quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Manda Collins - Ready Set Rogue (Studies in Scandal #1)





Ficha técnica: Ready Set Rogue
Autora: Manda Collins
Editora St. Martin's Press
Lançamento original: 03/janeiro/2017
Lançamento BR; ainda não
320 páginas
32 capítulos + epílogo
POV: terceira pessoa
Gênero: Romance de época; Chick Lit

Protagonistas: Torquil Beauchamp "Quill", Marquês de Kerr; Miss Aphrodite Wareham "Ivy"; Miss Sophia Hastings; Miss Gemma Hastings; Miss Daphne Forsythe; Lady Serena Fanning; Dalton, Duque de Maitland; Dr. Henry Vance
Local/ano: Yorkshire/indeterminado

"QUEM ESCREVERÁ O LIVRO DO AMOR?

Quando a erudita Miss Ivy Wareham recebe a notícia de que ela é uma das quatro jovens que herdaram a propriedade de Lady Celeste Beauchamp com uma magnífica biblioteca privada, ela arruma suas malas imediatamente. Infelizmente, o sobrinho de Lady Celeste, o raivoso Quill Beauchamp, marquês de Kerr, está determinado a interromper seus estudos de uma forma ou de outra...

Ceder Beauchamp House para quatro solteironas atrevidas - não importa o quão adorável elas sejam de se olhar - é uma farsa, e Quill simplesmente não vai tolerar. Mas a morte de Lady Celeste não é o que parece... e se Quill espera resolver o mistério por trás de sua morte, precisará da ajuda de Ivy. 

Ao longo do caminho, ele fica surpreso ao saber que a letrada Ivy desperta uma paixão e desejo que ele nunca conheceu. Este patife acredita que finalmente encontrou sua parceira - mas conseguirá Quill convencer a inteligente e cética Ivy de que seu amor não é ficção?"


Quill está tendo um dia daqueles!! O dia resolveu desabar; o inn onde ele tenta se hospedar está absurdamente lotado; suas roupas só vão chegar mais tarde na outra carruagem vinda com seu valete e uma senhorita acaba de jogar um baú no pé dele.

O dia de Ivy também não está sendo fácil. Pela primeira vez ela está viajando sozinha; ela está numa região estranha, num dia diluviano, praticamente sem dinheiro e a carruagem do correio que deveria levá-la a seu destino se recusa a fazê-lo por conta do tamanho e peso de seu baú.
O cavalheiro que ela quase massacrou o pé veio em seu auxílio, mas logo eles descobrem que estão em lados opostos do ringue.

Celeste Beauchamp, tia de Quill, faleceu há pouco tempo e deixou em testamento sua propriedade para quatro solteironas desconhecidas.
Quill tinha certeza que sua tia havia sido ludibriada e esperava, com sua ida à Beauchamp House, desmascarar as quatro espertalhonas.
Uma delas ele encontra no inn, e mesmo querendo falar algumas verdades na cara da Srta Wareham, ele acha melhor levá-la até o local e fazê-lo em privado. Afinal, o inn Fox & Pheasant ficava a poucos quilômetros das terras de sua família e ali todos o conheciam.

Ao chegarem na casa onde Quill e seus primos tiveram grandes momentos, ele encontra sua prima Serena Fanning, agora viúva, como chaperone das moças, a pedido da própria tia.

Quill é apresentado a elas: Sophia e Gemma eram irmãs. Enquanto a primeira era uma artista (pintora), a segunda estudava fósseis. Daphne era muito boa em matemática, e Ivy era a tradutora.

Solteirona e leitora voraz, Celeste ressentiu-se por não poder expandir suas curiosidades quando mais nova, por imposição de seus pais. Por isso, queria transformar sua propriedade num local onde mulheres inteligentes, estudiosas e capazes pudessem fazer o que gostavam, sem os limites impostos pelos homens.

Quill ainda achava a ideia absurda, mas aos poucos, e com a ajuda de Serena, ele vai aceitando os fatos.
Além disso, ele começa a sentir-se fascinado pela teimosia de Ivy, tão forte quanto a dele próprio.

E havia um motivo novo: Celeste havia deixado uma carta para Ivy.
Apesar de a velha senhora nunca ter encontrado qualquer uma das moças, ela havia pesquisado arduamente sobre elas e seus estudos, e, de alguma maneira, ela intuiu que Ivy seria a melhor escolha para descobrir... quem havia matado Celeste.
Sim, a senhora sabia que estava sendo envenenada, mas não sabia como, por que ou por quem. Nem mesmo o médico dela, Dr. Vance, conseguira descobrir.

Com esse pedido inusitado de investigação, Quill e Ivy passam a trabalhar juntos.
O segredo que estava limitado aos dois, logo cresce no círculo, já que além do médico, o primo de Quill, Dalton, aparece na propriedade, o que aborrece Quill, com o tratamento um tanto íntimo que Dalton demonstra com Ivy.

A investigação torna-se perigosa. O assassino parecia não ter desistido de seu intento, que provavelmente tinha a ver com Beauchamp House, o que tornavam as moças os próximos alvos.
Querendo manter a propriedade que fez parte de sua infância, descobrir o assassino de sua tia e proteger a mulher que passa a admirar, Quill sente o círculo se fechando a seu redor. O tempo marcado pelo tique-taque do relógio diminuía à sua marca zero e ele pressentia que algo de muito ruim ainda estava por vir... Quem seria a próxima vítima?



O romance acaba por tornar-se um livro de suspense.
Quem seria o assassino de Celeste Beauchamp e por quê? Pior de tudo, ela sabia que estava sendo envenenada e apesar das precauções, o assassino conseguiu seu objetivo.

Quill não queria perder Beauchamp House, principalmente para quatro mulheres estranhas.
Quando ele passa a conhecê-las melhor, começa a perceber que sua tia teve o bom senso em escolher cada uma delas. Todas eram experts em suas áreas de estudo.
Das quatro, talvez Ivy fosse a mais indicada para desvendar um crime, mas sem sombra de dúvida a mais divertida era Daphne. Não porque ela tentasse ser assim, mas por sua língua solta e total falta de traquejo social. Daphne era como uma criança, sem filtro, falava o que achava ser certo e, com isso, algumas vezes deixava as outras pessoas embaraçadas.
Ou ainda havia o fator de que ela mesma se expunha sem ter noção, como no caso em que admite estar de namorico com o duque de Maitland, mas ao sugerir ao mesmo que tornem-se amantes, ele recusa veementemente. Para Dalton, uma mulher como Daphne, só casando, e a última coisa que ela quer é isso.

Há também a história de Serena, que foi enganada pelo marido, roubada por ele e acabou tornando-se viúva quando ele, fugindo com a amante para o Continente, morre, deixando-a com um filho de 6 anos e sem nenhum recurso.

A primeira metade do livro foca mais na descoberta de sentimentos entre os protagonistas, deixando a segunda metade para a solução do mistério.

Ritmo bom. Personagens interessantes. Sem cliffhanger.
Próximo livro da série, ainda sem capa, DUKE WITH BENEFITS.

*Gravura: Jon Paul Ferrara.
**ARC cedido pela editora, através do NetGalley, em troca de resenha de opinião honesta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário