seios.

Por falar em Brianna, apesar das agruras que ela viveu logo ao chegar do futuro, sendo violentada por Bonnet, que ainda está sendo caçado por eles, ela e seu marido Roger parecem viver um certo conto de fadas...

"Não importa o que aconteça, não importa onde estejamos. Não importa se você vai estar presente para ouvir ou não, sempre vou cantar para você." ~ pag 208.

Porém, Roger continua sofrendo nas mãos de seu sogro que insiste me mandá-lo em "missões" onde o pobre coitado quase morre. Tudo isso porque ele precisa provar seu valor.




No fim das contas, a sensação que dá com este livro é que é mais um volume "de passagem".
Nada realmente importante acontece aqui. Apenas menções do que está por vir.
Em relação aos livros anteriores, este aqui deixa a desejar. E ainda teremos a outra metade para ver onde tudo isso dará...

3 estrelas

*LIVRO cedido pela editora, em parceria, em troca de uma resenha de opinião honesta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário