segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Tammy Luciano - Claro que te Amo!



Ficha técnica: Claro que te amo!
Autora: Tammy Luciano
Editora Novo Conceito
Lançamento: 2013
304 páginas


"Piera tem certeza: está cometendo a maior loucura da sua vida ao assistir, escondida, ao casamento de seu ex-noivo. Depois de seis anos de relacionamento, entrar de penetra na comemoração foi tudo que André deixou para ela. E olhar a cena não a faz feliz, mas encerra uma fase de sua vida. Hora de recomeçar. Mas como recomeçar se seu coração está cheio de dor? Envolver-se com a história de Piera é como descobrir que sempre há um lado muito bom a ser revelado… Mesmo que tudo pareça tão difícil."

ROMANCE CONTEMPORÂNEO. CHICK LIT. YOUNG-ADULT. LIT NACIONAL.


Quem esteve na Bienal do RJ este ano conheceu a simpatia que é a Tammy e como o stand da editora Novo Conceito estava recheado de seus autores nacionais. Muito legal de se ver.
A literatura nacional tem respirado novos ares e você encontra uma gama grande de novos autores sendo lançados por editoras grandes. Mais do que apenas trazer assuntos que considero deprimentes, porque parece que são só esses os correlacionados ao país (pobreza, favela, tráfico, escândalos, roubos a turistas, políticos corruptos, samba e futebol), os novos autores têm trazido temas mais atuais e suaves. E muitos deles engraçadíssimos e com um talento maravilhoso.

Tammy Luciano traz a história de Piera. Uma garota nos seus 19 anos, carioca, criada pelo pai desde bebê, com amigas unidas e maravilhosas, com uma boa situação econômica e ainda por cima, é bonita. Nasceu com a sorte grande, certo?

De certa forma sim, mas parece que Piera carrega um peso que às vezes nem ela parece perceber. Somente quando ela leva o fora do namorado - namoro este que durou 6 anos - é que tudo começa a acontecer ao mesmo tempo e as angústias não têm fim.

Do início... Piera parada, escondida em frente a uma igreja, esperando um casamento começar. Segundo ela, aquele casamento deveria ser o DELA, já que o noivo em questão fora seu namorado por 6 anos. Mas chegou um dia em que André olhou para ela e disse:

"Acho que não amo mais você. Volto de tarde."


E nunca mais voltou.

Como assim "volto de tarde"? Que maneira é essa de terminar um relacionamento de 6 anos???
Um ano se passou e ela ainda está presa à aquela maldita "tarde" que nunca chega, até que ele está se casando com outra, após apenas 1 ano de namoro. Finalmente a ficha de Piera cai.
Mas mesmo a ficha caindo, há todo o período de luto, e Piera se aferra a ele com tudo que tem. Torna-se apática, triste. E nem mesmo suas amigas animadas conseguem fazê-la sorrir.

E como desgraça pouca é refresco nos olhos dos outros, a mãe desaparecida de Piera resolveu dar às caras. Pior, ela estava internada numa clínica psiquiátrica.
E lá vai Piera conhecer a mãe que a abandonou ainda bebê.
O encontro foi tenso, mas teve um lado bom: Marcelo. O gato filho do dono da clínica. Vinte e um anos, formando-se em Medicina. E com a desculpa do reaparecimento de sua mãe, Piera e Marcelo começam a ter um tete-a-tete mais intenso. Quando tudo começa a ficar sério, Piera dá para trás. 
Por quê? Tudo veio à mente dela de uma só vez: o abandono de sua mãe, o abandono (e traição) de seu noivo. Na cabeça dela todas as pessoas que se tornavam importantes para ela, acabavam por abandoná-la. Então, nada mais justo e certo do que dessa vez ela ser quem abandonaria. Tendo o direito de escolha, o sofrimento seria menor. Certo? ERRADO!!!

Piera se sabota e não é uma vez só não, mas várias!!!! Argh!!! 
E aí você se pergunta: até quando um cara lindo como Marcelo vai ter a paciência para esperá-la?

Bom, tem muita água debaixo dessa ponte. A história tem várias passagens fofas e umas citações muito legais, como esta de uma das amigas de Piera:



Acompanhando a história dá até para fazer uma playlist com os sucessos comentados e ouvidos pelos personagens.

Minhas considerações:

A capa é linda. As páginas são decoradas com borboletas (na história há toda uma explanação sobre isso). A editora não poupou na diagramação e revisão. Um trabalho primoroso.
O enredo é interessante. Mostra as agruras que passa uma adolescente, tornando-se adulta, que precisa encarar vários momentos decisivos em sua vida.
Os personagens são muitos e cada um tem seu ponto forte. Não me senti conectada a Piera. Na verdade, em vários momentos queria bater nela por mostrar-se tão depressiva. As pessoas estavam ali querendo ajudar, apoiar, e ela afundando-se em auto-piedade. Por causa da idade, e até pelo fato de ela ter sido criada tão protegida, relevei em alguns momentos, mas em outros, não deu para segurar. 
O ritmo da história começa bom, mas numa parte do meio achei que ficou meio arrastado, para depois correr com o final. O final é lindinho, bem a  cara fofa da personagem.

Pelas redes sociais eu ouvi dizer que deu muito pano para manga (leia-se discussões) o fato da protagonista ser tão jovem para sofrer por um amor de tanto tempo. É bem verdade que a garotada hoje em dia começa a namorar cada vez mais cedo com toda essa erotização da mídia, mas na minha opinião, um namoro que começa aos 12 anos (idade dela) e dura por 6, com direito à aliança de noivado, e termina da maneira que terminou, achei um pouco demais. Até porque é dito que ANTES do seu namoro com André, ela tinha namorado mais dois meninos (??????)
A história toda é linda, mas se a protagonista fosse um pouquinho mais velha, se tudo tivesse acontecido um pouquinho mais a frente, eu teria me conectado melhor com tudo. Confesso que essa idade dela me perturbou muito desde o início. Mas não tiro o mérito de ser uma bonita história de amor.



Sobre a autora:


Website  |  Facebook  |  Twitter

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Adrianne Lee - Delectable (Big Sky Pie #1)





Ficha técnica: Delectable (book #1)
Autora: Adrianne Lee
Editora Forever 
Lançamento original: setembro/2013
Lançamento BR: ainda não
260 páginas


O corretor de imóveis em Montana, Quint McCoy irá dizer-lhe que a coisa mais importante é a localização, localização, localização. É uma lição que ele aprende muito bem enquanto ele fica incomunicável por um período de quatro semanas numa viagem de pesca no Alasca. Enquanto ele está fora, sua mãe, Molly, transforma seu escritório na loja de tortas que ela sempre sonhou, Big Sky Pie. Mas essa não é a única surpresa para ele.

Em seu caminho para ir embora da cidade, Callee McCoy só quer dizer um adeus afeiçoado à sua amada sogra. Mas Molly logo convence Callee a ficar e dar uma mão para a nova loja, mesmo que isso signifique "botar fogo" na cozinha com o seu futuro-ex-marido. Assim que Callee e Quint redescobrem sua receita para o amor, eles percebem que alguns casais são tão pecaminosamente  bons juntos que um sabor delicioso nunca é suficiente..."


ROMANCE CONTEMPORÂNEO.



(English review scroll down)


Eu tenho que dizer, você não consegue ler este livro sem ficar com água na boca. Só de imaginar tudo que é mencionado, os ingredientes, a forma de fazer, a textura, a cremosidade... Ui! Dá vontade de largar tudo e correr para a cozinha para experimentar. E isso logo, logo irá entrar no repertório do blog Borboleta na Cozinha...




Mas voltando à história, o enredo trata-se de uma história de encontros e desencontros entre um casal, que passa por um período turbulento, e um deles não sabe como lidar com a situação.

Quint McCoy perde o pai abruptamente num ataque do coração. Como filho único, ele deveria ficar e dar o consolo que sua mãe merecia. Isso sem contar sua própria esposa que tinha o seu pai como o pai que ela nunca teve. Mas acontece que logo após o funeral ele surtou. E foi fazer o que sempre fazia quando queria se sentir melhor, pescar.
Só que esta pesca levou semanas. Ele deixou o seu escritório, a imobiliária, na mão de sua assistente, deixou a mãe em casa cuidando da própria dor e disse à esposa que se ela quisesse poderia entrar com o divórcio. Legal, né?

O caso é que certas pessoas realmente não têm a capacidade de lidar com situações de crise extrema e não tomar grandes decisões por saber que estas serão tomadas com os sentimentos errados. E foi exatamente o que Quint fez.
Passadas as semanas de pesca no Alasca, depois de colocar a cabeça no lugar, ele resolve voltar para casa e consertar todo o estrago que tinha feito.
Mas diferente dele, as mulheres de sua vida não ficaram paradas. Sua assistente arranjou outro trabalho, sua mãe estava para inaugurar uma loja de tortas e sua esposa realmente entrou com o divórcio. E para ser a "cereja do bolo" (tinha que aproveitar o trocadilho!), o seu local de trabalho agora era a loja de tortas.

E agora? Como desfazer toda essa confusão? 

E como desgraça pouca é besteira, sua mãe também sofre um quase fatal ataque do coração ao ouvir a conversa dos dois sobre o divórcio. Conclusão: sua mãe precisa fazer uma cirurgia super delicada e ele e sua quase ex-esposa, Callee, terão de seguir com o projeto de inauguração da loja de tortas.
Como era sua mãe quem cozinhava as próprias tortas - e ela tem um método único -, eles teriam de achar um novo confeiteiro para a loja em tempo hábil. 
E para completar a pressão, descobriram meio que por acaso que sua mãe havia se comprometido a participar de um evento dali a dois dias, com pelo menos 6 tipos diferentes de tortas.

Com toda essa confusão pairando sobre suas cabeças, e um divórcio ainda a ser concretizado, teriam Quint e Callee tempo, disposição e coragem de retomarem a química que existia entre eles?

O romance é leve e divertido. Uma confusão atrás da outra, o que poderia tornar tudo mais estressando, acaba sendo uma deliciosa história de amor.
Quint e Callee, na verdade, ainda se amam, mas não souberam lidar com toda a pressão sofrida tudo ao mesmo tempo. Desejos e sonhos foram mantidos em segredo; apesar de estarem juntos há dois anos, mais pareciam ora uma casal que acabava de se conhecer, ora um casal de idosos que não tem mais a fagulha da paixão. Mas estava ali, palpável... para os outros. Não para eles mesmos.

Assim que comecei  a ler, senti conexão Aquele vontade enorme de saber onde tudo ia dar.
O ritmo da história é bom, sem pressa.
Ponto positivo: O enredo tem como pano de fundo a loja de tortas, por isso, é claro, que iria ser falado sobre as mesmas. E por sorte, a famosa torta de Molly McCoy, mãe de Quint, tem sua receita revelada no final. Os personagens são envolventes, mesmo os secundários. E a solução final para todo o problema dos eventos em que a loja de tortas deveria participar, foi muito boa, já dando o gancho para o próximo livro.
E claro, nada mais sexy do que um homem que sabe cozinhar... em todos os sentidos...


Ponto negativo: eu realmente gostei muito dos personagens, e, apesar de os diálogos serem bons, achei que faltou uma pitada de comédia, quando a oportunidade para isso existia. E gostaria de ter visto mais a transformação de Quint  até ele cair em si o quanto tinha errado, e para tentar reconquistar Callee. Afinal, ele errou feio com as pessoas as quais ele deveria ter estado ali perto. Todos sofreram com a morte do pai dele, mas ele agiu como se o sofrimento fosse só dele. Não questiono a decisão final tomada por Callee, mas o processo de Quint para chegar lá.
Se quero ler os próximos livros? Com certeza. E já estou de olho sabendo que "Delicious", o livro #2, tem o lançamento programado para dezembro.

E após ele, mais dois virão: "Delightful" e "Decadent".

4,5 ESTRELAS

Como adquirir:  Amazon    

Sobre a autora:




Goodreads  |  Website  |  Facebook  |  Twitter


*ARC  cedido pela editora, atravé do NetGalley, em troca de uma resenha de opinião honesta.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

(English review)


This book  is about a couple that is going through a turbulent period , and one of them does not know how to handle the situation .

Quint McCoy lost his father suddenly to  a heart attack . As an only child , he should stay and give comfort to his mother. Not to mention his own wife who had his father as the father she never had. But what happens after the funeral? He freak out. And he went to do what he always did when he wanted to feel better: fishing.
Only this fishing took week . He left his office , a real estate, in the hands of his assistant , left the mother at home taking care of her own pain and told his wife that if she wanted to she could divorce him. Cool, right ?

The case is that some people really do not have the ability to deal with extreme situations crisis and not make big decisions knowing that these will be taken with the wrong feelings . And it was exactly what Quint did.
After weeks of fishing in Alaska, after putting his head togethe , he decides to return home and fix all the damage he had done.
But unlike him , the women in his life were not stopped. His assistant found another job, his mother was to inaugurate a pie shop and his wife actually filed for divorce . And to be the " icing on the cake " ( sorry about the joke! ) , his workplace was now the pie shop .

And now? How to undo this mess?

His mother also suffers a near fatal heart attack while listening to their conversation about divorce. Conclusion : his mother needs to make a super delicate surgery and he and his almost ex - wife, Callee , will have to go on with the inauguration of pie shop project .
As was his mother who cooked her own pies - and she has a unique method - they would have to find a new main chef to the pie shop soon .
And to complete the pressure, they knew quite by accident that his mother had committed to attend an event in two days, with at least 6 different types of pies .

With all this confusion hanging over their heads, and a divorce to be realized, would Quint and Callee have time, willingness and courage to regain the chemistry that existed between them ?

The novel is light and fun. A mess after another, which could make things more stressing, ends up being a delicious love story.
Quint and Callee actually still love each other, but they were unable to handle all the pressure off all at the same time. Wishes and dreams were kept secret, despite being together for two years, sometimes they look like an new couple who had just met, or an elderly couple who no longer has the spark of passion. But it was there , palpable ... for others. Not for themselves .

Once I started reading, I felt connection. That urge to know where everything was going.
The pace of the story is good.
Positive point : The plot has as its background the pie shop, so, of course, that would be talked about pies. And luckily, the famous Molly McCoy's, Quint's mother, pie recipe is there. The characters are engaging,  all of them. And the final solution to the whole problem of the events in the pie shop should attend, was very good, as giving the hook for the next book.
Of course, nothing sexier than a man who can cook ... in every way ...



Negative point : I really enjoyed the characters, and though the dialogues are good, I thought it lacked a bit of comedy, when the opportunity to do was there. And I would like to have seen more of Quint transformation before he realizes all the wrong he did, and to try to Callee back. After all, he missed people which he should have been nearby. Everybody suffered about his father death, but he acted as if suffering were his alone. I do not question the final decision taken by Callee , but the process to Quint get there.
If I want to read the next books ? For sure. 

4.5 STARS

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Os Autores de Atria - Simon & Schuster - Amam os Blogueiros

Recebi esta informação através de um blog amigo, Silver's Reviews, e achei interessante como nos Estados Unidos os blogueiros são valorizados pelas editoras e autores.

Este é um video de um evento feito pela ATRIA, da Simon & Schuster, especial e exclusivamente para blogueiros, com a presença e depoimento de diversas autoras.

Lá fora eles reconhecem o poder das resenhas.
Não que blogueiros sejam os todo-poderosos, mas sim são parceiros.
Eles recebem ARC - uma cópia de um livro em ebook para ser lido ANTES do lançamento do mesmo; livros para sorteios; participam de book tours, têm entrada gratuita em eventos grandes, como as premiações literárias mais badaladas do país.

Eu espero o dia em que aqui no Brasil a cultura da blogoesfera tenha esse mesmo prestígio....  Mas eu tive que pagar TODOS os ingressos para a bienal do Rio.... Preciso dizer mais?




segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Kristen Proby - Safe With Me (With Me in Seattle Series #5)



Ficha técnica: Safe With Me (With Me in Seattle #5)
Autora: Kristen Proby
Editora self
Lançamento original: setembro/2013
Lançamento BR: ainda não
298 páginas
(Apenas em ebook até o momento)


"Manter os outros protegidos é o que Caleb Montgomery faz de melhor. Ele nunca teve qualquer problema ao assumir uma tarefa, seja durante os perigosos dias como SEAL, ou o seu atual trabalho como treinador de mercenários de guerra. Mas ter pego a tarefa de manter Brynna e suas adoráveis filhas, Maddie e Josie, a salvo, fez Caleb sair de seu elemento. Atraído pela morena alta desde que ela chegou à cidade há mais de um ano, estar próximo a ela dia sim, dia não,  está quebrando a resistência dele de manter suas mãos longe dela e a cabeça focada em sua missão.

Brynna está enjoada e cansada de viver com medo. Tudo que ela quer é uma vida tranquila e normal para ela e suas duas filhas preciosas. Quqndo ela pensa finalmente ter se estabelecido em Seattle numa vida calma, Caleb aparece à sua porta insistindo em dizer que o perigo ainda ronda. Mas quer ela precise de proteção da ameaça em seu passado, ou das intensas emoções que ela sente pelo homem sexy e protetor que dorme em sua casa, tudo isso precisa ser revisto.  O que pode acontecer se Brynna e suas filhas caírem de amor por um homem tão cheio de conflitos internos que pode não ser capaz de protegê-las da ameaça iminente, muito menos de si mesmo?"


ROMANCE CONTEMPORÂNEO. LANÇAMENTO. ERÓTICO.


