sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Terri Anne Browning - O Coração do Roqueiro (The Rocker #2)



Ficha técnica: O Coração do Roqueiro (The Rocker That Savors me)
Autora: Terri Anne Browning
Editora Bezz
Lançamento original: 28/abril/2013
Lançamento BR: 19/dezembro/2016
300 páginas
Prólogo+21 cap+ Epílogo
POV: primeira pessoa - Jesse e Layla
Gênero: Romance contemporâneo; Chick Lit; Drama

Protagonistas: Jesse Thornton e Layla Daniels
Local/ano: Malibu/atual (e 2 anos à frente)

"Layla...
Teve uma vida difícil. Por conta própria, bem jovem, sempre fez o que precisava ser feito para sobreviver. Agora, tem duas pessoas que dependem dela e precisa urgente de um trabalho antes que fossem despejadas. Uma entrevista de emprego a apresenta para Jesse Thornton, o delicioso baterista da Demon’s Wings. Ele a faz lembrar de todos os erros de seu passado, mas também é sua esperança para o futuro.

Jesse...
Nunca permitiu que ninguém se aproximasse demais. A verdadeira família que ele sempre teve eram seus irmãos da banda e Emmie - a única mulher que já amou. Mas, então, Layla entrou em sua vida e ele faria qualquer coisa para conseguir provar o sabor dela.  Conseguirá ele superar suas próprias inseguranças e permitir que esta mulher entre seu coração?"




Continuação da série : livro #1 > resenha


Em (Emmie) se encontrava com a gravidez avançada e toda a família Demon's Wings estava de mudança para a nova casa na praia, em Malibu.
Depois de terem tirado férias no local, Nik viu que já era hora do grupo criar raízes e , por isso, deixou que Em cuidasse da compra da casa.
A princípio era para eles se separarem, deixarem Nik e Em morando sozinhos, mas Em ainda não estava preparada para ver sua família morando em casas separadas e juntos eles ficaram.

Mas Em precisava de ajuda e através de uma agência, ela conseguiu contratar a competente Layla Daniels.

Layla trabalhava numa empresa de faxina. Desde a morte da mãe, ela descobrira que agora tinha duas irmãs sob sua responsabilidade, ao invés de apenas uma. Lana, de quase 18 anos, e Lucy, de 6, eram um gasto a mais que ela precisava resolver. Com isso, quando a poderosa Ember Jameson lhe ofereceu um trabalho fora da agência, com salário maior e plano de saúde, ela não pensou duas vezes em aceitar, ainda que para isso ela precisasse se mudar para a casa adjascente ao terreno, para estar disponível 24h.

Layla é apresentada aos rapazes da banda.
Nik, o noivo apaixonado (ainda noivo porque Em disse que só se casaria depois do nascimento do bebê, sem aquele barrigão); Drake e Shane eram irmãos. Enquanto o segundo era um verdadeiro galinha, o primeiro iria requerer cuidados especiais. Por ter um certo problema emocional, relacionado a seu passado, Drake se refigiava na bebida e todos os dias o quarto dele era o pior para ser limpo, pois, ele sempre passava mal depois do exagero. Mas ainda havia o baterista Jesse.
Tirando Nik, já comprometido, talvez Jesse fosse o mais fácil de lidar. Ele não tinha problema de exagero com bebida ou mulheres. Ele era aquele cara preocupado em manter a família bem. 
Anos antes, quando a banda saía em turnê mas Em era pequena demais para ir com eles, e a mãe dela ainda estava viva, Jesse tinha verdadeiro ataque de pânico do que poderia acontecer com ela. Mais do que Nik, Jesse precisava ouvir a voz dela, pelas ligações, diariamente. Com isso, Em tornou-se a única mulher que ele deixou entrar em seu coração.

Quando surge Layla, Jesse sente-se atraído, e ela também parece sentir atração por ele, especialmente por ele ser do tipo que raspava a cabeça - o que a atraía.

Com o tempo eles vão se aproximando. Jesse imagina que se a levasse para a cama uma vez, a cisma passaria. Mas tudo foi ficando mais forte e ele queria estar com ela sempre.
Eles passam a se relacionar como um casal de fato.
Ele a leva numa festa na casa de um roqueiro amigo da banda. Na verdade, Tommy Kirkman agiu quase como um pai para eles, apoiando-os no início. Só que esse encontro entre Tommy e a nova namorada de Jesse não deu nada certo.
Havia um histórico entre eles e isso não fez bem nem a Jesse, muito menos a Layla. E como Tommy era muito amigo da banda, o jeito era a separação deles.

Mas ela tinha um emprego, um lugar seguro para morar com as irmãs, isso sem contar que sua irmã de 18 anos estava se entendendo muito bem com Drake, e este não iria deixar Lana sair das vistas dele.
Vários problemas à vista, e com a chegada da cesariana da filha de Em e Nik, tudo ficaria mais complicado.
A necessidade ditava que Layla se mantivesse no emprego, mas como ela conseguiria conviver com Jesse, cuidar de um coração partido e vigiar a irmã nova demais para se envolver com um cara complicado como Drake?



Continuação da saga da banda Demon's Wings.
Definitivamente os rapazes dessa banda têm muitos demônios a serem combatidos.
Talvez Jesse não seja o que mais tenha, mas neste livro já somos apresentados aos irmãos Drake e Shane. Esses sim têm muito a esconder.

O romance de Jesse e Layla poderia até ser considerado normal. Apenas quando o passado dela retorna, que as coisas se complicam um pouco.

Como dito na resenha anterior sobre a narrativa da autora, já dá para perceber o crescimento da escrita dela e a história se desenrola de forma melhor.
O próximo livro, ainda sem capa ou data divulgadas, trará a história de vida conturbada de Drake. Aí, sim, vem chumbo grosso.

Bom ritmo. Sem cliffhanger.


Nenhum comentário:

Postar um comentário