Desde que Brynna apareceu no livro #2 - Under the Mistletoe With Me - que a gente fica se perguntando o que de tão grave aconteceu em sua vida para ela aparecer de repente, com suas duas filhas, em Seattle, dirigindo no meio da neve, por quase uma semana, em plena época de natal... Algo de muito grave mesmo, pois, foi decidido entre Isaac, Matt (o policial) e Caleb (o SEAL) de que manteriam esse segredo da família por enquanto.

Um ano inteiro se passa e Brynna começa a sentir-se confortável em sua nova casa, com seu emprego na empresa de Isaac como secretária e com o convívio junto aos Montgomery, uma família numerosa e carinhosa. Ledo engano...
De repente, Matt e Caleb aparecem à sua porta e anunciam que ela ainda corre perigo e que eles se sentiriam mais tranquilos se ela tivesse a proteção de um deles.

Desde que chegara em Seattle e passara a conviver mais tempo com a família do marido de sua prima Stacey, os Montgomery, Brynna e Caleb sentiram uma conexão. Mas tudo ficou apenas nisso. Ela não se sentia preparada para entrar num relacionamento, e ele, ainda tinha dúvidas se poderia ter um.
Mas acabou que, pela necessidade, Caleb passou a morar na casa dela, a conviver com Brynna e suas filhas gêmeas de 6 anos, e daí, tudo começou a mudar...




Eles não puderam fugir à tamanha atração que sentiam um pelo outro. Para o resto da família eles "pensavam" estar mantendo bem as aparências. Mas quem disse que os Montgomery se deixam enganar?









Enquanto o romance crescia, e a família aprovava, não esqueçamos de que Brynna e suas filhas ainda corriam perigo. E finalmente o inimigo descobre onde elas estão vivendo e as caça. Agora dependia de Caleb manter as três pessoas que ele mais amava seguras do imimigo externo.
Mas havia um outro inimigo que não tinha hora para atacar e que poderia realmente colocar a vida delas em perigo: o próprio Caleb.

Caleb trabalhou por muitos anos como SEAL. Na guerra ele perdeu companheiros, viu coisas que poucos seres humanos conseguem ver e aguentar, e ele carregava culpa por aqueles que, segundo ele, não conseguiu proteger. Caleb sofre de Estresse Pós Traumático e isso faz com que ele tenha pesadelos vívidos, e numa dessas ocasiões ele quase matou Brynna, assustando as meninas terrivelmente.
Com medo de que novas passagens dessas ocorressem, ele se sente impotente de continuar o relacionamento e prefere partir para mantê-las seguras....dele.
Pensando ter eliminado o inimigo externo, ele vai embora, partindo o coração de Brynna e suas filhas que já estavam apegadas a ele. Mas ele não contava que algo mais pudesse acontecer; que pudesse perder para sempre o grande amor da sua vida para um inimigo que niguém derrota, a morte.

Gente, o que posso dizer? Eu simplesmente AMADORO esta série!!
Ela consegue manter a atenção do leitor  - pelo menos a minha - do começo ao fim.

Veja que não mencionei qual é o grande segredo que Brynna carrega ao chegar assustada em Seattle, mas isso é finalmente revelado logo nas primeiras páginas.
A saga é familiar. Portanto, apesar de no enredo sempre contar com algum drama ou suspense, o foco é no que acontece entre os Montgomery e os que convivem com eles.

Todos os personagens dos livros anteriores aparecem, e são nessas cenas que eu mais me diverto, de dar altas gargalhadas. Como quando os irmãos e suas esposas estão reunidos para jogar Dirty Minds (aquele jogo em que um participante lê em voz alta uma trívia cheia de duplo sentido, quando na verdade a resposta é algum objeto ou alimento simples), e você sabe, quando as mulheres estão reunidas o assunto sempre acaba em... Isso mesmo, ORGASMO. O que deixa Caleb subindo pelas paredes já que até esse momento ele está tentando manter as mãos longe de Bryn.
Ou ainda a cena em que apenas os homens da família Montgonery estão reunidos jogando poker.

Algumas cenas ocorrem concomitantes com outras ocorridas em livros anteriores, mostrando que os eventos ocorreram na mesma época.

Dos personagens masculinos - todos os Montgomery são lindos, com profundos olhos azuis, inclusive a irmã Jules -, o meu preferido ainda é Nate McKenna. Ele e Jules, para mim, ainda são o casal mais fofo da saga. E um feliz acontecimento aparece descrito aqui, e a cena é linda.

E por falar nos homens Montgomery... Bom, algo BOMBÁSTICO ocorre. E isso pode significar mais um livro para a série (MA-RA-VI-LIN-DOOOOOOO!!!!!).

Das cenas desta história, uma me deixou com o coração partido, assim como Brynna: foi quando Caleb convence-a de que ele precisa ir embora. O que ele fez me deixou primeiro...



E depois...



E claro, não podemos esquecer as muitas cenas HOT. E acredite, os homens dessa família sabem trabalhar...




Ou seja, tudo o que tem de melhor para tornar a história engraçada, interessante, com drama na medida certa, Kristen Proby consegue nos brindar.
E o final, sempre romântico e já dando gancho para o livro que se segue, trazendo a história de Matt (o policial que gosta de um sexo um pouco mais "apimentado") e Nic, a confeiteira.





De trilha sonora, não houve muitas menções de músicas dessa vez, mas já é o segundo livro em que vejo um casamento tendo como fundo na entrada da noiva, a música "At Last", de Etta James. Musicão, sem dúvida.
Mas prefiri colocar a música que seria a do novo casal a abrir a pista de dança... mas outra surpresa ocorre aqui....





NOTA: Fiquei sabendo que uma editora no BR já comprou os direitos de pelo menos o primeiro livro. Não sei dizer que editora é esta. Mas espero que, seja ela qual for, faça um trabalho à altura do que esta série merece, lembrando sempre que, por ser uma série em andamento, os leitores e fãs querem se sentir seguros de que terão do primeiro ao último livro lançado. Nada mais frustrante do que começar uma série e descobrir que a mesma foi cancelada...

*Ao som de "When the Stars Go Blue", com Tim McGraw.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Davi B. & Jean R. - Survivors



Ficha técnica: Survivors
Autores: Davi B. & Jean R.
Editora Tribo das Letras - TDL
Lançamento: setembro/2013
148 paginas
Edição Kindle


"O mundo como conhecemos simplesmente vem abaixo numa chuva de meteoros altamente nocivos aos seres humanos. Depois desse desastre natural, a realidade da humanidade se mescla com um território horripilante. Um vírus é disseminado pelo mundo, e a contaminação se dá através do contato com sangue infectado.
Um grupo de amigos do Rio de Janeiro um belo dia acordam e se deparam com a nova realidade instalada em suas vidas. Amigos, parentes, vizinhos... tudo se foi. O apocalipse descrito em tantos filmes e livros bem ali, ao alcance deles. Eles embarcam em uma aventura, em uma tentativa desesperada de salvar suas vidas, em um mundo onde SÓ OS FORTES SOBREVIVEM."


YOUNG-ADULT. DRAMA, SUSPENSE. LANÇAMENTO.


Neste exato momento eu terminei de ler o livro. Paro, reflito e respiro.

Os dois jovens que escreveram este livro - sim, eles estão bem na adolescência mesmo - ousaram com o tema. O que devo dizer, é atual e, de certa forma, dá até medo pensar de que algo sequer parecido possa vir a acontecer.
Você está preparado(a)?





Zumbis.
Sim, esses cadáveres ambulantes (onde mesmo eu ouvi isso?), fétidos, decrépitos, pairam por todos os lugares graças a uma chuva de meteoros que, ao atingir a Terra, fez o favor de infectar os seres humanos, os primeiros deles, com um vírus letal. Letal seria modo de dizer, porque a partir daí o ser deixava de ser humano e virava um zumbi, em sua plenitude, com corpos apodrecendo e tendo a necessidade de se alimentar com carne humana.
Quando esses zumbis atacavam outros seres humanos mordendo-os, essa pessoa estava condenada. Era só uma questão de tempo até que seus olhos tornavam-se brancos, mostrando o início do processo da transformação.


A história traz o pós ocorrido. As poucas pessoas que ainda não foram infectadas são chamadas de "sobreviventes" e tentam a todo custo encontrar um lugar a salvo.
Os rapazes amigos que seguem essa jornada lembraram-me, não de forma tão trágica é claro, os personagens daquele antigo filme "Stand By Me"...




Sendo que aqui a jornada deles não era por uma simples aventura, mas sim uma questão de sobrevivência. 
Rapazes com seus 14, 15, 16 anos, que comportavam-se como verdadeiros adultos, dirigindo carro, usando armas, fazendo o necessário para manterem-se vivos.

Algumas cenas são tão descritivas que você chega quase a sentir o cheiro podre dos zumbis que atacavam.

A jornada dos rapazes começa no Rio de Janeiro, onde eles moravam, mas segue para Machu Pichu e o destino final é o Canadá.
Ao longo do caminho eles vão encontrando pessoas sozinhas, famílias ou até mesmo uma colônia de sobreviventes, mas a cada vez que eles pensavam que conseguiriam um tempo de paz, uma nova horda de zumbis aparecia e eles precisavam fugir.

Os momentos de descontração eram poucos e em alguns momentos os rapazes se pegavam tendo saudades até mesmo da época da escola, quando pelo menos podiam descansar, ouvir uma música ou jogar um videogame.

Dos rapazes citados, três me chamaram bastante a atenção: Diego era aquele que contava as piores piadas e todos o sacaneavam por isso. Ele bem que tentava descontrair o ambiente, mas o pobre coitado não dava uma dentro. Matheus era o "ligeirinho". Por ser menor e ágil, ele conseguia entrar em determinados locais para averiguar se havia zumbis ou mantimentos para eles seguirem viagem. Jean talvez seja o personagem mais forte do grupo. Em vários momentos ele torna-se o líder. Por ter sofrido uma grande perda já no início do livro, ele se fecha cada vez mais, sorri pouco, mas tem um caráter forte e uma lealdade grande para com aqueles que estão com ele.

A leitura vai fluindo e você se pega ansioso(a) para saber quem será a próxima baixa, quem os rapazes vão encontrar, para qual lugar eles devem se locomover.

O livro é repleto de aventura, de drama, de ansiedade e em alguns momentos eu precisei segurar as lágrimas...



Ou...



Porque era uma surpresa atrás da outra.
Isso sem contar que algumas vezes até eu queria...








Mas você se pergunta: e como termina o livro? Os rapazes sobrevivem? Eles conseguem criar a nova sociedade?
Bom, esses spoilers eu não vou dar, mas eu garanto que se você é um fã do estilo Walking Dead, este é o seu livro.

Minhas impressões:

Confesso que eu não sou uma fã deste estilo de filme ou livro. Mas ouvi falar muito bem do livro e ele estava listado entre os TOP 20 do Amazon.
A forma de escrita dos rapazes é muito boa. O livro tem um bom ritmo. As cenas são bem descritas. Algumas vezes você se sente fazendo parte daquele cenário macabro.
O fato de os personagens terem a mesma faixa etária dos autores torna o diálogo deles mais crível, em especial quando eles mencionam sentir saudades - ou não tanta assim - de fazer as coisas típicas de adolescentes, como jogar videogame, namorar, beber refrigerante, fazer nada.

O livro não é grande, menos de 200 páginas, e como a cada capítulo algo surpreendente acontece, você fica na curiosidade de saber o que vem pela frente.
É claro que há várias mortes pelo caminho, e alguns personagens eu senti pela morte deles, mas levando em consideração todo o apocalipse que estava acontecendo, seria muito difícil mesmo que, em determinadas situações, todos eles sobrevivessem.

A história é direcionada à garotada. Não sou uma jogadora de videogames. provavelmente se algo assim acontecesse eu estaria menos apta a sobreviver do que essa garotada acostumada a jogar esse jogos cheios de monstros e zumbis. Mas apesar de eu já ter passado - e muito!! - da idade do público alvo, achei sim o enredo interessante.

Exatamente pela faixa etária que o livro engloba mais, não senti conexão com os personagens, mas confesso que Jean tornou-se meu favorito.
Para um livro de estreia, Davi e Jean mostraram a que vieram.
Um livro com a cara da Geração Z atual.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

L.G. Castillo - After the Fall (Broken Angel #2)




Ficha técnica: After the Fall
Autora: L. G. Castillo
Editora self
Lançamento original: 15 de setembro/2013
Lançamento BR: ainda não
246 páginas


"Há um provérbio espanhol que diz: 'Do espinho e da dor, nasce uma flor'. Naomi Duran nunca entendeu o que aquilo significava, até que ela se tornou um arcanjo.

Finalmente se reencontra com o amor de sua vida, Naomi achava que tinha amor eterno e felicidade no céu. Mesmo com o Lash rebelde ao seu lado, ela descobre que a vida como um arcanjo não é fácil.

Quando segredos do passado são finalmente revelados, as chamas,  irmão confrontando irmão, e Naomi e Lash enfrentam a maior ameaça ao seu relacionamento: escolher entre amor, família, ou dever.

No final, pode esta família de anjos alquebrados perdoar os erros do passado, ou será que eles carregam o espinho em seus corações para sempre, mantendo sua família distante?"


NEW ADULT. PARANORMAL. LANÇAMENTO.


(English review scroll down)


Quatro meses após o lançamento do primeiro livro, eis a grata surpresa em ter a continuação da história "angelical" de Lash e Naomi.


Desde que decidiram que ficariam juntos, e Lash revelou sua verdadeira natureza e sua missão à Naomi, muita coisa aconteceu. Houve perdas e ganhos em ambos os lados. E o mais difícil de tudo foi Lash ter de aceitar que a Naomi que ele conheceu não seria mais a mesma. Seu corpo, seu espírito, suas habilidades, seriam transformadas, e que  a garota que ele é apaixonado pertence a outro homem.


COMO ASSIM????? Isso pirou tudo!!!

Se vocês lembram bem da história anterior e daquele batalhão de anjos que aparecem,  alguns deles estão intimamente ligados ao passado de Lash. Passado este as quais as memórias foram apagadas. mas agora elas retornam com força total e há uma nova ameaça pairando sobre a cabeça de Lash. Isso sem contar que ele finalmente revela como ele foi envovido na história da familia dela e com Lúcifer tentando dominar o mundo através da senadora Joan. É muita emoção!!!

L.G. Castillo soube trazer a emoção na dose certa. Quando você pensa que uma revelação é bombástica, Eis que surge uma nova.
Naomi teve todo um processo de aceitar que o rapaz por quem ela se apaixonara não era um humano qualquer, mas um serafim que viera protegê-la.
A família de Naomi é o que ela tem de mais importante, e tudo agora pode ser perdido por causa da ganância de um homem (????).

Por outro lado, apesar de o romance dos dois estar indo bem, Lash é obrigado a encarar novos fatos que haviam sido retirados de sua memória. Ele descobre sua verdadeira família, sua história  e a pior de todas as verdades: Naomi não é para ser sua parceira. E saber que ainda assim teria de conviver com ela.... Não, isso seria demais.

Muita ação, muitas paradas de batidas do coração, gritos sufocados e vontade de bater em alguém por revelar - ou esconder - tanta coisa.



Mas no final.... Bom, o final ainda vem com "Before the Fall" (apesar de este livro não terminar em cliffhanger). A saga de uma família com muitos segredos ainda a serem revelados.

Senti conexão com os personagens novamente.
O ritmo da história é bom. As cenas são bem explanadas e te fazem arrepiar. O romance é fofo e o final....Aff...Mais uma vez a autora me fez ter lágrimas nos olhos.

Jeremy e Michael...Uau!!!!

Ainda ansiosa para que uma editora pegue os direitos da série.
5 Estrelas.

Para adquirir o livro:  Amazon  |  Barnes & Noble

Sobre a autora






*ARC cedida diretamente pela autora em troca de uma resenha de opiniáo sincera

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

(English review)


Since Lash and Naomi decided they would be together, and Lash revealed his true nature and his mission to Naomi, a lot has happened. There were losses and gains on both sides . And the hardest thing was Lash having to accept that the old  Naomi he knew would never be the same person. Her body , her spirit , her abilities , would be transformed , and the girl he is in love belongs to another man .


How so ? ? ? That freaked everything! !

If you remember well about  the previous history where those battalion of angels appearing , some of them are closely linked to Lash  past .His memories were erased. But now they return with full force and there is a new threat hanging over Lash's head . Not to mention that he finally reveals how he was involved in the history of her family and  Lucifer trying to dominate the world by Senator Joan. It's a lot of excitement ! !

L.G. Castillo knew how to bring the excitement in the right dose. When you think  a revelation is bombastic, beware, there is a new one.

Naomi had a process to accept the boy with whom she fell in love was not any human  but a seraph who  had come to protect her.
Naomi 's family is the most important to her, and now everything can be lost because of the greed of a man ( Man? ? ) .

On the other hand, despite the romance of the two to be going well, Lash is forced to face new facts that had been removed from his memory. He discovers his true family, his history and the worst of all truths : Naomi is not to be his partner. And  know he would still have to live close to her .... No, that would be too much .

Lots of action, lots of stops heartbeats, gasps and desire to hit someone to reveal - or hide - so much .


But at the end .... Well, the end still comes with "Before the Fall ". The saga of a family with many secrets  to be revealed.

I felt connection with the characters again.
The pace of the story is good. The scenes are well explained and make you shiver. The romance is cute and the end .... Aff .. Again the author made ​​me have tears in my eyes.

Jeremy and Michael ... Wow ! !

Still eager for a Brazilian publisher  take the rights of the seriesl!!! .
5 STARS.